Artes Plásticas

“Quadros e Esculturas”, por Estela Sokol

Por Equipe Editorial - novembro 1, 2012
2939 0
Pinterest LinkedIn

Quem é o artista? Estela Sokol
O que vai ter na exposição? Quadros, esculturas
É um bom programa? Sim
A galeria é conceituada? Sim
Até quando? 8 de dezembro

No dia 10 de novembro, às 14h, a Zipper Galeria promove a abertura da exposição “Quadros e Esculturas”, primeira mostra individual da artista Estela Sokol na galeria. O catálogo da exposição, que contém texto do crítico Rodrigo Naves, um dos pioneiros no debate sobre artes plásticas no país, será lançado no mês de novembro. No andar superior, o projeto mensal Zip’Up, traz a exposição “Requadros” com obras da artista Mariana Tassinari, com curadoria de Mario Gioia. Ambas as exposições ficam em cartaz até o dia 08 de dezembro.
Na grande sala da galeria, com pé direito de mais de seis metros, serão apresentadas quatro grandes esculturas em mármore e cerca de 20 pinturas. A série de esculturas potencializa a abordagem da cor na perspectiva de Sokol, que utiliza materiais industriais, buscando revelar tons, que, mesmo advindos das cores do mundo, despontam como novidades e certa estranheza, a partir da manipulação da artista.

Já as pinturas, intituladas Quadros, são incomuns por não utilizar nenhum tipo de tinta. A artista esticou e sobrepôs lâminas de PVC coloridos, opacos e translúcidos, entre outros matérias sintéticos, sobre chassis de madeira, criando diversas matizes que mudam conforme a incidência da luz.

“Estela cria passagens tonais sutilíssimas, próximas de soluções de grandes pintores modernos, como Morandi ou Volpi. Em outros trabalhos, a sobreposição das películas produz um resultado ambíguo, superfícies furta-cores que praticamente impedem que identifiquemos o que vai pelo plano dos quadros. E há ainda os quadros em que as diferenciações de cor se mostram mais acentuadamente – lembrando as telas de Eduardo Sued da década de 1980 –, o que dá às cores uma alegria difícil de encontrar nas mercadorias de uma loja qualquer”, explica o crítico de arte Rodrigo Naves.

Estela Sokol

Nasceu em 1979, em São Paulo, onde vive e trabalha. Ao longo dos últimos 10 anos desenvolveu uma consistente produção, que tem despertado o interesse e o reconhecimento das mais importantes instituições de arte. A artista protagonizou diversas exposições individuais: “Se o deserto fosse laranja a coisa seria cor de rosa”, Museu da Taipa, Macau, 2012; “Secret Forest”, Gallery 32, Londres, 2011; “Licht Konkret”, Galerie Wuensch, Linz, 2011 (esta como vencedora do prêmio Mostras de Artistas no Exterior da Fundação Bienal de São Paulo junto ao Governo Federal); “Clarabóia”, Paço Das Artes, São Paulo, 2010; “Sol de Inverno”, Palácio das Artes, Fundação Clóvis Salgado, Belo Horizonte, 2008; “Meio Dia e Meia”, Centro Universitário Maria Antonia, São Paulo, 2006, entre outras.

Também participou de relevantes mostras coletivas no Brasil e no exterior das quias destacam-se: III Bienal del Fin del Mundo, Ushuaia, 2011; Mapas Invisíveis, Caixa Cultural São Paulo, 2011; Light Art Bienalle, Linz, Áustria, 2010; Graphias, Memorial da América Latina, São Paulo, 2009; Nova Arte Nova, Centro Cultural Banco do Brasil, São Paulo, 2009 e Rio de Janeiro, 2008. Foi laureada com diversos prêmios: I Premio Itamaray de Arte Contemporânea, 2011; Temporada de Projetos, Paço das Artes, SP, 2010; Edital Revelação MACC, SP, 2004; Prêmio Projéteis FUNARTE de Arte Contemporânea, RJ, 2005; 34°Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, SP, 2006. http://www.estelasokol.com/

“Zip’Up” com Mariana Tassinari
No andar superior da Zipper Galeria, o projeto “Zip’Up”, com curadoria de Mario Gioia, apresenta a exposição individual de Mariana Tassinari. A artista apresenta a exposição “Requadros” que mostra imagens do escritório da fábrica de seu avô, projetado pelo arquiteto Eduardo de Almeida.

