Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Filme: O descobrimento do Brasil, de Humberto Mauro, com sonorização de DJ Tudo e sua gente de todo lugar, no auditório do Museu da Imagem e do Som – MIS

junho 12, 2016

Cinematographo no MIS exibe o filme O descobrimento do Brasil sonorizado ao vivo pelo DJ Tudo

Sessão acontece no dia 12 de junho, domingo, às 16h, no Auditório MIS (172 lugares). Os ingressos, que custam R$6 (inteira) e R$3 (meia), podem ser adquiridos na bilheteria do Museu ou no site Ingresso Rápido.

Com o objetivo de resgatar a atmosfera das primeiras sessões de cinema, o MIS, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promove o mensalmente o Cinematographo, que conta com projeção de filmes sonorizados por músicos ao vivo. Na edição de junho, o multi-instrumentalista DJ Tudo e sua gente de todo lugar se apresenta ao vivo durante a exibição de O descobrimento do Brasil, filme de 1937 dirigido por Humberto Mauro.  

Em forma de narrativa épica, com textos extraídos da Carta de Pero Vaz de Caminha, O descobrimento do Brasil relata a chegada da frota portuguesa às costas brasileiras, em 1500. Produzido em 1936, o longa conta com trilha sonora original de Heitor Villa-Lobos.

DJ Tudo (Alfredo Bello) é um dos mais importantes pesquisadores da cultura brasileira, já registrou mais de duas mil horas em 16 anos pelo Brasil. Com essa bagagem de pesquisa e sua experiência musical de quase 30 anos, concebeu o projeto DJ Tudo e sua gente de todo lugar que recria e ressignifica músicas tradicionais brasileiras, dialogando com a cultura contemporânea e de vários países. Já lançaram seis discos com o projeto que propõe uma descoberta do Brasil e sua música. Ai está o encontro e intersecção entre DJ Tudo e sua gente de todo lugar e o filme de Humberto Mauro.

DJ Tudo e sua gente de todo lugar é formada por DJ Tudo (baixo, computador e voz), Gustavo Souza (bateria e sampler), Rafaella Nepomuceno (percussão e voz), Rafael Martinez (guitarra), Marcelo Monteiro (sax tenor e flauta), Amicar Rodrigues (trompete), e Filipe Nader (sax barítono).

 

O descobrimento do Brasil (Humberto Mauro, Brasil, PB, 83´, 1937) A história começa em 9 de março de 1500, quando a frota de Pedro Álvares Cabral partiu de Lisboa com destino às Índias. Por um mapa animado vê-se a rota seguida pela frota, passando pelas ilhas Canárias, do Cabo Verde e São Nicolau (que foi avistada no dia 22 de março, conforme o piloto Pedro Escobar). Na noite do dia seguinte, perdeu-se a nau de Vasco de Ataíde. Os portugueses seguem viagem por águas desconhecidas até que entre 21 e 22 de abril descobrem sinais de terra e avistam o Monte Pascoal, no litoral brasileiro. Ao vistoriar o lugar fazem contato com os nativos locais, chamados de índios, e levam dois para se encontrarem com Cabral. Os encontros são amistosos e os índios ajudam os tripulantes restabelecerem suas provisões e barris de água. Ao final, há a grande celebração da primeira missa no Brasil com a participação de todos os tripulantes e um grande número de nativos.

 

SERVIÇO
CINEMATOGRAPHO – O descobrimento do Brasil, com sonorização de DJ Tudo e sua gente de todo lugar
DATA
12.06, domingo
HORÁRIO 16h
LOCAL Auditório MIS (172 lugares)
INGRESSO R$6 (inteira), R$3 (meia). Menores de 5 anos não pagam. À venda na Recepção MIS (terças a sextas, das 12h às 20h30h; sábados das 10h às 21h30, domingos e feriados, das 11h às 19h) e no site www.ingressorapido.com.br
CLASSIFICAÇÃO livre

 

Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 18
Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.


Calendário gerado por The Events Calendar