Jac Leirner na Fortes D’Aloia & Gabriel/SP

Carregando Eventos

« Todos Eventos

Jac Leirner na Fortes D’Aloia & Gabriel/SP

Maio 26 - julho 28

 

A Fortes D’Aloia & Gabriel tem o prazer de apresentar Adição, nova exposição de Jac Leirner. A mostra inclui esculturas com embalagens de papéis de seda, uma instalação com pontas de cigarros de maconha e sequências fotográficas montadas sobre madeira. Compulsão e consumo, acúmulo e reorganização são questões recorrentes na obra de Jac Leirner. Ela utiliza materiais próximos do seu cotidiano, em sua maioria descartáveis ou sem valor. Assim, se no passado a artista usou cigarros, cartões de visita, sacolas de museus, talheres e cobertores de aviões, aqui ela emprega a imagem e os materiais associados ao consumo de cocaína e maconha.

Nas imagens, pequenas pedras de cocaína são rodeadas por objetos pessoais como moedas, pinças e souvenirs. Jac fez as fotos em 2010 e as editou seis anos depois, formando narrativas cinemáticas que se encerram em capítulos independentes. As pequenas esculturas retratadas transfiguram-se em cone, cabeça, roda, esfera e coração até desaparecerem. A disposição horizontal dos trabalhos, sobrepostos em cinco linhas ao longo da Galeria, enfatiza essa vocação literária, ao mesmo tempo em que evidencia aspectos formais de cor e composição. Alguns objetos usados nas fotos retomam materiais previamente usados pela artista, ao passo que outros revelam um aspecto de intimidade absoluta, num grau máximo de justaposição entre vida e obra. About Men and Animals, por exemplo, cria uma história com objetos em miniatura, enquanto Macbeth faz referência direta à literatura. Oh Yes Yes, e Round Ones reúnem as imagens com moedas e cédulas de dinheiro. Landscape por sua vez, forma uma cena quase abstrata.

As esculturas intercalam-se às sequências fotográficas e, de maneira análoga, lidam com a matéria residual do fumo. Freezing Flame, Sugar Baby, Statement, entre outros, são criadas com embalagens de seda para cigarro montadas sobre madeira. Essas obras ganham corpo a partir do formato irregular das embalagens quando desmontadas e se organizam em composições cromáticas. A artista insere ainda níveis de precisão nos suportes, revelando o sentido de equilibro tão essencial a esses trabalhos.

As noções de consumo e acúmulo dos materiais ganham contornos arquitetônicos na obra The End. Ocupando o segunda andar da Galeria, cabos de aço dão estrutura a pontas de cigarros de maconha. A escultura se define por linhas que tensionam o espaço, alcançando o grau mínimo da matéria, sintetizada em seu menor elemento.

Na ocasião da abertura, a publicação Three White Nights será lançada no Brasil. O livro de artista, realizado em parceria com a designer holandesa Irma Boom, reúne todas as imagens da série fotográfica que integram a exposição.

Jac Leirner nasceu em São Paulo em 1961, onde vive e trabalha. Entre suas exposições individuais recentes em instituições, destacam-se: Institutional Ghost, IMMA (Dublin, 2017); Add it up, The Fruitmarket Gallery (Edimburgo, 2017); Borders are drawn by hand, MoCA Shanghai (Xanghai, 2016); Funciones de una variable, Museo Tamayo (Cidade do México, 2014); Pesos y Medidas, CAAM (Las Palmas de Gran Canaria, Espanha, 2014), Hardware Seda – Hardware Silk, Yale School of Art (New Haven, 2012); Jac Leirner, Estação Pinacoteca (São Paulo, 2011). Seu extenso

currículo de exposições inclui ainda participações em: Bienal de Sharjah (2015), Bienal de Istambul (2011), Bienal de Veneza (1997 e 1990), Documenta de Kassel (1992), Bienal de São Paulo (1989 e 1983). Sua obra está presente em diversas coleções importantes ao redor do mundo, como: Tate Modern (Londres), MoMA (Nova York), Guggenheim (Nova York), MOCA (Los Angeles), Carnegie Museum of Art (Pittsburgh, EUA), MAM (São Paulo), Pinacoteca do Estado de São Paulo (São Paulo), Museo Reina Sofía (Madri), entre outras.

Serviço
Exposição: Jac Leirner | Adição
Fortes D’Aloia & Gabriel | Galeria: Rua Fradique Coutinho, 1500 | Vila Madalena | 05416-001 | São Paulo, Brasil | T +55 11 3032 7066 Abertura: Sábado, 26 Maio, 11h–14h
Período da exposição: 26 Maio – 28 Julho 2018
Visitação: Terça–Sexta: 10h–19h | Sábados: 10h–18h
Informações para imprensa: Gabriel de Souza | g.souza@fdag.com.br | T +55 11 3032 7066 | www.fdag.com.br

 

Detalhes

Início:
Maio 26
Final:
julho 28

Local

Fortes D’Aloia & Gabriel
Rua James Holland 71
São Paulo, São Paulo 01138-000
+ Google Map
Telefone:
3392 3942
Website:
www.fdag.com.br

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password