“Há muito tempo não visitava este lugar e no início do ano estive lá para filmar o documentário sobre o próprio Eduardo de Almeida. Era um sábado e as salas estavam vazias, mas ao mesmo tempo cheias de memórias: nos móveis desgastados, no concreto das paredes e nos pôsteres com fotos antigas da região. Quando comecei a pensar nos trabalhos para a exposição minha vontade era aproveitar o espaço contido da sala para criar um ambiente com imagens que tivessem uma forte relação entre si”, detalhe Mariana.

Mariana Tassinari
A artista é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP, além de ser sócia da GAROA, marca de vestuário contemporâneo. Entre as exposições mais importantes, destacam-se a 37ª Anual de Arte FAAP, São Paulo, 2005; Arte em Dobro, coletiva de fotografia na Galeria Arte em Dobro, Rio de Janeiro, 2007; Sesc Vitrine, Sesc Santana, São Paulo, 2010; Photoimpressões, coletiva de fotografia na coleção particular de Oswaldo Correa da Costa, São Paulo, 2010; Mediações, Galeria Motor, São Paulo, 2010; Mariana Tassinari, Galeria Mendes Wood, São Paulo, 2010; Proposição, Galeria Luciana Caravello, Rio de Janeiro, 2011; Urbano Avesso, Galeria Luciana Caravello, Rio de Janeiro, 2011; Design SP, Galeria Mendes Wood, OCA, São Paulo, 2011; Território de Caça, Zipper Galeria, São Paulo, 2011; Mostra Amarello Ano II, Amarello, São Paulo, 2011; Recorte e Cole, Cartel 011, São Paulo, 2011. www.marianatassinari.com

Sobre a Zipper Galeria
Eleita a melhor galeria de arte de São Paulo na votação do Guia da Folha em 2011, a Zipper Galeria, idealizada por Fabio Cimino, um dos mais importantes galeristas brasileiros. Em 1983 começou sua carreira no mercado de arte com Raquel Arnaud, com quem trabalhou por dez anos. Entre 1993 e 1996, trabalhou como consultor de arte e marchand, auxiliando na criação e no desenvolvimento de diversas coleções públicas e privadas. Em 1997, fundou a Galeria Brito Cimino. Desde então tem desempenhado papel fundamental no lançamento e na consolidação de grandes nomes da arte contemporânea brasileira. No ano de 2010 inaugurou a Zipper Galeria, focada na prospecção, divulgação, promoção e colocação no mercado da obra de talentos emergentes brasileiros para que uma nova geração de artistas seja consolidada.

Com projeto arquitetônico assinado por Marcelo Rosenbaum, o prédio da Zipper Galeria está localizado no bairro dos Jardins, em São Paulo. O espaço foi especialmente planejado para abrigar exposições, acervo e áreas de convivência. A Zipper Galeria concentra um grupo de artistas promissores dentro do segmento de arte no Brasil: Alessandra Duarte, Ana Holck, Bruno Kurru, Bruno Vieira, Carolina Ponte, Deborah Engel, Estela Sokol, Felipe Morozini, Fernando Velázquez, Gustavo Nóbrega, Highraff, James Kudo, Jardineiro, João Castilho, Katia Maciel, Nati Canto, Pedro Varela, RAG, Renata Egreja, Rodrigo Cunha, Rodrigo Zeferino, Suzana Scheinkman, Valentino Fialdini e Wagner Pinto. Mais: www.zippergaleria.com.br.

“Quadros e Esculturas”, por Estela Sokol, e “Zip’Up” apresenta “Esquadros”, de Mariana Tassinari @ Zipper Galeria

Abertura: sábado, 10 de novembro, das 14h às 18h
Período expositivo: 12 de novembro a 08 de dezembro
Rua Estados Unidos, 1494, São Paulo
Telefone: (11) 4306-4306
zippergaleria.com.br
Segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 19h. Sábado, das 11h às 17h
Grátis/ Livre

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários