Artes Plásticas

Exposição retrospectiva de Salvador Dali chega em São Paulo no Instituto Tomie Ohtake

Por Paulo Varella - outubro 22, 2014
2804 0
Pinterest LinkedIn

Quem é o artista? Possivelmente o nome mais conhecido do movimento surrealista, Salvador Dali viveu no último século e foi um artista que, apesar de receber destaque como pintor, trabalhou com diferentes linguagens.

O que terá na exposição? 215 peças compõe a retrospectiva e, dentre estas, estão presentes pinturas, desenhos/gravuras, fotografias, filmes e documentos.

Sobre o espaço: O Instituto Tomie Ohtake, erguido na mais importante cidade da América Latina, São Paulo, tem como proposta apresentar as novas tendências da arte nacional e internacional, além daquelas que são referências nos últimos 50 anos, coincidindo com o período de trabalho da artista plástica que dá nome ao espaço.

Quando? De 19 de outubro a 11 de janeiro de 2015.

Salvador Dalí. Composição surrealista com figuras invisíveis, c. 1936. Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Composição surrealista com figuras com figuras invisíveis, 1936

Pensada para ser uma retrospectiva do trabalho de Dali, a mostra, que já passou pelo Rio e chegou agora a São Paulo, traz trabalhos do artista que foram realizados desde os anos 1920 até seus últimos projetos e, com isso, pretende estabelecer um panorama do “avanço” da produção deste.  

Contando com a presença das diferentes expressões do artista, a mostra nos traz a pluralidade de seus trabalhos e expõe diversas influências, técnicas, recursos temáticos, simbologias e referências ideológicas. Com curadoria de Montse Aguer (Diretora do centro de estudos Dalinianos da Fundação Gala-Dali), a mostra é a maior retrospectiva do artista já feita no Brasil.

“Queremos mostrar o Dalí surrealista, mas também aquele que se antecipa ao seu tempo, que é audacioso, que defende a liberdade de imaginação do artista em sua própria criação. Ao mesmo tempo, a mostra passeia pela trajetória artística e pessoal de Salvador Dalí”, explica a curadora. “Após a visita, todos entenderão sua importância como artista, não só no surrealismo, mas na história da arte. Isso significa uma importante ligação com a arte contemporânea, enquanto Dalí parte de uma profunda compreensão e respeito pela tradição”, conclui.

Para além dos filmes presentes na exposição, será possível observar a contribuição audiovisual de Dali na Mostra Internacional de Cinema (Com os filmes O cão andaluz e A idade de ouro, onde o artista foi co-diretor) e na mostra Surrealismo no Cinema organizada pelo MIS (que acontecerá entre 16 e 21 de dezembro). A programação da primeira mostra pode ser conferida no site http://38.mostra.org/br/home/ e da segunda no www.mis-sp.org.br.

Salvador Dalí. Autorretrato cubista, 1923. Museo Reina Sofía, Madrid. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.Autorretrato Cubista, 1923

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de