Curiosidades

O enema na história da arte erótica

Por Equipe Editorial - fevereiro 7, 2017
5906 0
Pinterest LinkedIn

A arte erótica sempre faz parte do dia a dia de todos. Nesta matéria reunimos um conjunto de desenhos específicos de enemas, uma prática mais do que comum entre as pessoas no passado e que aqui foram transformadas em arte.

Essas imagens históricas e aparentemente eróticas que retratam o uso do enema na medicina e no sexo. O que começa como uma série de gravuras, muitas vezes satiricamente mostrando mulheres e homens que procuram alívio tão necessária para o seu “solo noturno”, evolui para imagens mais recentes onde o enema é usado principalmente para gratificação sexual. É evidente que a humanidade tem uma engenhosidade desenfreada para encontrar gratificação em quase tudo – legumes, móveis, utensílios domésticos e até mesmo tratamentos medicinais.

Um indivíduo que sente prazer em receber enemas é chamado um clismafilíaco. O termo clismafilia foi dado recentemente pela Dr. Joanne Denko em 1973 – o que tende a fazer parecer como se clismafilíaco é apenas uma prática moderna. Mas, como pode ser visto por essas ilustrações do século XVIII e mais recentemente, as décadas de 1920 e 1930 – clismafilia tem uma história muito mais longa.

A Frenchman receiving an enema from a Hungarian apothecary by order of a Dutch doctor (1742)
A Frenchman receiving an enema from a Hungarian apothecary by order of a Dutch doctor (1742)
‘A peeping-tom spying on a fashionable lady receiving an enema’—Pierre-Antoine Baudouin
‘A peeping-tom spying on a fashionable lady receiving an enema’—Pierre-Antoine Baudouin
‘Miss’—Louis Malteste
‘Miss’—Louis Malteste
Eugene Reunier
Eugene Reunier
‘Humiliations Cheries’—Dumoulin
‘Humiliations Cheries’—Dumoulin
N. Carman
Julie Delcourt
Julie Delcourt

Via Dangerous Minds

O que nos leva – de maneira rotunda – a essas imagens históricas e aparentemente eróticas que retratam o uso do enema, no Brasil popularmente conhecido como chuca, na medicina e no sexo. O que começa como uma série de gravuras, muitas vezes satiricamente mostrando mulheres e homens que procuram alívio tão necessária para o seu “solo noturno”, evolui para imagens mais recentes onde o enema é usado principalmente para gratificação sexual. É evidente que a humanidade tem uma engenhosidade desenfreada para encontrar gratificação em quase tudo – legumes, móveis, utensílios domésticos e até mesmo tratamentos medicinais.

Um indivíduo que sente prazer em receber enemas é chamado um clismafilíaco. O termo clismafilia foi dado recentemente pela Dr. Joanne Denko em 1973 – o que tende a fazer parecer como se clismafilíaco é apenas uma prática moderna. Mas, como pode ser visto por essas ilustrações do século XVIII e mais recentemente, as décadas de 1920 e 1930 – clismafilia tem uma história muito mais longa.

A Frenchman receiving an enema from a Hungarian apothecary by order of a Dutch doctor (1742)
A Frenchman receiving an enema from a Hungarian apothecary by order of a Dutch doctor (1742)
‘A peeping-tom spying on a fashionable lady receiving an enema’—Pierre-Antoine Baudouin
‘A peeping-tom spying on a fashionable lady receiving an enema’—Pierre-Antoine Baudouin
‘Miss’—Louis Malteste
‘Miss’—Louis Malteste
Eugene Reunier
Eugene Reunier
‘Humiliations Cheries’—Dumoulin
‘Humiliations Cheries’—Dumoulin
Margit Gaál
Margit Gaál
N. Carman
N. Carman
Julie Delcourt
Julie Delcourt

Via Dangerous Minds

Veja também:

Deus, sexo ou evolução – por que os seres humanos começaram a fazer arte?

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários