Top 10 artistas que fizeram parte do cubismo para você conhecer!

O marco inicial do “Cubismo” ocorreu em Paris, em 1907, com a tela Les Demoiselles d”Avignon, pintura que Pablo Picasso levou um ano para finalizar. Ocorreu no período de 1907 a 1914, tendo como fundadores  Pablo Picasso e Georges Braque e foi uma revolução estética e técnica tão importante para a Arte Ocidental quanto o Renascimento. Somente após a Semana de Arte Moderna de 1922 o movimento cubista ganhou terreno no Brasil.
Tanto nas obras de Picasso, quanto nas pinturas de outros artistas que seguiam esta nova tendência, como por exemplo, o ex-fauvista francês – Georges Braque – há uma forte influência das esculturas africanas e também pelas últimas pinturas do pós-impressionista francês Paul Cézanne, que retratava a natureza através de formas bem próximas as geométricas.

1. Pablo Picasso, 1881-1973, Málaga, Espanha

pablo-picasso-900x553
Pablo Ruiz Picasso, foi um pintor espanhol, escultor, ceramista, cenógrafo, poeta e dramaturgo que passou a maior parte da sua vida adulta na França.

2. Georges Braque, 1882-1963, Argenteuil, França

georges-braque-900x553

Foi um pintor e escultor francês, que fundou o cubismo juntamente com Pablo Picasso. Braque iniciou a sua ligação às cores na empresa de pintura decorativa de seu pai.

3. Albert Gleizes, 1881-1953, Paris, França

albert-gleizes-900x553

Foi um artista francês, teórico, filósofo, fundador auto-proclamado do cubismo. Começou a pintar mais metódicamente durante o serviço militar. Nessa época, seus principais temas voltaram-se para questões sociais e para misteriosas cenas noturnas. Ao conhecer Picasso, interessou-se pelo movimento cubista e publicou, com Jean Metzinger, o primeiro tratado sobre o Cubismo, 1912. A partir da Primeira Guerra Mundial, sua produção tornou-se mais abstrata.

4. Fernand Léger, 1881-1955, Argentan, França

fernand-leger-900x553

Jules-Fernand-Henri Léger foi um pintor francês que se distinguiu como pintor e desenhador cubista, autor de muitas litografias.

5. Francis Picabia, 1879-1953, Paris, França

francis-picabia-900x553

Foi um pintor e poeta francês. Recebeu uma forte influência do impressionismo e do fauvismo, em especial de la obra de Picasso e Sisley. De 1909 a 1911 esteve vinculado ao cubismo e foi membro do grupo “Puteaux”, onde conheceu os irmãos Marcel Duchamp, Jacques Villon, Suzanne Duchamp e Raymond Duchamp-Villon. Em 1913 viajou aos Estados Unidos, onde entrou em contato com o fotógrafo Alfred Stieglitz e o grupo dadá estadunidense. Em Barcelona, publicou o primeiro número de sua revista dadaísta “391” (1916) contando com colaboradores como Apollinaire, Tristan Tzara, Man Ray e Arp. Após passar um período na Costa Azul com uma forte presença surrealista, regressa a Paris e cria com André Breton a revista “491”.

6. André Lhote, 1885-1962, Bordéus, França

andre-lhote-seville-900x700

Foi um escultor e pintor francês. Ele também foi muito ativo e influente como professor e escritor de arte. Matriculou-se na École des Beaux-Artsem Bordeaux em 1898 e estudou escultura decorativa até 1904. Enquanto esteve lá, ele começou a pintar em seu tempo livre e saiu de casa em 1905, mudando-se para seu próprio estúdio para se dedicar à pintura. Ele foi influenciado por Gauguin e Cézanne.

7. Robert Delaunay, 1885-1941, Paris, França

roert-delaunay-900x553

foi um artista francês que usava o abstracionismo e o cubismo no seu trabalho. Delaunay, concentrado no Impressionismo, quando quis trabalhar mais tarde era mais abstrato, reminiscente de Paul Klee

8. Roger de La Fresnaye, 1885-1925, Le Mans, França

roger-de-la-fresnaye-900x553

O pintor fez parte do grupo Secção d’Or onde teve contato com grandes pintores, permaneceu do ano de 1912 até 1914. Quando começou a pintar logo demonstrou toques cubistas estilo que seguiu até o fim de sua vida. Suas pinturas possuem um toque decorativo e as cores utilizadas são bem prismáticas. Sua pintura mais famosa foi feita no ano de 1913 e se chamou “A Conquista de Ar”.

9. Juan Gris, 1887-1927, Madri, Espanha

Juan Gris

Pseudónimo de Juan José Victoriano González, foi um dos mais famosos e versáteis pintores e escultores cubistas espanhóis. Apesar de ter falecido jovem, Juan Gris representa o expoente máximo do cubismo sintético.

10. Tarsila do Amaral, 1886-1973, Capivari, São Paulo

tarsila-do-amaral-900x7553

Foi uma pintora e desenhista brasileira e uma das figuras centrais da pintura e da primeira fase do movimento modernista no Brasil, ao lado de Anita Malfatti. Em 1922, introduziu o cubismo no Brasil com suas formas geométricas representadas, na maioria das vezes, por cubos e cilindros. Seu quadro Abaporu, de 1928, inaugura o movimento antropofágico nas artes plásticas.

Veja também:

Top 10 artistas mulheres do expressionismo abstrato que você precisa conhecer!

 

 

Joy de Paula109 Posts

É aquela que faz tudo. Liga os pontos dentro do Arteref. Ela fala com artistas, colunistas e assessores e escreve as notícias. Faz com que tudo tenha sentido dentro de um portal que foi feito para ajudar a todos a entender um pouco mais sobre arte.

2 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password