Bienal 2016: o cotidiano e catástrofes nas obras de Francis Alÿs

1959, Antuérpia, Bélgica. Vive na cidade do México, México. A obra de Francis Alÿs baseia-se em ações propostas ou praticadas pelo artista, que se desdobram em vídeos, fotografias, desenhos e pinturas. Frequentemente evocando uma sensação de absurdo ou insensatez, seus trabalhos pesquisam criticamente situações políticas, sociais e econômicas na vida contemporânea. A instalação concebida para … Continue lendo Bienal 2016: o cotidiano e catástrofes nas obras de Francis Alÿs