Ripley Scroll, um verdadeiro tratado alquimíco

Kay Sutton, diretora de Manuscritos Medievais e Renascentistas, decodifica o Ripley Scroll, um verdadeiro tratado alquimíco  do século XVII com uma “mistura rica e detalhada de versos, lendas e imagens enigmáticas”.

“Até o século 18, a alquimia era vista como uma disciplina científica, considerada perfeitamente séria”, explica Kay Sutton, diretora de manuscritos medievais e renascentistas da Christie’s em Londres.

“Os alquimistas tinham dois objetivos”, segundo ela. “Um era fabricar a Pedra Filosofal, uma espécie de entidade mítica – mágica, maravilhosa e capaz de transmutar um metal base em ouro. O outro objetivo era fabricar o elixir que lhe daria vida eterna e curar todos os males “.

Junto com a alquimia apareceu o Horóscopo, assunto que até hoje muitos ainda levam à sério, mas isto é um outro assunto…

Fonte: Christie’s

Manuscrito feito em verso e escrito em papel por George Ripley, Alchemy.
 

Paulo Varella1399 Posts

Estudou cinema na NTFS( UK), Administração de Empresas na FGV e Química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil desde então. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo e pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil: Um local para unir pessoas com um mesmo interesse, a arte contemporânea. Faz o contato e organiza encontros com os curadores, artistas e colecionadores que representam o conteúdo do qual falamos no Arte Ref

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password