Veja a programação gratuita do MIS nessa quarta-feira

O que terá na mostra? Exposição, musica, cinema e gastronomia.

Onde vai ser? Museu da Imagem e do Som.

É um bom programa? O MIS é um ambiente cultural referência em arte e atualidades.

Quando? 25 de Janeiro de 2017.

Com o objetivo de integrar as pessoas e a cidade por meio da arte, o Conexão Cultural São Paulo reúne no dia do aniversário da cidade de São Paulo uma programação especial e gratuita no MIS, Instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Com o tema Praia de Paulista, a 11ª edição do evento vai entrar no clima do verão e mostrar que a “praia” dos moradores da cidade vai muito além dos shoppings centers – e se encontra em toda sua cultura e na ocupação dos espaços públicos. A entrada do Museu irá receber um grande gramado para que as pessoas possam aproveitar toda a programação gratuita – com exposição, música, cinema e gastronomia. Para completar o passeio, o MIS presenteia os visitantes com entrada gratuita para a exposição Silvio Santos Vem Aí!

 

Silvio Santos

Os visitantes poderão conferir de graça a exposição Silvio Santos Vem Aí!, que traça um paralelo da trajetória do apresentador com a evolução do sistema de rádio e televisão brasileiros, colocando em evidência este reconhecido e icônico homem do mundo do entretenimento. Acontece, ainda, a venda do catálogo da exposição, que traz o registro completo dos espaços e textos da mostra, além de conteúdos inéditos.

 

EXPOSIÇÃO

10h às 21h | Térreo (25.01.2017 até 10.02.2017)

Praia de Paulista

Com o intuito de mostrar o que é a “Praia do Paulista” por meio da lente das pessoas da cidade, o MIS e o Conexão Cultural convidam a todas a participar da exposição Praia de Paulista. Por meio da convocatória via aplicativo Instagram e a hashtag #conexaomis #conexaopraiadepaulista, as pessoas podem postar suas imagens e participar até o dia 19 de janeiro – as melhores fotos serão selecionadas para compor a mostra.

 

MÚSICA

13h às 14h30 | Área Externa

Samba do Urso

Grupo formado por um dos integrantes do Samba do Bule e do Sindicato do Samba. O repertório da roda apresenta músicas de nomes consagrados do samba como Cartola, Nelson Cavaquinho, João Nogueira, Demônios da Garoa e Martinho da Vila, além de outras pérolas da música brasileira.

 

19h às 20h30 | Área Externa

Roberta Oliveira & O Bando de Lá

A cantora e compositora paulista Roberta Oliveira apresenta o show Cores do Samba. Conhecida por apresentar um repertório em que valoriza sambas de grandes nomes da vanguarda e da velha guarda paulistanas. Acompanhada dos músicos Matheus Nascimento (violão), Felipe Augusto (cavaco), Luiz Ribeiro (violão de sete cordas), Monalisa Madalena (pandeiro), Mônica Silva (surdo), Binho Geronimo (congas), Roberta emociona a comunidade do samba com sua voz, trazendo as obras de seus célebres compositores.

 

16h às 17h | Área Externa

Bloco Carnavalesco João Capota na Alves

Batizado em homenagem às ruas João Moura, Capote Valente e Alves Guimarães, o Bloco João Capota na Alves foi fundado por um grupo de amigos que residiam nesses endereços e já é uma tradição do carnaval paulistano – completando dez anos em 2017. No sábado de carnaval, o João, como é chamado carinhosamente pelos foliões, apresenta todo ano uma nova marchinha autoral e prima pela fantasia e pela diversão, buscando o resgate da tradição popular do Carnaval de Rua Paulistano e a valorização do uso do espaço público.

 

CINEMA

15h | Auditório MIS (172 lugares – retirada de ingresso com 1h de antecedência)

Chega de Saudade, de Laís Bodanzky

Os dramas e as alegrias de cinco personagens frequentadores de um baile de dança em São Paulo. Tudo começa quando o salão abre as portas e termina quando o último cliente desce a escada, pouco antes da meia-noite. Ao som de muita música e dança, o filme aborda amor, solidão, desejo e traição.

(O curta Da Licença de Contar será exibido antes do filme)

 

18h| Auditório MIS (172 lugares – retirada de ingresso com 1h de antecedência)

Não Por Acaso, de Philippe Barcinski

Um acidente de carro muda a vida de dois homens que têm que lidar com grandes mudanças em suas vidas. O engenheiro de trânsito Enio encontra a filha de 16 anos que não o conhecia. E Pedro, dono de uma marcenaria, ainda com o coração partido por conta da morte da namorada, se interessa por uma nova mulher.

(O curta Da Licença de Contar será exibido antes do filme)

 

15h e 18h (antes do início das demais exibições) | Auditório MIS (172 lugares)

Da Licença de Contar, de Pedro Serrano

O curta recria o universo das canções de Adoniran Barbosa, colocando o artista dentro de sua obra. Um homem de chapéu, gravata borboleta e bigode conta a um jovem garçom as divertidas histórias de sua juventude, quando viveu “causos” ao lado de seus dois amigos naquele boteco

 

GASTRONOMIA

12h às 21h | Área Externa

A parte gastronômica fica por conta do bar Pirajá, com saborosos pasteis, caipirinhas e sanduíches; das deliciosas coxinhas do truck Só Coxinhas e os alimentos naturais do truck Box da Fruta.

 

CONEXÃO CULTURAL SÃO PAULO | 25.01.2017

10h às 21h | Exposição | Praia de Paulista

12h às 21h | Gastronomia| Feirinha Gastronômica

10h às 21h | Artes Visuais| Intervenção Praia de Paulista

15h e 18h| Cinema| Da Licença de Contar

15h | Cinema| Chega de Saudade

16h às 17h | Bloco Carnavalesco João Capota na Alves

18h | Cinema| Não Por Acaso

13h às 14h30 | Música | Samba do Urso

19h às 20h30 | Música | Roberta Oliveira & O Bando de Lá

10h às 21h | Silvio Santos Vem Aí – entrada gratuita (sujeito à lotação do espaço)

Valet conveniado: R$ 18. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

 

Museu da Imagem e do Som – MIS

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo| (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br

 

 

Paulo Varella1079 Posts

Estudou cinema na NTFS( UK), Administração de Empresas na FGV e Química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil desde então. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo e pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil: Um local para unir pessoas com um mesmo interesse, a arte contemporânea. Faz o contato e organiza encontros com os curadores, artistas e colecionadores que representam o conteúdo do qual falamos no Arte Ref

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password