O maior museu do mundo dedicado a artistas femininas – na capital dos EUA!

capa (5)

Na capital norte americana, Washington DC, existe um museu inteirinho recheado de obras de artistas femininas. Isso mesmo, somente mulheres artistas entram na instituição!

Pode parecer bizarro, mas no “descolado” mundo das artes, o papel da mulher é infinitamente menor do que o dos homens e isso pode ser facilmente comprovado olhando-se estatisticamente qualquer uma das grandes coleções museológicas do planeta. A infame piadinha de que é mais fácil uma mulher entrar pelada no museu como objeto de arte do que como artista, infelizmente é verdadeira…

Em 1987, o National Museum of Woman in the Arts (NMWA) foi fundado com a intensão de preencher essa lacuna e hoje, mesmo depois de 3 décadas, é ainda a única instituição dedicada exclusivamente à produção artística feminina.

Curiosamente o museu está abrigado dentro de um antigo Templo Maçônico e sua coleção desafiadora contrasta com as linhas clássicas do edifício. Fundado pelos colecionadores Wilhelmina Cole Holladay e Wallace F. Holladay, a instituição sempre questionou a pequena participação de minorias étnicas, sociais e de gênero nas grandes coleções.

Antigo Templo Maçom, que hoje abriga o museu.
Antigo Templo Maçom, que hoje abriga o museu.

A curadoria se divide em exposições temporárias e permanentes, com temas provocativos e pertinentes à discussão do papel feminino dentro da sociedade.

Kirsten Justesen – Lunch for a Landscape na provocativa exibição “Domestics Affairs”
Kirsten Justesen – Lunch for a Landscape na provocativa exibição “Domestics Affairs”
Frida Kahlo – Auto-retrato dedicado à Trotsky
Frida Kahlo – Auto-retrato dedicado à Trotsky

O resultado é encantador e por três andares eu pude me deliciar com trabalhos belíssimos de artistas mundialmente famosas como Frida Khalo e outras ainda desconhecidas do público brasileiro, mas com trabalhos fortes, como Magdalena Abakanowicz, escultura polonesa.

Magdalena Abakanowicz – Quatro figuras sentadas - 2002
Magdalena Abakanowicz – Quatro figuras sentadas – 2002

Tem até uma belíssima exposição de fotografia da brasileira Janaína Tschäpe.

Janaina Tschäpe
Janaina Tschäpe

Vale a visita e vale a ideia! Que surjam mais espaços pelo mundo afora dedicado ao trabalho de minorias, seja de gênero, de raça ou de qualquer contexto.

Para saber mais: https://nmwa.org

Veja também:

“Polka dots” tomaram conta da cena de arte da capital americana – Yayoi Kusama

 

Gabriela Albuquerque24 Posts

Com formação em Letras e Crítica e Curadoria de Artes, Gabriela é daquelas pessoas que caminha pelo mundo prestando atenção em linhas, formas, cores e sons. Atualmente mora na capital dos EUA , Washington DC, de onde irá compartilhar impressões e descobertas dentro desse universo incrível que só a arte proporciona.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password