Guilherme de Faria

,
Disponibilidade
Categoria
Galeria
Valor
1 Guilherme de Faria copy

Desenhista, Guilherme começa sua carreira participando da I Exposição Jovem Desenho Nacional, no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (1965). Em 1967, figura na IX Bienal de São Paulo. Participa do Panorama de Arte Brasileira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo em 1971, e realiza exposição individual na Galeria Portal (São Paulo, 1972).

Pela rapidez do traço e pela pose em que o modelo aparece representado em seus desenhos, é possível compará-lo com um artista de uma geração bastante anterior, Carlos Leão. Há, no entanto, no desenho de Guilherme Faria, uma morna languidez das figuras, como também uma série de novas tensões, derivadas do uso de diversos recursos expressivos, inserindo seu trabalho num contexto mais contemporâneo.

Seu trabalho apresenta áreas tratadas de forma gestual e expressionística, que em contraste com a frieza do fundo branco, carregam-no de dramaticidade. A cor se incorpora apenas como fator repentino e significativo de contraste, e o âmbito de interesse de cada desenho se amplia pelo uso de certos dados conceituais, como a discussão interna da realidade do próprio quadro e o ilusionismo de colagens aparentes.

Nenhum artigo sobre esse artista no momento.