Cinema

Dreams that money can buy será exibido no próximo Cine Lage no EAV, Rio de Janeiro

Por Equipe Editorial - abril 23, 2014
1736 0
Pinterest LinkedIn

O que é? O Cine Lage é uma programação mensal de exibição de filmes e vídeos com o objetivo de promover o debate e a reflexão sobre essa produção. “Com o programa, a EAV busca contribuir para a divulgação de obras que não são exibidas no circuito comercial. A cada apresentação, um artista ou curador é convidado a selecionar e a comentar filmes e vídeos que são exibidos em um telão, no pátio da piscina”, afirma Claudia Saldanha, Diretora da EAV Parque Lage. A entrada é gratuita.

Essa edição: Filme experimental escrito, produzido e dirigido pelo artista (dadaista e surrealista), cineasta e teórico Hans Richter, com produção executiva de Kenneth Macpherson e Peggy Guggenheim. Colaboraram no filme: Max Ernst, Marcel Duchamp, Man Ray, Alexander Calder, Darius Milhaud, Paul Bowles, Fernand Léger e John Cage.

Joe Narcissus é um homem comum que descobre habilidades incomuns ao se olhar no espelho e decide vender seus serviços lendo os sonhos de sete pessoas. O filme se divide em sete narrativas de sonhos surreais criados por alguns dos artistas citados.

Alexandre Fenerich, Fernando Iazzetta, Lilian Campesato, e Rodolfo Caesar serão os curadores da noite. Eles, que também são músicos, falarão ao público sobre o filme a ser exibido – Dreams that money can buy – e intervirão durante a projeção do filme com cortes, silêncios e blackouts.

Quando? 25 de abril (sexta), às 20h.

Onde?  Parque Lage, Rio de Janeiro. Ligado à memória colonial da cidade do Rio de Janeiro, o Parque Lage é uma instituição mantida pela Secretaria de Estado de Cultura que tem por objetivo a difusão e fomento das artes e cultura, através de um espaço que propicia uma troca democrática e diversa no âmbito das artes. Além de promover exposições e eventos importantes, o EAV é um passeio imperdível para quem quer conhecer preciosidades do Rio de Janeiro.

Atendendo a pedidos e devido ao grande sucesso, a curadoria – com a entrada, entretanto de mais um integrante: Fernando – se repete e exibe novamente o programa que foi apresentado no fim do ano passado, como uma homenagem a John Cage, um dos mais influentes compositores norte-americanos do século XX. Esta é uma grande oportunidade para quem não conseguiu ir na primeira edição, e também para quem já viu assistir novamente à esta bela produção.

“Estamos preparando nossos instrumentos, alguns eletrônicos, outros não, para realizarmos intervenções na parte sonora do filme, substituindo a trilha sonora original”, explica Rodolfo, um dos curadores. O quarteto fará também uma breve parada no meio do filme, para uma  pequena improvisação. Lilian produz sons vocais com processamento eletroacústico, enquanto Fenerich toca suas gambiarras também processadas e Rodolfo e Fernando fazem sons eletroacústicos.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de