Alfredo Volpi no MAM/BA

Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Alfredo Volpi no MAM/BA

Março 17 - junho 1

Mostra reúne 33 obras que datam desde os anos 1940, retratando as várias fases de sua produção.

Alfredo Volpi, um dos mais importantes pintores brasileiros, é comumente associado à representação de bandeirinhas coloridas e casarios – elementos marcantes em suas obras. Ícone da segunda geração do modernismo e do abstracionismo geométrico, o artista é homenageado em exposição retrospectiva no Museu de Arte Moderna da Bahia a partir do dia 16 de março.

A mostra, intitulada Volpi, traça amplo panorama da carreira do pintor autodidata, levando ao público 33 obras – de paisagens rurais e urbanas dos anos 1940 até trabalhos das décadas de 1950, 60 e 70, nos quais predominam composições geométricas coloridas. Entre os destaques, a têmpera sobre tela Casas (1950), obra que integra a coleção do museu.

A exposição é uma grande parceria entre instituições, com realização do MAM e produção e apoio do Instituto Alfredo Volpi de Arte Moderna, da Galeria Almeida & Dale, ambos de São Paulo, e da Paulo Darzé Galeria de Arte, de Salvador.

“Temos trabalhado com afinco no sentido de movimentar a cena artística local. Nossa proposta tem como objetivo implementar e difundir as artes visuais da Bahia, recolocar Salvador no circuito nacional das artes”, pontua Zivé Giudice, diretor do Museu de Arte Moderna da Bahia. “Num contexto de crise, se faz necessário criar parcerias com a sociedade, capazes de viabilizar projetos substanciosos em favor da cultura baiana e brasileira”, completa.

Sobre Volpi

Alfredo Volpi nasceu em 1896 na cidade de Lucca, na Itália, e mudou-se ainda criança para o Brasil. Com a família, instalou-se em São Paulo, no tradicional bairro do Cambuci, reduto paulistano da comunidade italiana.

Na juventude, Volpi foi marceneiro e entalhador, até começar a atuar como pintor decorativo de casas da alta burguesia paulistana. O ofício lhe proporcionou dinheiro suficiente para que desse vazão a seus desejos artísticos e desenvolvesse um estilo próprio.

Realizou a primeira exposição individual aos 47 anos de idade, no Salão de Maio e na 1ª Exposição da Família Artística Paulista, no ano de 1938 na cidade de São Paulo. Na década de 1950 evoluiu para o abstracionismo geométrico e, em 1953, recebeu o prêmio de melhor pintor nacional na segunda Bienal de São Paulo.

Sobre o MAM BA

O Museu de Arte Moderna da Bahia é vinculado à Secretaria da Cultura (Secult), do Governo do Estado da Bahia. Possui importante acervo de obras e de documentação sobre momentos da cultura baiana e brasileira. Está instalado no Solar do Unhão, um sítio histórico tombado e banhado pela Baía de Todos os Santos.

As relações deste sítio com a comunidade, com a cidade e seus contextos históricos, urbanísticos, sociais, políticos e econômicos, influenciaram diretamente o projeto da italiana Lina Bo Bardi para implantação do MAM, resultando em uma proposta de abertura ampla do espaço, marcada pela expressão artística como instrumento crítico para compreensão do mundo.

Serviço
Volpi
Curadoria: Sylvio Nery
Local: Museu de Arte Moderna da Bahia
Endereço: Av. Contorno, s/n – Solar do Unhão – Salvador, Bahia
Abertura: 16 de março, às 13h
Período expositivo: 17 de março a 1º de julho
Horário de visitação: de terça a domingo, das 13h às 18h
Entrada gratuita

 

Detalhes

Início:
Março 17
Final:
junho 1

Local

Museu de Arte Moderna da Bahia
Av. Contorno, s/n
Salvador, Bahia Brazil
+ Google Map

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password