Anais Nin, À Flor da Pele no Centro compartilhado de Criação/SP

Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Anais Nin, À Flor da Pele no Centro compartilhado de Criação/SP

Abril 13 - Abril 29

Dando continuidade a Mostra Poéticas da Resistência, o Centro Compartilhado de Criação apresenta o espetáculo ANAÏS NIN – À FLOR DA PELE. Com adaptação e interpretação de Flavia Couto e direção de Aline Borsari, atriz do Théâtre du Soleil, montagem baseada nos diários íntimos da escritora Anaïs Nin, faz temporada de 13 a 29 de abril, sextas-feiras e sábados às 20 horas e domingos às 18 horas.

ANAÏS NIN – À FLOR DA PELE conta a história de Anaïs Nin, grande nome da literatura erótica, retratando sua trajetória na década de 30 em sua luta pela libertação artística, sexual e emocional. “A peça percorre os anos de 1932 à 1937, uma verdadeira cartografia dos desejos de uma escritora, que a tornou uma referência para movimentos emancipatórios femininos, ao persistir sempre na luta pelo seu estilo pessoal de escrita, espaço como autora e mulher livre”, conta Flavia Couto.

Em um cenário que remete ao “quarto de palavras” da autora e revelando trechos de sua vida amorosa, sua experiência com a psicanálise e suas inquietações como escritora, o público ouve as confissões e mergulha nas aventuras eróticas e literárias que se passam em três locais diferentes: a cidade francesa provinciana Louveciennes, Paris  ameaçada pela Segunda Guerra Mundial e a agitada e libertina Nova Iorque.

 

Sobre Flavia Couto

Atriz formada em Artes Cênicas e  Mestre em Pedagogia do Teatro, com a dissertação Mitopoéticas do Corpo, ambas pela Universidade de São Paulo (ECA/USP). Tem formação em teatro físico com a Cia Pas de Dieux (Paris, 2011). Dedicou-se ao longo de quatro anos à pesquisa e adaptação dos diários íntimos da escritora Anaïs Nin para a cena. Seus trabalhos mais recentes no teatro como atriz são Anaïs Nin à flor da pele, com direção de Aline Borsari; Vestir o Pai, de Mário Viana; Floema, com direção de Donizeti Mazonas; Frenesia; Selvagens. Homem de olhos tristes, dirigido por Hugo Coelho  e O Unicórnio, dirigido por Christina Trevisan. Trabalhou também com os diretores Marco Antônio Braz em Abajur Lilás e Quando as Máquinas Param, Antônio Janzuelli,  Lèa Dant, Tiche Vianna e Beth Lopes. Como atriz no cinema participou dos longas Amador (Festival de Tiradentes 2014) e À procura de Borges  ambos com direção de Cristiano Burlan (2016); Lovelless, com direção de Cláudio Gonçalves e De Pernas para o Ar. Na TV Globo participou da série A Vida Alheia, de Miguel Falabella, como Nalva.

Sobre Aline Borsari

Mestranda em Estudos Teatrais na Université Sorbonne Nouvelle (Paris – França) a atriz e encenadora é formada em artes cênicas pela USP. Desde 2009 integra a trupe do Théâtre du Soleil, na França, dirigida por Ariane Mnouchkine, na qual atuou nos espetáculos Une chambre en Inde, Macbeth e Os Náufragos da Louca Esperança. No ano de 2018 estreará um espetáculo da trupe do Théâtre du Soleil, dirigido pelo canadense Robert Lepage. Foi atriz pesquisadora do Kathakali na Universidade Kalamandalam/ Índia.

 

 

CENTRO COMPARTILHADO DE CRIAÇÃO – Rua Brigadeiro Galvão,1010 – Barra Funda. Telefone – (11) 3392-7485. Capacidade – 90 lugares. www.centrocompartilhadodecriacao.com.

 

Detalhes

Início:
Abril 13
Final:
Abril 29

Local

Centro compartilhado de Criação
Rua Brigadeiro Galvão,1010
São Paulo, São Paulo Brasil
+ Google Map
Telefone:
(11) 3392-7485
Website:
www.centrocompartilhadodecriacao.com.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password