Durante quatro dias Paris se transformou na capital mundial da arte contemporânea

0
1768

 

A FIAC – Feira Internacional de Arte Contemporânea – em Paris, reuniu este ano 195 galerias, de 27 países, além de promover Fiac Hors Les Murs em 4 pontos da cidade, e Fiac Projects, no Petit Palais, os dois últimos com acesso gratuito ao público.

As galerias mais inusitadas

Poucos passos da entrada principal, mais precisamente no 0.B33, já nos deparamos com uma explosão de cores no espaço da famosa galeria Gagosian.

Trazendo o trabalho de Katharina Grosse, o estande conta com uma série de telas abstratas da artista alemã, além de uma imensa escultura denominada Ingres Wood (2018).

Trata-se de um real tronco de árvore coberto com tinta, medindo mais de 5 metros de comprimento, se tornando o cenário ideal da feira para os instagrammers.

Curiosamente, a árvore foi plantada por Jean-Auguste-Dominique Ingres (1790-1867), quando ele ainda era diretor da Villa Medici.

Outro espaço que chamou a atenção foi o da Galeria Gmurzynska . Com trabalhos de Alexandre de Betak, Yves Keein e Johnny Pigozzi, o espaço vermelho se destaca dos demais.

Com sede em Zurique, a Gmurzynska pediu para Alexandre de Betak (já acostumado a projetar cenários para desfiles da alta costura) criar uma instalação “fire unit”. Logicamente, roubou a cena!

A escultura da alemã Paloma Varga Weisz, “Bumpman em um tronco de árvore” (2018), está no espaço da galeria londrina Sadie Coles.

Também no local, a obra “Reunion” (2018), de Katie Heck, e outras bem interessantes que, juntas, tornam o estande da Sadie Coles um local que merece destaque.

Um giro pela Fiac

Veja abaixo algumas fotos da feira.

Galeria Regen Projects – Artista Kader Attia – Obra Schizophrenic Melancholia (2018)
Galeria Skarstedt – Artista George Condo – Obra Old Man Portrait (2011)
Galeria Massimo Minini – Artista Anish Kapoor – obra Random Triangle Mirror (2018)
Galeria UBU – Artista Bernard Schultze –Obra Malone Mémorialist
Galeria UBU – Artista Bernard Schultze – Obra Xerenth (1959)

Fiac Hors Les Murs

Com acesso gratuito, para quem quis rodar a cidade, foram as instalações  espalhadas em 4 pontos de Paris: Place de la Concorde (metro linha 1, 8 e 12); Place Vendôme (metro linha 1, Tuileries); Jardin de Tuileries (metro linha 1, 8 e 12, Concorde); Museé National Eudêne Delacroix (metro linha 4 e 10, Saint-German-des-Prés/Mabillon).

Veja algumas obras no Jardin de Tuileries:

 

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here