13 novos artistas no Centro Cultural Light

Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

13 novos artistas no Centro Cultural Light

julho 13 - julho 21

De 9 de junho a 21 de julho, exposição apresenta a obra de 13 novos artistas do Rio de Janeiro.

 

Com curadoria de Lia do Rio, mostra coletiva revela a alta carga criativa e original de uma geração de artistas ainda pouco conhecida.

Dia 9 de junho, às 17h, o Centro Cultural Light inaugura exposição com o trabalho de 13 artistas jovens residentes no Rio de Janeiro. Com curadoria de Lia do Rio, a exposição pretende trazer à luz a produção de uma nova e promissora geração de artistas cujas obras destacam-se por apresentarem questões atuais. A mostra “Lugar de Luz” reúne trabalhos de Ana Biolchini, Ana Maria Miranda, Claudia Malaguti, Clautenes Aquino, Grasi Fernasky, Ignez Peixoto, Isabela Frade, Ligia Calheiros, Mabel Spinola, Marciah Rommes, Miro P.S, Nádia Aguilera e Rosa Hollman. Entre pinturas, colagens, esculturas, instalações, desenhos e fotografias, serão expostas 20 obras, até o dia 21 de julho. No espaço de uma das vitrines da fachada do Centro Cultural, um único trabalho idealizado conjuntamente pelos artistas, servirá de elo luminoso entre o público das calçadas e o que frequenta o local.

 

“Lugar de Luz” pretende colocar à mostra uma importante produção artística que acontece de forma intensa, porém ainda pouco visível na cidade do Rio de Janeiro. Na coletiva, artistas moradores da Zona Norte, Zona Oeste e Zona Sul, de ambientes e realidades diferentes, com caminhos criativos absolutamente distintos e originais estarão reunidos a partir de um único fio temático: a luz e a energia. Os trabalhos em exposição revelam a alta carga criativa e original de uma nova geração de artistas, seja em colagens de fotografias de “gatos” em postes de luz, objetos criados a partir de componentes eletrônicos em desuso ou esculturas saídas da desmontagem de objetos triviais que ganham novos significados.

A proposta da curadoria foi apresentar o trabalho de um grupo promissor de artistas a partir de obras que tivessem uma relação com a luz e com a energia, quaisquer que fossem suas fontes: elétrica, magnética, eólica, hidrelétrica, solar, hidráulica, psíquica, sonora… “Apesar do título da mostra, nenhum deles saiu de seu percurso para realizar um trabalho específico para a exposição. Cada um procurou em seu processo obras que já contivessem em seu cerne uma relação com o tema”, explica Lia do Rio. A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.


ARTISTAS PARTICIPANTES

 

Ana Biolchini – Fluxos de Conexão
Natural do Rio de Janeiro, iniciou sua relação com as Artes Plásticas em 1990, após longa experiência com a dança, o canto e vivências de corpo/consciência. O trabalho parte de uma experiência de conexão sensorial da artista com ela mesma e com o seu entorno no instante. Experimentar o trabalho pede rito de passagem entre o externo e o interno. O conceito de fio invisível/visível atravessa e/ou integra o processo de criação de Ana em diversos aspectos, desde a conexão com a tradição até uma rede de interconectividades no agora.

 

Ana Miranda – A Luz em si

Natural do Rio de Janeiro, dedica-se à pintura e à colagem. Já expôs nas mostras do Centro de Artes Calouste Gulbenkian (RJ). A essência do trabalho da artista é o equilíbrio entre formas e cores. As obras expostas foram elaboradas tendo a luz e a sombra como elementos estéticos.

 

Claudia Malaguti – Ondas Sonoras
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1964. Tem formação em joalheira, programação visual e especialização em arte filosofia. Em Florença, onde iniciou seus estudos com fundição de metais, recebeu diploma de joalheria pela SACI (Studio Art Center International). Participou de exposições coletivas e individuais, no Brasil e no exterior.

Clautenes Aquino – Escritas de Luz e Sombra
Natural de Fortaleza (CE), expôs em diversas cidades brasileiras, entre as quais Fortaleza, Natal (RN), Rio de Janeiro (RJ) e Niterói (RJ). Formada pela escola de Artes Visuais do Parque Lage – RJ e pelo Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, atualmente dedica-se às técnicas de aquarela e criação de esculturas em barro, isopor e papelão.

 

Grasi  Fernasky – Tecnologia de Comunicação
Graduou-se em Pedagogia na UniRio e em Artes Plásticas na Escola de Belas Artes da UFRJ. É pós-graduada em Ensino da Arte e Arteterapia em Educação. Possui diversos cursos de extensão na área de artes visuais. Desde 2008, participa de exposições individuais e coletivas. Atua como professora de Artes Plásticas da Prefeitura do RJ e no Colégio Saint John. 

