Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

I Festival de Arte Contemporânea de Rio das Ostras

novembro 23 - novembro 25

I Festival de Arte Contemporânea

Exposições, palestras, mesa-redonda, lançamento de livro e oficina

O Ateliê Casa 404 apresenta, em parceria com a Universidade Federal Fluminense e com o apoio da Fundação Rio das Ostras de Cultura, o I Festival de Arte Contemporânea, na cidade de Rio das Ostras, de 23 a 25 de novembro, sexta a domingo, com o tema ‘A arte é o mote’. A curadoria é de Áureo Guilherme Mendonça. Na programação, exposições de artes visuais simultâneas, palestras, lançamento de livro, mesa-redonda e oficinas, que vão acontecer em 4 espaços culturais da cidade (Ateliê Casa 404, Casa de Cultura Bento Costa Junior, Fundação de Cultura, Language Café e Artmanha). Um fim de semana inteiro com uma intensa programação para movimentar ainda mais Rio das Ostras!

A exposição será uma grande coletiva com a participação de 26 artistas locais e do Rio de Janeiro, divididos nesses espaços. Serão cerca de 40 obras, entre pinturas, desenhos e escultura. O Festival é um desdobramento do projeto ‘Convite de Artista’, do Ateliê Casa 404 – UFF, que promove e discute a interiorização da produção de arte.

“A ideia é envolver a universidade, os artistas e a sociedade em um evento que discuta o papel do artista como dinamizador da cena cultural. A utilização dos espaços e equipamentos públicos e dos espaços privados em parceria, assim como a interiorização da produção do grande centro para promover o intercâmbio de ideias e ampliar a rede de relacionamento entre os pares. A cidade é o pano de fundo do projeto, todo ele pensado para que as pessoas transitem a pé entre os espaços para que tenham um envolvimento maior com a essência do lugar”, explica Silvia Neves, Coordenadora do Ateliê Casa 404.

Sobre a escolha do tema deste ano, o curador Áureo Guilherme Mendonça afirma: “A arte é o mote porque a entendemos sempre como a parte mais provocadora entre todas as instâncias que compõem nosso universo de fatos e afetos. O importante é que todos aceitaram esse desafio de olhar para Rio das Ostras e pensar sua ressignificação a partir de sua coabitação com a arte. De um ponto ao outro das exposições teremos a oportunidade de olhar a cidade e, quem sabe, enxergar sua alma, cuja visibilidade depende sempre desse viés ótico propiciado pelo trabalho dos nossos artistas”.

 

Programação do IFAC:

– Exposição “O mote é a arte”

Abertura: dia 23 de novembro, às 19h

Até 25 de novembro

Locais:  Ateliê Casa 404, Casa de Cultura Bento Costa Junior, Language Café e Artmanha

Horários de funcionamento: 09hs às 18hs

Artistas participantes: Alessandro Paiva, Bernardo Sá Earp, Bet Katona, Dorys Daher, Evandro Oliveira, Fava da Silva, Felipe Barbosa, Giovana Agostini, Katia Politzer, Lilian Vieira, Lincoln Nogueira, Lucas Muniz, Luiz Maia, Marcelo Vitiello, Maridea de Deus, Luiz Badia (performance sonora), MarQo Rocha, Micarlos Medeiros, Muiteza, Rafael Reis, Rosana Diuana, Rosana Ricalde, Reitchel Komch, Rodrigo Pontes, Selma Jacob, Verônica Camisão.

Lançamento do livro ‘Entremeios, Ensaios sobre literatura, cinema e comunicação”

Autora: Analice Martins

Editora: Appris

Dia: 23 de novembro, às 19h

Local: Atelie Casa 404

– Palestras

Dia: 24 de novembro

Palestrantes:

Vera Pletitsch

Tema: artes visuais indígenas brasileiras – tradição e contemporaneidade

Das 9h às 10h

Thiago Grisolia

Tema: escrita, corpo, imagem, cidade: arte e poesia expandidas

Das 15h às 16h

Walmeri Ribeiro

Tema: Práticas performativas na Arte Contemporânea

Das 16h30 às 17h30

Local: Fundação Rio das Ostras de Cultura

Oficina

Responsável: Sagui Gepeto

Dia e horário: 14:00 hs

Local: Casa de Cultura

– Mesa-redonda

Dia: 25 de novembro de 2018

Tema: Interiorização da produção de arte, experiências RJ

Horário: das 10h às 12h

Participantes: Cris Regis, Áureo Guilherme, Silvia Neves, Carlos Henrique Pimentel e Cleise Campos.

Local: Fundação Rio das Ostras de Cultura

Sobre os palestrantes:

Thiago Grisolia

Thiago Grisolia é bacharel em Produção Cultural e mestre em Estudos Contemporâneos das Artes pela Universidade Federal Fluminense. Foi curador da Mostra Desescritos (CCPCM/Niterói, 2015) e da exposição Ana Cristina Cesar – À mercê do impossível (Caixa Cultural/RJ, 2017), entre outras. Foi professor do Departamento de Artes da UFF. Atualmente, é responsável pelo Educativo do Centro Cultural do Ministério da Saúde. Autor do livro de poemas “bestiário da fauna do presente” (ed. Urutau, no prelo).

