Recaptulando a entrevista com Michel Safatle na Casa Cor 2016

Inspiração e transpiração no compromisso com a excelência

Uma atmosfera noturna tomou conta da Sala de Música projetada por Michel Safatle para a Casa Cor 2016. No ambiente, o arquiteto relacionou elementos da música com o teatro, moda e cultura pop ao utilizar diferentes peças do seu acervo pessoal e de mobiliário de época, mais elementos confeccionados especialmente para a mostra. “Tenho uma certa inclinação a trabalhos que flertam com a geometria com um certo rigor, então a gente tem muitas obras que, de maneiras diferentes, trabalham esse universo geométrico. E, ao mesmo tempo, outras com um caráter mais rebelde, ou bem-humorado. Então, eu não tenho nenhum compromisso com um período específico, pois o que me interessa é a composição de uma maneira geral”, informa Safatle.

Uma forte característica de seus trabalhos é o compromisso com a qualidade, com o bem feito. “A gente faz, refaz de novo, até o projeto encontrar um formato que a gente considera correto, adequado, e que a gente considera a melhor versão para aquele projeto naquelas condições”, informa. Para ele, isso exige além de inspiração, muita transpiração. E isso se reflete também nas escolhas de seus parceiros, fornecedores e com todos envolvidos.

Veja também:

Entrevista com Paola Ribeiro na Casa Cor 2016

Equipe Editorial2224 Posts

<p>Os artigos assinados pela equipe editorial representam um conjunto de colaboradores que vão desde os editores da revista até os assessores de imprensa que sugeriram as pautas.</p>

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password