Estratégias para a cultura em Lisboa 2017

Por Paulo Varella - julho 6, 2017
12 0
Pinterest LinkedIn
No próximo 7 de Julho, sexta-feira, às 18h00, na Casa da América Latina, serão apresentadas as  “Estratégias para a Cultura na cidade de Lisboa 2017”, um trabalho do DINÂMIA/CET (ISCTE/IUL) para a Câmara Municipal de Lisboa. Esta apresentação conta com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e da Vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto.

 

A publicação “Estratégias para a Cultura na Cidade de Lisboa 2017”, resulta do trabalho do DINÂMIA / CET (ISCTE/IUL), desenvolvido ao longo de ano e meio, para o Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa e  contou com a participação de numerosos artistas, produtores, técnicos e demais agentes culturais da cidade. As “Estratégias para a Cultura na Cidade de Lisboa 2017” resultam da necessidade de promover uma reflexão alargada sobre o presente e sobre o futuro cultural da cidade, tendo em conta as transformações que aconteceram desde 2009, data do último exercício de planeamento estratégico realizado na área da cultura.

 

A apresentação de “Estratégias para a Cultura na Cidade de Lisboa 2017” é um dos pontos de um programa que reúne em Lisboa, de 6 a 8 de Julho, os membros da UCCI (União das Cidades Capitais Ibero-americanas), da CGLU (Cidades e Governos Locais Unidos) e da Action Europe. Deste programa fazem parte, além da apresentação referida publicação, a XXXII Reunião do Comité de Cultura da União da Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI) que Lisboa acolhe como titular da Capital Ibero-americana de Cultura 2017, e uma sessão especial – proposta por Lisboa –  para a definição de uma estratégia conjunta de inclusão da Cultura nos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda para o desenvolvimento sustentável 2030 da ONU.

 

 

Programa detalhado abaixo.

 

-*-*-*-*

 

PROGRAMA

(Apenas a apresentação de “Estratégias para a Cultura na cidade de Lisboa 2017”, dia 7 às 18h00, é aberta ao público, para acreditação, responder a este email.)

 

 

 

 

QUINTA, 6 DE JULHO

 

10:00: Abertura do  XXXII Comité Sectorial de Cultura de la UCCI

10:30: Apresentação da equipa técnica do Comité e dos delegados das Cidades

11:15: Apresentação de “Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-americana da Cultura 2017

14:30: Apresentação da experiência das cidades: La Paz, Rio de Janeiro, Buenos Aires e Lisboa

16:00: Apresentação da experiência das cidades:  Assunção, Guatemala, Quito, Lisboa

 

SEXTA, 7 DE JULHO

 

10:00: Apresentação da experiência das cidades: Andorra la Vella, La Habana, Lima, México

11:45: Apresentação da experiência das cidades: Lisboa, Montevideo, Panamá, San José

14:30: Apresentação da experiência das cidades: San Salvador, Santiago, Sucre, Tegucigalpa

18:00: Apresentação “Estratégias para a Cultura na cidade de Lisboa, 2017”

 

SÁBADO, 8 DE JULHO

 

09h30: Encontro UCCI / CGLU – ESTRÁTÉGIA CONJUNTA  OBJECTIVOS DE DESENVOLVIMENTO 2030

Com:

Jordi Pascual, Coordenador do Comité de Cultura da CGLU

António Zurrita, Diretor da UCCI

Rudiger Klein, Secretário-General da Culture Action Europe

 

12:30: Apresentação de conclusões e da ata do Comité

13:00: Encerramento e entrega de diplomas

 

 

Lisboa, 5 de julho de 2017

 

 

 

 

Câmara Municipal de Lisboa

Secretaria-Geral

Departamento de Marca e Comunicação

Rua de S. Julião, 149 – 1º | 1100-524 LISBOA

  1. geral (+351) 218 172 500

www.cm-lisboa.pt | [email protected]

Tags

Estudou cinema na NFTS (UK), administração na FGV e química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo, pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado internacional.

Comentários

Please enter your comment!
Please enter your name here