Arte pra Sentir na Caixa Cultural

0
361
Opavivará

A CAIXA Cultural São Paulo recebe, de 4 de agosto a 30 de setembro, a exposição “Arte pra Sentir”, que promove experiências estéticas que vão além do olhar. Com curadoria de Isabel Sanson Portella, a mostra reúne obras de seis artistas brasileiros que buscam estimular diferentes aspectos sensoriais no público visitante.

A provocação direta e a transposição dos limites perceptivos foram o ponto de partida para a curadoria convidar os artistas Carolina Ponte, Ernesto Neto, Flavio Cerqueira, Floriano Romano, Opavivará e Pedro Varela para o projeto. “A ação participativa se dá quando o artista amplia suas intervenções proporcionando novos modos de perceber. E desse modo o espectador abandona uma atitude de contemplação passando a ter uma atitude mais ativa e criadora”, ressalta a curadora.

Entre obras já conhecidas do público, alguns trabalhos foram criados especialmente para esta exposição. Além de peças táteis, a exposição conta com os recursos de sinalização, audioguias, audiodescrição e informações em Braille sobre as obras expostas. A mostra foi idealizada para que a diversidade cultural e social fosse contemplada. De forma criativa e acessível, todos poderão se integrar nesse espaço de fruição, mediação e criação.

 

Abertura da exposição, visita guiada e palestra:

 

Após a abertura do evento, que será realizada no dia 4, às 11h, haverá visita guiada à exposição com a curadora.  Na mesma data, Isabel Sanson Portella também vai ministrar uma palestra sobre arte sensorial, às 14h.

Serviço:

Exposição Arte para Sentir

Local: CAIXA Cultural São Paulo  (Praça da Sé, 111 – Centro)

Abertura: 4 de agosto (sábado), às 11h

Visita guiada: 4 de agosto (sábado), às 11h30

Palestra sobre arte sensorial: 4 de agosto (sábado), às 14h

Visitação: de 5 de agosto a 30 de setembro

Horário: de terça a domingo, das 9h às 19h

Entrada Franca

Classificação indicativa: livre para todos os públicos

Acesso para pessoas com deficiência

Informações: (11) 3221-4400

Patrocínio: Caixa Econômica Federal

 

Artigo anteriorA “Porta do Mar” de Luiz Moreira
Próximo artigoFlavio-Shiró: Percursos vivencias conectados
Estudou cinema na NTFS( UK), Administração de Empresas na FGV e Química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil desde então. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo e pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil: Um local para unir pessoas com um mesmo interesse, a arte contemporânea. Faz o contato e organiza encontros com os curadores, artistas e colecionadores que representam o conteúdo do qual falamos no Arte Ref

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here