Ignez Peixoto – Energia Geradora
É graduada em filosofia pela UFRJ e pós-graduada pela Unirio. Frequentou cursos e oficinas de artes na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (RJ), CACG, entre outros. Participou de coletivas da Multiarte 2016 CACG – RJ, Galeria do Poste, 25ª edição do Arte de Portas Abertas, entre outras.

 

Isabela Frade – Gradações de Luz
Educadora, artista e pesquisadora dedicada às artes visuais desde 1985. Estudou design na PUC/Rio, de 1981 a 1984, e pintura no Parque Lage, com Charles Watson, de 1985 a 1999. De 2000 a 2002, estuda arte oleira no Centro de Cerâmica, em São Paulo. Em 2003, inicia estudos com Lia do Rio que segue até 2011, em ateliê e no Centro Calouste Gulbenkian. Atualmente desenvolve trabalhos escultóricos voltados à arte pública. Trabalha na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde coordena o Laboratório de Cerâmica do Instituto de Artes.

 

Ligia Calheiros – Trazer à Luz Conhecimento
Natural do Rio de Janeiro, é formada em Licenciatura em Artes Visuais pela Universidade Bennett RJ. Frequentou diversos cursos na EAV Parque Lage RJ e atualmente está no Atelier de arte da CACG, sob orientação de Lia do Rio. Participou de coletivas como O Feminino, no Museu da República RJ; Novíssimos, no IBEU-RJ; da exposição Olhares e Direções, no CACGRJ; entre outras.

 

Mabel Spinola – Energia Solar
É formada em Projeto Gráfico pela UFRJ e fez diversos cursos na área de Artes Visuais. Participou de vários salões de Arte Contemporânea e de exposições coletivas em instituições culturais.

 

Marciah Rommes – Energia Psíquica
Estudou na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e participa do Studio ÖKO e do Atelier Projeto Impresso. Desde 2010, participa de exposições individuais e coletivas em espaços culturais no Brasil e no exterior.

 

Miro P.S – Absolecência dos Componentes Eletrônicos
Nasceu em São Paulo, iniciou-se em artes visuais aos 18 anos e desde 2008 participa de exposições no Brasil e exterior. Desde 2010 desenvolve trabalhos de arte contemporânea, em que apresenta a necessidade e a dependência da sociedade na tecnologia e a influência da mesma na sociedade. Fala sobre necessidade, excessos e dependências da tecnologia, assim como de adaptação, sobrevivência, vícios, dores e prazeres do mundo virtual.

 

Nadia Aguilera – Dependência da Energia
Por meio da colagem, enfoca os “gatos”que são colagens de fios. Agregando, se apropria da energia do outro.

Rosa Hollmann
Natural do Paraná, mora no Rio de Janeiro. Estudou na Sociedade Brasileira de Belas Artes e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage – RJ. Participou de Exposições Coletivas na Galeria Calouste Gulbenkian, no Mac – Niterói (RJ), na Casa de Cultura Laurinda Santos Lôbo (RJ) e no Centro Cultural da Justiça Federal (RJ).

 

CURADORA – Lia do Rio

Lia do Rio nasceu em São Paulo, vive e trabalha no Rio de Janeiro. É Bacharel pela Escola Nacional de Belas Artes da UFRJ; tem Pós-Graduação em Arte e Filosofia, e Pós-Graduação em Filosofia Antiga, PUC-RIO. Participou de exposições individuais, coletivas, palestras e trabalhos em acervos, no Brasil e exterior. Coordena exposições, workshops e palestras. É professora de arte. Seu livro Lia do Rio: Sobre a Natureza do Tempo foi editado, em 2015, pela editora Fase 10, e lançado na livraria Argumento no RJ e SP. 

 

SERVIÇO

 

Exposição de arte
Lugar de Luz

Artistas: Ana Biolchini, Ana Maria Miranda, Claudia Malaguti, Clautenes Aquino, Grasi  Fernasky, Ignez Peixoto, Isabela Frade, Ligia Calheiros, Mabel Spinola, Marciah Rommes, Miro P.S, Nádia Aguilera e Rosa Hollman
Curadoria: Lia do Rio
Abertura: 9 de junho, às 17h
Visitação: de 10 de junho a 21 de julho de 2017
Horário:
 de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h
Local:
 Centro Cultural Light
Endereço: Av. Mal. Floriano, 168 – Centro, Rio de Janeiro – RJ
Tel.: (21) 2211-7268
Classificação etária: livre
Entrada gratuita

Detalhes

Início:
julho 13
Final:
julho 21
Evento Tags:

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password