Os Deuses estão marretando a minha Cabeça no SESC Pinheiros

Carregando Eventos

« Todos Eventos

Os Deuses estão marretando a minha Cabeça no SESC Pinheiros

setembro 21 - outubro 21

De 21 de setembro a 21 de outubro de 2017, o Sesc Pinheiros recebe a temporada de Os Deuses estão marretando a minha cabeça, nova montagem da Companhia Nova de Teatro. As apresentações ocorrem no Auditório da unidade, localizado no 3º andar, e têm ingressos entre R$ 7,50 (credencial plena do Sesc) e R$ 25 (inteira).

O texto de Richard Foreman, dramaturgo norte-americano pioneiro no teatro de vanguarda e performático, traz dois lenhadores rivais, que esmagam tudo o que vêem pela frente, esperando que a verdade cósmica venha substituir a banalidade de suas vidas cotidianas. Uma bela mulher inicia-os nos mistérios do sexo, da morte e da ressurreição. A peça apresenta uma série de exercícios espirituais que contestam o fascínio do erótico e as falsas promessas de sabedoria e poder.

Nessa versão, com contornos de brasilidade, os machados dos lenhadores ganham auxilio de motosserras: uma alusão ao contexto atual de desmatamento da Amazônia, ampliando a dimensão da obra para uma abordagem de problemas político-sociais do país. O cenário virtual inclui fragmentos de uma Amazônia devastada pela ganância da motosserra e suas consequências para o planeta.

A direção do espetáculo é de Lenerson Polonini, que se dedica a investigar e encenar obras fundamentais do teatro contemporâneo, com forte apelo visual, performativo e em constante diálogo com outras artes. O elenco é composto por Fransérgio Araújo, Rosa Freitas e Afonso Henrique Soares. Os figurinos são de Carina Casuscelli, a música de Wilson Sukorski e os vídeos de Alexandre Ferraz. A tradução da peça é de Fábio Fonseca, responsável por traduções importantes como a versão brasileira de A Dama do Mar, com direção de Robert Wilson.

Este é o terceiro texto de Foreman que Polonini encena, de forma inédita, no Brasil: em 2015, o diretor montou Badboy Nietzsche e Prostitutas Fora de Moda. Agora, com Os Deuses estão marretando a minha cabeça, a companhia celebra o ciclo Trilogia Foreman- 80 Anos. O trabalho é resultado do acompanhamento do processo criativo de Richard Foreman que Polonini e a figurinista Carina Casuscelli realizaram em 2014, durante dois meses, em Nova York (EUA) e a subsequente parceria do dramaturgo com a Companhia Nova de Teatro.

 

SOBRE RICHARD FOREMAN

Nascido em 1937, o dramaturgo norte americano é pioneiro no teatro de vanguarda e performático e fundador do Ontological-Hysteric Theater, em Nova York (EUA), em 1968.

Desde a década de 70, suas produções refutam a ideia de teatro convencional, principalmente no que se refere a enredo, personagem, ambiente, linguagem e movimentação.

O teatro total, que caracteriza sua obra, une elementos das artes performativas, sonoras e visuais, filosofia, psicanálise e literatura para um resultado singular. A densidade de seu teatro de composição é uma tentativa de refletir e processar visceralmente tudo o que ele herdou de suas explorações das ideias e das artes do século XX.

Pouco difundida no Brasil, sua obra, que circula nos meios acadêmicos ou em estudos de teatro performativo e pós-dramático, apresenta um teatro de negação do diálogo ou da utilização mínima das palavras, em favor da imagem, o que provoca no público formas alternativas de percepção.

Foreman tem escrito, dirigido e montado suas próprias peças, nos últimos 50 anos, tanto em Nova York como em outros países. Recebeu o “Annual Literature Award”, pela Academia Americana e Instituto de Artes e Letras; um prêmio de “Conjunto da obra no Teatro”, pela National Endowment for the Arts, o PEN American Center Master American Dramatist Award, a MacArthur Fellowship. Foi eleito, em 2004, como director do Order of Arts and Letters of France. Escreveu e dirigiu peças como Zomboid! (2006), Wake Up Mr. Sleepy! Your Unconscious Mind Is Dead! (2007) e Deep Trance Behavior in Potatoland (2008). Ganhou sete Prêmios Village Voice Obie, incluindo três por melhor peça, e um pelo conjunto da obra.

 

SOBRE A COMPANHIA NOVA DE TEATRO

Fundada em 2001 pelo diretor Lenerson Polonini em parceria com a atriz e figurinista Carina Casuscelli, a companhia desenvolve um trabalho de pesquisa contínua a partir da performance, das artes do corpo e do universo das artes visuais. A cada novo projeto, convida atores, bailarinos e artistas de diversas áreas para colaborar com suas produções. O teatro multimídia desenvolvido pela companhia procura explorar a tridimensionalidade do palco e a relação da arte com o espaço urbano.

A representação performática privilegia o aspecto físico do ator na cena, onde estes não representam “papéis”, mas funcionam como ícones, imagens e veículos por meio dos quais o público recebe uma multiplicidade de eventos visuais e auditivos, como se estivesse dentro de uma caixa de estímulos sensoriais sincronizados. Na trajetória do grupo, destacam-se encenações dos autores: Samuel Beckett, Heiner Muller, Gertrude Stein, Wilhelm Reich, Edgard Alan Poe e Richard Foreman, além de obras de dramaturgia própria.

Em 2012, a companhia conquista o primeiro lugar do Prêmio Internazionale Teatro Dell’ Inclusione Teresa Pomodoro, em Milão/Itália, com o espetáculo Caminos Invisibles…La Partida. O júri desse prêmio contou com nomes importantes da cena mundial, como Eugenio Barba, Luca Ranconi, Lev Dodin e Jonathan Mills. Em 2013, contemplado pelo Edital de Intercâmbio do Ministério da Cultura, os integrantes do grupo realizam residência artística no Attis Theatre, em Athenas/Grécia, estreando no teatro grego a peça Krísis, com supervisão de Theodoros Terzopoulos, diretor da companhia grega e também idealizador do “Theater Olympics” (Olimpíadas de teatro mundial).

Em junho de 2015, a Companhia Nova de Teatro é convidada a exibir figurinos do espetáculo Doutor Faustus Liga a Luz, de Gertrude Stein, no lendário The Bakhrushin State Central Theatre Museum, em Moscou/Rússia, onde também realiza uma performance com fragmentos da peça na abertura do evento “Costume at the Turn of the Century 1990 – 2015”. No catálogo do evento, contendo 380 páginas com os figurinos que mais se destacaram no mundo, e produzido pela maior exposição dedicada ao traje teatral, um capítulo é totalmente dedicado a figurinista Carina Casuscelli, com imagens dos figurinos de Dr. Faustus. O mais recente trabalho do grupo, 2xForeman: peças Bad Boy Nietzsche e Prostitutas Fora de Moda, de Richard Foreman, com direção de Lenerson Polonini, foi contemplado pelo Proac/2014, da Secretaria de Estado da Cultura, encenado em 2015. Em 2016, contemplado pelo Prêmio Zé Renato, o grupo encena a peça Barulho D’água, do italiano Marco Martinelli, sobre a travessia de imigrantes africanos no Mar mediterrâneo.

FICHA TÉCNICA 

Direção, iluminação e concepção espacial: Lenerson Polonini; Texto: Richard Foreman;  Tradução: Fábio Fonseca;  Elenco: Fransérgio Araújo, Rosa Freitas e Afonso Henrique Soares;  Participação especial (voz): Paulo Cesar Peréio;  Figurinos: Carina Casuscelli;  Música: Wilson Sukorski; Videocenário: Alexandre Ferraz; Assessoria de movimento; Jocarla Gomes; Produção: Lenerson Polonini.

OS DEUSES ESTÃO MARRETANDO A MINHA CABEÇA
De 21 de setembro a 21 de outubro de 2017. Quinta a sábado, às 20h30 (exceto dia 12 de outubro)
Valores: R$ 25,00 (inteira). R$ 12,50 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$ 7,50 (credencial plena do Sesc: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).
Venda online em sescsp.org.br a partir de 12 de setembro, às 16h30 e venda presencial nas bilheterias da Rede Sesc, a partir de 13 de setembro, às 17h30.
Classificação: 16 anos
Duração: 50 minutos
Com: Companhia Nova de Teatro
Direção: Lenerson Polonini

————————————————
SESC PINHEIROS
Endereço: Rua Paes Leme, 195.

Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10h às 18h.
Tel.: 11 3095.9400.

Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 21h30; Sábado, das 10h às 21h30; domingo e feriado, das 10h às 18h30. Taxas / veículos e motos: Credenciados plenos no Sesc: R$ 12 nas três primeiras horas e R$ 2 a cada hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 18,00 nas três primeiras horas e R$ 3 a cada hora adicional. Para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 12 (credenciados plenos) e R$ 18 (não credenciados).

Transporte Público: Metrô Faria Lima – 500m / Estação Pinheiros – 800m

Detalhes

Início:
setembro 21
Final:
outubro 21

Local

SESC PINHEIROS
Rua Paes Leme, 195
São Paulo, São Paulo Brasil
+ Google Map

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password