Reestreia do espetáculo “Mantenha Fora do Alcance do Bebê”, , com elenco formado por Débora Falabella, Anapaula Csernik, Jorge Emil e Diego Dac, no Teatro Porto Seguro

Por Equipe Editorial - julho 25, 2016
97 0
Pinterest LinkedIn

Texto de Silvia Gomez, que recebeu o Prêmio APCA de melhor dramaturgia, além da indicação no Prêmio Shell de Teatro como melhor autora, tem direção de Eric Lenate

Sucesso de público e crítica o espetáculo Mantenha Fora do Alcance do Bebê volta aos palcos da capital paulista. A montagem, com elenco formado por Débora Falabella, Anapaula Csernik, Jorge Emil e Diego Dac, reestreia dia 10 de agosto, quarta-feira, às 21 horas, no Teatro Porto Seguro.

A peça, uma das três premiadas na 1ª Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos do Centro Cultural São Paulo tem texto assinado por Silvia Gomez, dramaturga formada no CPT – Centro de Pesquisas Teatrais, de Antunes Filho e direção de Eric Lenate.

Mantenha Fora do Alcance do Bebê mostra a entrevista de uma mulher (Débora Falabella) com uma assistente social (Anapaula Csernik), parte integrante do processo de adoção de um bebê. Porém, durante a conversa, as coisas fogem de controle e, como medida emergencial, Rubens (Jorge Emil), o marido da entrevistada, segue para o local. Fora dali, uma superpopulação de lobos toma ruas, calçadas e linhas de metrô. Já dentro da sala, um lobo selvagem acompanha em silêncio o desenrolar dessa conversa.

Valorização da dramaturgia e dos atores
Eric Lenate diz que, com a direção de Mantenha Fora do Alcance do Bebê, ele retoma um caminho em sua carreira e foca seu trabalho na valorização da dramaturgia e também no trabalho do ator.

“O texto de Silvia é extremamente vigoroso e me dá diversos caminhos para criar uma encenação que flerta com o surrealismo. Foquei minha encenação muito na palavra e as cenas têm uma gestualidade e movimentos diretos e objetivos, deixando os atores livres também para se acharem no palco. O trabalho prévio de leitura do texto e a qualidade dos atores me rendeu algo inédito: em cinco ensaios, estávamos com a peça levantada já”, explica Lenate.

O cenário, também assinado por Lenate, possui poucos elementos, que sugerem ao público que aquele espaço é uma repartição pública. Porém, como o cenário é equipado com rodas, os atores criam outras imagens na cabeça da plateia. 

Desde a época do CPT
Essa não é a primeira vez que Lenate e Silvia trabalham juntos. Os dois se conhecem desde a época do CPT e Eric Lenate assinou a direção de outro texto da autora, O Céu cinco minutos antes da tempestade.

“Eu sabia da existência dessa peça há algum tempo. Algumas pessoas tinham comentado comigo sobre ela e sempre que pedi para a Silvia mostrar, ela dizia que ainda não era hora. Ano passado, nos encontramos e comentei de novo sobre o meu desejo de ler o material, foi então que ela me enviou e me apaixonei pelo o que li. Coincidentemente, foi na mesma época em que soube do edital do Centro Cultural São Paulo. Conversei com a Silvia e ela inscreveu o projeto que ganhou não por conta da ficha técnica da montagem e, sim, única e exclusivamente, por causa da qualidade e da maneira como a Silvia escreve”, conta o diretor.

Para Silvia Gomez, o longo processo para montar esse texto tem a ver também com a maneira como ela encara dramaturgia. “O dramaturgo tem obrigação de olhar o mundo a sua volta e analisá-lo. Para isso, ele precisa remexer o seu próprio lodo e isso, nem sempre, é algo simples”, explica.

 

Ficha técnica:
Texto – Silvia Gomez. Direção, Cenografia e Adereços – Eric Lenate. Elenco– Débora Falabella, Anapaula Csernik, Jorge Emil e Diego Dac. Assistência de Direção – Janaína Afhonso.  Assistência de Cenografia–Saulo Santos. Figurinos e Adereços – Rosângela Ribeiro. Iluminação e Adereços – Alini Santini. Mascareiro – Fábio Pinheiro. Direção de Palco–Diego Dac e Saulo Santos. Trilha Sonora, Sonoplastia e Engenharia de Som – L.P. Daniel. Projeto Gráfico – Laerte Késsimos. Fotos de Cena e Vídeos – Leekyung Kim. Direção de Produção – Ricardo Grasson. Assistente de Produção – Ana Araripe. Produção – Gelatina Cultural Produções Artísticas. Idealização – Sociedade Líquida. Ilustração – Adriana Komura. Duração – 80 minutos. Indicado para maiores de 14 anos.

 

Serviço:
De 10 de agosto a 15 de setembro, quartas e quintas, às 21h
Ingressos: R$ 60,00 plateia / R$ 40,00 balcão e frisas.
Classificação: 14 anos.
Duração: 80 minutos.

 

TEATRO PORTO SEGURO
Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.
Telefone (11) 3226.7300.
Bilheteria: Terça a sábado, das 13h às 21h e domingos, das 12h às 19h.
Capacidade: 508 lugares.
Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto na compra de 1 ingresso + acompanhante.
Formas de pagamento: Todos os cartões de crédito e débito.
Acessibilidade:10 lugares para cadeirantes e 5 cadeiras para obesos.
Estacionamento no local: Estapar R$ 20,00 (self parking) – Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto.
Serviço de Vans: TRANSPORTE GRATUITO ESTAÇÃO LUZ – TEATRO PORTO SEGURO – ESTAÇÃO LUZ. O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. COMO PEGAR: Na Estação Luz, na saída Rua José Paulino/Praça da Luz/Pinacoteca, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Para mais informações, contate a equipe do Teatro Porto Seguro.
Happy HourRestaurante Gemma – quartas, quintas e sextas das 17h às 21h.

 

Vendas: www.ingressorapido.com.br
Site: http://www.teatroportoseguro.com.br
Facebook: facebook.com/teatroporto
Instagram: @teatroporto

Comentários

Please enter your comment!
Please enter your name here