Artista realiza performances diárias em exposição que remete ao seu passado

Qual a exposição? “Lusco Fusco”, de Karlla Girotto com curadoria de Marcelo Amorim.

Quem é a artista?  Karlla Girotto é artista e pesquisadora nas áreas de artes visuais, moda e performance. É Mestranda em Psicologia Clinica pelo Núcleo de Estudos da Subjetividade (PUC/SP). Trabalha as linhas fronteiriças entre performance, moda e vida nos processos de criação e produção de subjetividade.

O que terá a mostra? Todos os dias da exposição terão performances e o público poderá interagir com a artista, tornando cada apresentação única. A mostra ainda conta com uma instalação constituída por um conjunto de objetos, fotos, roupas e acessórios, que possuem uma memória afetiva com a artista.

Sobre o espaço: Criado em 2003, o Ateliê 397 é um espaço independe de arte contemporânea, sua programação inclui cursos, eventos de performance e videoarte, exposições e projetos site-specific. Também desenvolve produtos editoriais, como publicações sobre artistas e a Maré, uma revista online de crítica de arte.

Período expositivo: De 19 de maio a 12 de junho.

img1

“Lusco Fusco” é o período entre o fim do dia e o começo da noite, o instante crepuscular, que, por ainda não ter estrelas, mas também não mais a luz do sol, suspende temporariamente as noções de tempo e espaço que norteiam as vidas na Terra. É típico do lusco fusco não produzir sombra e retirar as referências cardeais. Há nisso certa estranheza que torna o intervalo real.

O termo dá nome à mostra que terá performances e uma instalação. Os objetos e fotos da instalação dão conta de elaborar uma travessia entre o participante que chega e a artista, porque remetem a acontecimentos anteriores em sua vida e questionam seu passado.

img4

Durante a dança-ação da performance o visitante é provocado a assumir o papel de performer e negocia a construção da experiência do intervalo proposto pela artista. O público é convidado a transformar a artista através de acessórios. Um aparelho de som abrigará um conjunto de discos cujo conteúdo remete à trilhas sonoras de filmes, emoções e ambientes: brutalidade, vida, alegria, arrebatamento, dentre outros. A trilha para a ação fica a cargo do participante.

Paulo Varella1227 Posts

Estudou cinema na NTFS( UK), Administração de Empresas na FGV e Química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil desde então. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo e pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil: Um local para unir pessoas com um mesmo interesse, a arte contemporânea. Faz o contato e organiza encontros com os curadores, artistas e colecionadores que representam o conteúdo do qual falamos no Arte Ref

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password