Os 150 anos de Frank Lloyd Wright

Frank Lloyd Wright (Richland Center8 de junho de 1867 — Phoenix9 de abril de 1959) foi um arquiteto americano. Um dos conceitos centrais em sua obra é o de que o projeto deve ser individual, de acordo com sua localização e finalidade. No início de sua carreira, trabalhou com Louis Sullivan, um dos pioneiros em arranha-céus da Escola de Chicago. Responsável por mais de mil projetos, dos quais mais de quinhentos construídos,Wright influenciou os rumos da arquitetura moderna com suas ideias e obras e é considerado um dos arquitetos mais importantes do século XX.

Antes de se tornar um dos maiores arquitetos de todos os tempos, ele estudou engenharia e, faltando poucas semanas para sua graduação, abandonou o curso e foi trabalhar em Chicago como desenhista no escritório de Silsbee, um arquiteto de renome. Tornou-se a figura chave da arquitetura orgânica, exemplificada pela Casa da Cascata, um desdobramento da arquitetura moderna que se contrapunha ao International style europeu. Foi o líder da Prairie School, movimento da arquitetura ao qual pertencem os projetos da Robie House e a Westcott House, e também desenvolveu o conceito de Usonian home, do qual a Rosenbaum House é um exemplo. Sua obra inclui exemplos originais e inovadoras de edifícios dos mais diferentes tipos, incluindo escritórios, templos, escolas, hotéis e museus. Frequentemente detalhava também os elementos a serem empregados no interior de suas construções, tais como mobília e vitrais.

O maior acervo de Frank Lloyd Wright do mundo está na Flórida

Os recém completos 150 anos de seu nascimento são comemorados na cidade de Lakeland, Flórida Central, comemora a marca deixada pelo arquiteto em uma incrível coleção modernistas para turistas e moradores da região

Chamada Cidade dos Cisnes, Lakeland é a maior do Condado de Polk, cercada por centenas de lagos naturais que fazem da paisagem bucólica um interessante roteiro alternativo para famílias na Flórida. E é na simpática cidade que está escondido um tesouro pouco conhecido dos turistas e amantes da arquitetura, mais especificamente na universidade da cidade, a Florida Southern College.

Além da casa onde viveu Frank Lloyd Wright, ainda decorada e aberta à visita do público, a Universidade reúne seu maior acervo do mundo. Ao total se somam 13 edifícios de sua autoria, um verdadeiro museu a céu aberto que é considerado Patrimônio Histórico Nacional dos Estados Unidos.

Entre os edifícios do campus está localizada a Fonte em Domo, construção central na concepção de Wright para representar a conceitual ‘fonte do conhecimento’. Construída inicialmente em 1948, à época não havia tecnologia adequada para seu funcionamento, de forma que até a reforma de 2007 era apenas uma piscina aberta. Uma estrutura adequada permitiu a adaptação do original para a estética e funcionamento de domo pensado por Wright.

As duas capelas do campus possuem um design arrojado para a época, especialmente para um espaço religioso. Primeiro prédio terminado no campus, ainda em 1941, a capela Annie Pfeiffer é considerada paradigma do trabalho do arquiteto. Situada em um declive suave, tem uma estrutura fechada pelo lado de for, embora os blocos de concreto sejam perfurados e preenchidos com vidro colorido, admitindo a entrada de luz colorida e seus efeitos no interior da construção.

Já a pequena Willian H. Danforth Chapel reúne o único trabalho de vitral do arquiteto no campus e o último de sua carreira, além de manter o mobiliário original desenhado por Wright para a capela. É um passeio que os interessados na Arquitetura que estão visitando a Florida devem fazer, especialmente do estilo modernista, se tornando uma parada obrigatória para quem passa por Lakeland.

As alamedas que interligam os prédios do campus são passarelas que usam a concepção modernista de interconexão e geometria, formando um desenho de linhas retas entre cruzadas e padrões desenhados nas pilastras. Os buracos foram pensados para dar visão ao belo céu da Flórida.

Foi comemorado no último mês os 150 anos de nascimento do arquiteto e design norte americano, de estilo marcadamente modernista, com traços retos e o clássico concreto aparente. Ainda hoje sua visão arquitetônica é incomparável e considerada futurista, tendo sido reconhecido em 1991 pelo American Institute of Architects como o maior arquiteto americano de todos os tempos.

Paulo Varella1219 Posts

Estudou cinema na NTFS( UK), Administração de Empresas na FGV e Química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil desde então. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo e pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil: Um local para unir pessoas com um mesmo interesse, a arte contemporânea. Faz o contato e organiza encontros com os curadores, artistas e colecionadores que representam o conteúdo do qual falamos no Arte Ref

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password