Exposições e Eventos

Exposição de Goya traz obras inéditas em Portugal

Por Equipe Editorial - abril 27, 2023
259 0
Pinterest LinkedIn

“Goya Testemunho do seu Tempo” é o título da exposição inaugurada no Centro Cultural de Cascais. A exposição apresenta dez pinturas do renomado artista Francisco de Goya (1746-1828), as quais nunca foram exibidas em Portugal, além de quatro conjuntos de gravuras criados pelo mestre espanhol. A exposição é uma iniciativa da Fundação D. Luís I e da Câmara Municipal de Cascais e faz parte da programação do Bairro dos Museus. A mostra ficará disponível para visitação até o dia 9 de Julho.

Através das obras selecionadas para esta exposição, as curadoras Maria Toral e Marisa Oropesa propõem um percurso pelos temas mais importantes da obra gráfica e pictórica de Francisco de Goya, para evidenciar como foi capaz de instaurar um novo conceito de arte: o artista como testemunha do seu tempo que, imbuído de um profundo sentido de liberdade, é capaz de expressar o seu liberalismo político, as suas opiniões sobre temas como a religião e as instituições, o seu fascínio pelas mulheres e a força emocional da família, do amor e da luxúria, o seu desagrado pela opressão intelectual e a sua aversão aos horrores da guerra, refletindo, enfim, o período de convulsões políticas e transformações sociais em que vive.

Goya
Curadora Marisa Oropesa assume-se uma apaixonada pela obra de Goya. © PAULO SPRANGER/ Global Imagens

A seleção propõe um percurso pelos temas mais importantes da sua obra gráfica e pictórica, para evidenciar a forma como “abriu portas a um novo conceito de arte”. Marisa afirmou que a seleção de obras escolhidas para a exposição permite uma imersão na sabedoria da alma humana evidenciada pelo artista. Ela reconhece que Goya foi um pintor singular e um gravador equiparável apenas a Dürer, Rembrandt e Picasso, mas é na sua compreensão da natureza humana que ele verdadeiramente se destaca. Um exemplo disso é a série de 80 gravuras intitulada “Os Caprichos”, de 1799, onde Goya satiriza os excessos da sociedade do seu tempo sem filtros ou eufemismos. Essas gravuras abordam temas como a duplicidade da moral dominante, a superstição, a bruxaria e a Inquisição, incluindo a famosa obra “O Sono da Razão Produz Monstros”. Embora tenham circulado por apenas duas semanas antes de serem retirados devido ao medo de represálias da Inquisição, “Os Caprichos” são considerados uma das obras mais influentes de Goya no futuro.

Goya
O Sono da Razão Produz Monstros.

As curadoras escolheram também para a exibição a série Jogos Infantis, que o espanhol pintou quando tinha apenas 30 anos e onde partilha cenas do quotidiano. Essas obras pertencem à colecção da Fundación de Santamarca y de San Ramón y San Antonio, sediada em Madrid, Espanha. Poderá ainda ver o estudo de preparação para o famoso “O Dois de Maio de 1808”.

A segunda série de obras em exposição é intitulada “Os Desastres da Guerra” e retrata as atrocidades e consequências que Goya presenciou durante os conflitos. Já aos 70 anos de idade, o artista produziu a terceira série, chamada de “A Tauromaquia”, que trata da história e tradição das touradas na Espanha. Por fim, a exposição apresenta 13 gravuras de “Os Disparates” ou “Provérbios” (1815-1824), a última série produzida por Goya. Essas gravuras são consideradas as mais enigmáticas de suas composições.

A exposição “GOYA, TESTEMUNHO DO SEU TEMPO” destaca a grande influência que Francisco de Goya exerceu sobre artistas que vieram depois dele, incluindo Pablo Picasso, Edouard Manet, Joan Miró e Salvador Dalí. Goya é reconhecido como um dos grandes mestres da história da arte ocidental e frequentemente é considerado o primeiro artista verdadeiramente moderno. Isso se deve tanto à sua inventividade e habilidade técnica, quanto ao seu posicionamento político e firme oposição à guerra e à ignorância. Goya é uma figura fundamental na história da arte, e sua obra continua a ser reverenciada e estudada até os dias de hoje.

Sobre Goya

Francisco Goya foi um pintor espanhol do século XVIII e XIX, considerado um dos mais importantes artistas da história da arte ocidental. Nasceu em 1746 em Fuendetodos, na Espanha, e ficou conhecido pelas suas obras realistas e expressivas, que retrataram a vida quotidiana da sociedade, a guerra e a política na Espanha da época. O artista acabou por falecer em 1828, deixando um legado duradouro como um dos maiores artistas da história da arte ocidental.

Leia também: Goya, um artista transformado pela guerra

Serviço

“Goya Testemunho do seu Tempo”
Local: Centro Cultural de Cascais. Av. Rei Humberto II de Itália, 2750-642 Cascais – Portugal
Data: de 22 de abril a 9 de Julho.

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários