Artista da Semana

Ricardo Villa é o ganhador do Prêmio Arte|Ref de junho!

Por Paulo Varella - julho 2, 2013
3407 0
Pinterest LinkedIn

O artista Ricardo Villa (1982) é o ganhador do Prêmio Arte|Ref de Junho. Nascido em São Paulo, estudante da rede pública de ensino, seus primeiros contatos com a arte foram através da pixação no ano de 1998. Em 2004 recebeu bolsa PROUNI e passou a estudar fotografia no Centro Universitário Senac, onde se formo com ênfase em Arte e Cultura fotográfica com orientação de Wladimir Fontes.

Fale um pouco sobre o seu trabalho (técnicas usadas, material):

Gosto de pensar meu trabalho como prolongamento de pesquisa dos artistas que influenciam meu pensamento. Não trabalho a partir de alguma técnica específica, cada projeto sugere uma abordagem distinta. De maneira geral, procuro articular questões ligadas a ocupação do espaço, suas implicações político/ideológicas, relações entre a “cultura” e a “natureza” e mais recentemente por economia.

Quais as maiores influências para a criação de suas obras? (movimentos, artistas, música, viagens, assuntos, temas, poética)

Gosto muito do trabalho da Ana Amorim, Paulo Climachauska, Rubens Mano, Hans Haacke, Shimabuku, Adams & Itso, Josh Keyes, Matta – Clark, Escif, cultura cabocla amazônica, Tim Maia, Vilém Flusser, Curtis Mayfield, Ederaldo Gentil, Xangô da Mangueira, JB de Carvalho, Nadinho da Ilha, Milton Santos, Jacques Ranciere, Fela Kuti, Miwon Kwon,  movimentos sociais e etc..

Quando e como começou o seu interesse pela arte?

Passei a ter algum interesse em arte a partir da adolescência, através do graffiti e da pixação, onde passei a ter uma vivência da cidade mais intensa. Essa experiência inicial foi determinante para as questões que viria a desenvolver mais tarde.

Quais artistas, na sua opinião, estão se destacando no cenário nacional e/ou internacional atualmente?

Tenho grande interesse no trabalho do Marcelo Moscheta, Marlon de Azambuja, Cl Salvaro, João Loureiro, Efrain Almeida, André Komatsu, Tonico Lemos Auad, Carlos Garaioca, Janet Cardiff e George Bures Miller, Antoni Muntadas, Marcius Galan, Paulo Nazareth, Traplev…..

Como você definiria a arte contemporânea?

Como um esforço para o desenvolvimento de “consciência contextual”

rvilla_espaco revelado

rvilla_firmaponto

rvilla_goldcar

rvilla_ingodwetrust

rvilla_stitulo

rvilla_distopia slide

rvilla_distopia_LOW

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Estudou cinema na NFTS (UK), administração na FGV e química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo, pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado internacional.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários