Interferências humanas são destacadas em obras na Verve Galeria 

Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Interferências humanas são destacadas em obras na Verve Galeria 

março 17 - abril 16

A Verve Galeria abre, em 16 de março, Substantivo Abstrato, individual de Marcelo Lange com curadoria de Ian Duarte Lucas. O termo “substantivo abstrato” é aquele que designa seres que dependem de outros para se manifestar ou existir e, nesse caso, os trabalhos estão diretamente relacionados com as interferências humanas, transformando a matéria básica a partir dessa ação, contemplando o efeito proposto pelo artista.

O conceito diretor da mostra tem como pilar principal uma definição em que a “arte não é 100% pura”; seu resultado final é o de todas as intervenções externas provocadas pelo artista e outros elementos por ele selecionados. Como define Ian Duarte Lucas, curador da exposição “o artista plástico explora técnicas e processos não convencionais na produção de suas obras. Trabalhando no campo da abstração, a série inédita de pinturas em que comunica a expressão do mundo interior e as inúmeras interferências do ser humano e da arte no contexto contemporâneo. ”

Marcelo Lange_Verve Galeria (3)

A abstração para Marcelo Lange já se destaca durante seu processo de pintura. Não há limitação em tonalidades ou combinações pictóricas; elas nascem conforme as sensações e sentimentos do artista, gerando uma ampla combinação de cores. O artista pouco se utiliza do pincel, preferindo jogar tinta na tela e espalha-la com a mão, criando assim uma maior proximidade e intimidade táctil com as obras.

A expressão dos significados trocados para a melhor forma como são observados é o mote dessa exposição, que abarca toda a história decorrente das transformações que vem ocorrendo no mundo. O próprio artista declara que busca ampliar a diversidade de materiais e técnicas utilizadas para ir ao encontro da poética escolhida.

“Nem mesmo a arte consegue passar incólume por esse bombardeio de rupturas, interferências e transformações. ”

Marcelo Lange

2017

Exposição:                 “Substantivo Abstrato

Artista:                       Marcelo Lange

Curadoria:                 Ian Duarte Lucas

Coordenação            :           Allann Seabra

Abertura:                   16 de março de 2017, quinta-feira, às 19h.

Período:                       de 17 de março a 16 de abril de 2017

Local:                         Verve Galeria – www.vervegaleria.com

Endereço:                    Rua Lisboa, 285 – Jardim Paulista, São Paulo – SP

Telefone:                     (11) 2737-1249

Horário:                       Terça a Sexta, das 10h às 19h e Sábados, das 11h às 17h.

Número de obras:       15

Técnica:                      metacrilato, mista s/ tela

Dimensão:                   de 30 x 40 cm a 150 x 190 cm

Preço:                         de R$ 1.200,00 a R$ 8.900,00

Marcelo Lange

Natural de São Paulo, Marcelo Lange é bacharelado em economia e psicologia e atua no mercado financeiro desde 1991. Iniciou sua carreira artística com algumas pinturas no ano de 2003 e fotografa desde 2015, mas só entrou de fato no circuito das artes em maio de 2016, com sua primeira exposição individual na Galeria Lordello e Gobbi, sob a curadoria de Deyse Peccinini. Depois, em dezembro do mesmo ano, participou da exposição coletiva na Art Lab Gallery, com curadoria de Marcia Goldstein. Agora, exibe seus trabalhos pela primeira vez na Verve Galeria, com a mostra individual, Substantivo Abstrato.

Verve Galeria

A Verve é uma galeria de arte contemporânea fundada em São Paulo, em 2013. Em seus espaços, tendo à frente Allann Seabra e Ian Duarte Lucas, transita por diversos meios e linguagens. Nascida do entusiasmo e inspiração que animam o espírito da criação artística, a Verve Galeria é abrigo para diferentes plataformas de experimentação contemporânea. A eloquência e sutileza que caracterizam o nome do espaço também estão presentes na cuidadosa seleção de artistas e projetos expositivos. Por entender que as linguagens artísticas são processos contínuos e complementares, representa novos talentos e profissionais consagrados que transitam livremente entre a pintura, fotografia, escultura, vídeo, site in situ, site-specif, gravura e o street art.

A galeria ocupa uma casa centenária, e na diversidade de seus espaços expositivos emergem possibilidades de curadoria que vão além do tradicional formato do “cubo branco”. Ao abrir-se para a rua, estabelece franco diálogo com o patrimônio construído de São Paulo, cumprindo a função integradora entre a arte, o público e a cidade. Busca ir além da venda direta de arte, promovendo mostras regulares, palestras e workshops, assim como o intercâmbio e parcerias com artistas e galerias no Brasil e no exterior.

Detalhes

Início:
março 17
Final:
abril 16

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password