À venda

Indústria do Poder

Indústria do Poder

A escultura contemporânea nomeada como “Indústria do Poder”, da artista Tatiana Mesquitela, se refere a década dos anos 50 e 60, no qual, através do conceito do pop art., demonstrava a massificação da cultura popular capitalista.

A imagem que compõe uma caixa se refere ao sistema de controle fechado e oculto, no qual, um pequeno grupo tem acesso. Ao mesmo tempo, demonstra que nada que está no oculto permanece na escuridão para sempre, a luz que habita no discernimento e no conhecimento, revela o sistema opressor fazendo a sociedade despertar.

A anatomia humana inserida na obra se refere a sociedade como bonecos fantoches manipulados pela mídia em diferentes plataformas.

Com o uso de diferentes técnicas (acrílico, colagens, gesso, folhinha de ouro, alumínio e Collorjet) faz uma crítica a Nova Era digital.

Tatiana Mesquitela

Tatiana Mesquitela artista

Tatiana Mesquitela (1996) é uma artista brasileira de arte contemporânea nascida no Rio de Janeiro.

Ingressou no curso de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá (RJ), concluindo-o em 2018.

No mesmo ano, iniciou-se nas artes plásticas, porém, já praticava o hábito de pintar desde a infância. Na adolescência, em uma de suas fases, costumava desenhar como hobby.

Em 2019, começou a sua carreira como artista depois de uma oportunidade para produzir 10 telas em 40 dias. A partir daí, pintou algumas obras para lojas e galerias em Portugal (Lisboa).

De acordo com a artista, a arte “é a mais profunda forma de expressão de uma pessoa, e como ela consegue representar de forma emocional, o que se passava em diferentes épocas. Através da arte, conseguimos analisar grandes acontecimentos registrados no passado, no presente e até mesmo, no futuro”.

Tatiana Mesquitela tornou a cor um elemento de grande importância em suas obras, onde apresenta diversas técnicas, como óleo, aquarela e acrílico.

Na maioria de seus trabalhos a artista prepara imagens que fazem uma crítica sobre a política mundial e como isso afeta a sociedade na geração presente. Sua maior inspiração é a experiência que sentiu com o mundo espiritual e como o físico e a alma afetam a humanidade.

Seu objetivo através de sua arte é comunicar uma mensagem que possa atingir a mente de quem vê.

A artista começou sua carreira profissional em Portugal ( Lisboa ) no ano de 2019, participou de exposições. Uma dela se chama “ LE CARROUSEL D’ART “ no final de setembro 2020 junto com mais 3 artistas de diferentes nacionalidades.

Suas obras estão espalhadas em diversas galerias em Santos O Velho (bairro das artes em Lisboa). Uma delas está na Calçada Cem Art Gallery, WYZE , na tradicional loja de design de interiores DOMO e Le Chat.

Regressou para o Brasil em Outubro e participou do evento de Arquitetura “Morarmais” edição 2020 no Rio de Janeiro, onde ganhou visibilidade na cidade.

A artista trabalha com encomendas “ personalizadas” onde capta o mundo do cliente de forma única e reproduz a obra de acordo com sua perspectiva deixando a obra única e especial.

Indústria do Poder

Tatiana Mesquitela - Indústria do Poder

A escultura contemporânea nomeada como “Indústria do Poder”, da artista Tatiana Mesquitela, se refere a década dos anos 50 e 60, no qual, através do conceito do pop art., demonstrava a massificação da cultura popular capitalista.

A imagem que compõe uma caixa se refere ao sistema de controle fechado e oculto, no qual, um pequeno grupo tem acesso. Ao mesmo tempo, demonstra que nada que está no oculto permanece na escuridão para sempre, a luz que habita no discernimento e no conhecimento, revela o sistema opressor fazendo a sociedade despertar.

A anatomia humana inserida na obra se refere a sociedade como bonecos fantoches manipulados pela mídia em diferentes plataformas.

Com o uso de diferentes técnicas (acrílico, colagens, gesso, folhinha de ouro, alumínio e Collorjet) faz uma crítica a Nova Era digital.