Walmeri Ribeiro

Artista-pesquisadora. Pós-doutora pelo departamento de Fine Arts da Concordia University, Canadá. Doutora em Comunicação e Semiótica| PUC-SP e mestre em Artes|UNICAMP. Walmeri Ribeiro é professora do Departamento de Artes e Estudos Culturais|RAE, na área de estudos culturais e artes do corpo, e do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena|ECO|UFRJ.  Coordenadora do Laboratório de pesquisa-criação BrisaLAB (certificado pelo CNPQ). Autora do livro “Poéticas do ator no cinema brasileiro” (Intermeios: 2014 e co-organizadora dos livros “Das artes e seus territórios sensíveis (intermeios, 2014) e Das artes e seus percursos sensíveis (Intermeios, 2015). Possui, ainda, vários artigos publicados em revista brasileiras e internacionais de relevância acadêmica e artística. Nos últimos anos participou de exposições no exterior: Alemanha, Portugal, Canadá, Inglaterra e nacionais: Rio de Janeiro, Fortaleza e São Paulo.

Vera Pletitsch

Artista plástica. Mestre em Arte pela UERJ; Pós-graduada em Arte Educação; Licenciada em Artes Visuais. Trabalhou como servidora pública na Casa de Cultura Villa Maria e no Projeto Polo Arte na Escola, ambos da UENF, e também como professora de Arte no Ensino Fundamental II. Realizou Ações Educativas em Artes Visuais nas exposições do SESC de Campos dos Goytacazes. Desenvolve projetos em diferentes instituições como cursos, palestras, oficinas, organização de exposições e de eventos, principalmente em arte educação, ensino de artes visuais, formação de professores, mediação arte-público, patrimônio artístico e cultural.

Lançamento de livro

Analice de Oliveira Martins

Analice Martins nasceu em Campos dos Goytacazes (RJ), é pós-doutora em Literatura Brasileira pela Università degli Studi Roma Tre, doutora em Letras pela PUC-Rio, mestre em Literatura Comparada pela UFRJ, bacharel e licenciada em Letras (Português-Francês) também pela UFRJ. É professora e pesquisadora da Graduação em Letras e da Pós-Graduação em “Literatura, Memória Cultural e Sociedade” do Instituto Federal Fluminense (IFF), além de ser professora colaboradora dos Programas de Mestrado e Doutorado em Cognição e Linguagem da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). É autora de diversos artigos e ensaios acadêmicos. Mantém o site www.rumoreseruidos.com.

 

Sinopse

O desafio crítico proposto por Analice Martins, no livro Entremeios: ensaios sobre literatura, cinema e comunicação, vai muito além da superficial polarização entre local e global e a sua proposta interpretativa parece bem mais arriscada e estimulante: interpretar a contemporaneidade literária brasileira como um objeto complexo, que remexe nos escombros do projeto de modernização do Brasil, um país que em cinquenta anos passou de uma sociedade agrária para uma sociedade pós-industrial, a partir dos não-lugares que este brutal processo transformou em palcos de tensões, em (não) lugares de passagem suspensos entre arcaicidade e modernidade

Mesa-redonda

Áureo Guilherme Mendonça

Possui doutorado em Letras (Ciência da Literatura) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Atualmente é professor associado da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência nas áreas de Artes, História e Educação, com ênfase em Artes, atuando principalmente nos seguintes temas: crítica de arte, artes plásticas, arte contemporânea, modernismo, pós-modernismo, arte-educação e arte virtual.

 

Silvia Neves

Artista visual, carioca, com formação em Comunicação Social, extensão Universitária em Produção Cultural e em Artes na UFF e com Pós-Graduação e Especialização em Arte, Cultura e Criação pelo SENAC RJ. Desde 2009, participa de cursos livres na EAV Parque Lage. Vive e trabalha em Rio das Ostras, RJ, onde mantém seu ateliê e coordena o espaço Ateliê Casa 404, espaço de convivência em Arte Contemporânea, com workshops, oficinas, palestras e exposições. Participa de exposições no Brasil e exterior. Participa como técnica no Grupo de Estudos e Pesquisa em Artes e Tecnologia da UFF.

Cris Regis

Presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura

Carlos Henrique Pimentel

Membro do Conselho Municipal de Cultura de Rio das Ostras

Cleise Campos

Assessora-chefe de Políticas Culturais da Secretaria de estado de Cultura

 

 

  

 

Local

Casa de Cultura de Rio das Ostras
R. Bento Costa Júnior, 70
Centro, Rio das Ostras, Rio de Janeiro 28893-050 Brasil
+ Google Map
Telefone:
(22) 2764-1768