Carregando Eventos

« Todos Eventos

John Nicholson expõe obras inéditas em São Paulo


John Nicholson - O por do sol sobre a cidade num dia de verão
John Nicholson – O por do sol sobre a cidade num dia de verão

outubro 24, 2020 @ 1:00 pm novembro 12, 2020 @ 6:00 pm

A Galeria Roberto Camasmie apresenta a exposição Alquimia das Cores, do artista norte-americano radicado no Brasil John Nicholson. Com 15 obras inéditas, a mostra tem abertura marcada para dia 24 de outubro, sábado, das 13h às 17h, na galeria localizada no bairro dos Jardins, e conta com curadoria de Zenon Valcacer e Beatriz Vicente de Azevedo. O texto curatorial é assinado por Zenon Valcacer, que prepara um documentário sobre o artista, a ser lançado em janeiro de 2021.

Adiada devido à pandemia da Covid-19, a exposição traz obras inéditas feitas entre os anos de 2019 e 2020 pelo artista plástico nascido no Texas, John Nicholson.

Remetendo aos conceitos da Alquimia, o curador Zenon Valcacer afirma, em seu texto curatorial “Como numa transformação hermética, a obra de John Nicholson leva o observador por estágios de entendimentos paulatinos e sucessivos que, semelhantes ao processo alquímico conduz por final a compreensão da totalidade de sua obra, a pedra filosofal do artista”.

Para o curador, na obra de John Nicholson, podem ser encontradas todas as qualidades da Alquimia, como “Solutio”, elemento água que pode ser identificado na obra dele com a “presença de linhas sinuosas, curvas e formas onduladas”; a etapa seguinte seria “Coagulatio”, “que representa a materialização terrena e suporte do olhar por meio das formas angulares e retilíneas”; em seguida há a etapa do “Calcinatio”, o fogo primordial, e que na obra de Nicholson parece entrar “nas cores primárias e na escolha de pigmentos bem definidos sua expressão mais forte”; e por fim há a etapa do “Sublimatio”, relacionado ao elemento Ar e representado pelos tons azul claro, rosa e branco.

Tendo como principais referências de seu trabalho o pintor americano Richard Diebenkorn, o francês Henri Matisse, o escultor americano Richard Serra, o artista plástico norte-americano Frank Stella, entre outros, Nicholson se consagra com uma pintura mais subjetiva, que expressa abstrações líricas através da superposição de planos e cores.

A mostra Alquimia das Cores contará com obras como O Voo Noturno e The Whale’s Song, Um Instante num Dia de Verão, O Por do Sol sobre a Cidade num Dia de Verão, Into the Qizzical Whimsical, O Céu da Noite sobre as Luzes da Cidade, A Vista da Varanda, entre outros.


John Nicholson

Nascido em 1951, em Comanche, no Texas, estudou no Programa de Artes Visuais, da Universidade de Houston, no Texas, e no Departamento de Artes, da Universidade do Texas, em Austin, ambos nos anos 1970.

Já no Rio de Janeiro, nos anos 1980, lecionou nos cursos de Desenho e Pintura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro, tendo sido professor de artistas como Adriana Varejão, Beatriz Milhazes e Daniel Senise. Seguiu lecionando na mesma instituição até os anos 2000, em cursos de Desenho e Composição e Desenho de Observação.

Por causa de sua atuação como pintor e professor, Nicholson tornou-se um dos mestres da chamada “Geração 80”, lançada no Brasil em exposição histórica realizada no Parque Lage, em 1984.

Sua pintura, inicialmente figurativa, se transformou a partir da mudança para o Brasil e da convivência com Luiz Aquila, companheiro de ateliê durante alguns anos, que passou a apoiá-lo na criação abstrata.

Suas obras, atualmente, expressam essa abstração através do uso da superposição de planos e das cores fortes da pop arte e do expressionismo abstrato.

John Nicholson tem mais de 30 exposições individuais, no Rio de Janeiro, Paris, Berlim, São Paulo, Suíça, Minas Gerais, em galerias e instituições como Paço Imperial (RJ), Museu da Inconfidência (MG), Museu Nacional de Belas Artes (RJ), além de participações em coletivas também no Rio de Janeiro, China, Suíça, Paris, Basel e Mônaco.


Serviço

  • Abertura da exposição “Alquimia das cores”, do artista John Nicholson
  • Curadoria de Zenon Valcacer e  Beatriz Vicente de Azevedo
  • Coquetel de abertura, dia 24 de outubro, sábado, das 13h às 17h
  • Período expositivo: De 25 de outubro a 12 de novembro
  • Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h30 às 18h| Sábados das 11h às 15h
  • Galeria Roberto Camasmie
  • Rua Bela Cintra, 1992 – Cerqueira César
  • Telefone: 3062-5288

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?


Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica 

(Atenção: Os e-mails podem ir para sua caixa de promoções)


Veja também