Galeria Base inaugura seu espaço expositivo em São Paulo

Por Paulo Varella - maio 31, 2017
10 0
Pinterest LinkedIn

No sábado, dia 03 de junho, os sócios Daniel Maranhão e Fernando Ferreira de Araújo inauguram em São Paulo a Galeria Base, na Avenida Nove de Julho. A mostra inaugural é “[Co]existências”, organizada pelo curador Douglas de Freitas. A coletiva reúne 24 trabalhos dos artista Anna Bella Geiger, Anna Maria Maiolino, Antonio Dias, Eduardo Climachauska, José Rufino, Lygia Pape, Mira Schendel e Montez Magno.

 

A exposição apresenta obras que compreendem um recorte da década de 60 aos dias de hoje de artistas de gerações distintas, mas, segundo o curador “de modo geral, e à primeira vista, questões ligadas ao desenho, como a linha e a geometria permeiam os trabalhos. Características próprias da produção de cada artista estão presentes nas obras, configurando novos recortes e abordagens possíveis”.

 

Como o próprio título [co]existências sugere, a mostra traz uma leitura cruzada, onde conjunções são apresentadas através da  transversalidade da produção de cada artista. “As obras de Antonio Dias, Anna Bella Geiger e Montez Magno, cada uma a seu modo, estabelecem um diálogo a partir de uma discussão territorial”, acrescenta Douglas. Exceto pelas esculturas de José Rufino, que neste mês recebeu o prêmio na categoria de melhor artista contemporâneo pela ABCA (Associação Brasileira de Críticos de Arte), e de Eduardo Climachauska, outro ponto de convergência da mostra vem a ser o suporte em papel/cartão.

 

Foram selecionadas obras a partir da importância e representatividade da trajetória de cada artista, algumas inéditas, a exemplo da ‘Trilogia’ de Montez Magno, da série ‘Labirinto’, datada de 1967, apresentada apenas no Salão Nacional de Belas Artes e agora disponível na mostra. Outro destaque será a reunião do um desenho à guache, que serviu como estudo para um vestido com bordados, ambos de Mira Schendel, expostos lado a lado. Da mesma artista constará uma obra da série ‘Mandalas’ que participou da sua retrospectiva na TATE  e na Pinacoteca de São Paulo. Anna Maria Maiolino agrega à exposição com 6 obras das séries ‘Cartilhas’, ‘Marcas de Gota’ e da série executada com linhas.

 

A exposição estará aberta ao público até o dia 01 de julho.

 

Serviço:

 

Coletiva “[Co]existências”, com curadoria de Douglas de Freitas

Abertura: dia 03 de junho, sábado, das 15 às 19 horas

Período expositivo: de 05 de junho a 1o de julho de 2017

 

Galeria Base

Endereço: Av. 9 de Julho 5593/11 – Jardim Paulista

São Paulo – SP – CEP: 01407-200

Horários: de segunda a sexta, das 10 às 19; e sábados das 11 às 14 horas

Telefones: (11) 3071-3614 / 3073-0295 / 98571-8572 e 98327-9775 [email protected]

Estudou cinema na NFTS (UK), administração na FGV e química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo, pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado internacional.

Comentários

Please enter your comment!
Please enter your name here