Exposições e Eventos

O artista português Vhils inaugura mural na sede da UNESCO em Paris

Por mariapaula - julho 16, 2023
271 0
Pinterest LinkedIn

Vhils, o aclamado artista português Alexandre Farto, inaugura sua mais recente criação: um mural de 31 metros de extensão na sede da UNESCO em Paris. A exposição intitulada SUBSTRATUM – Scratching the Surface foi organizada pela própria UNESCO e tem como propósito render homenagem a Ellen Wilkinson (1891-1947), uma política britânica e ativista feminista que se envolveu inicialmente com o Partido Comunista do Reino Unido (1920-1991) antes de se unir ao Partido Trabalhista até seu falecimento. Wilkinson atuou como Ministra da Educação entre 1945 e 1947 e presidiu à conferência inaugural da UNESCO em Londres.

O mural, que vem sendo minuciosamente esculpido com cinzéis e uma broca de martelo em miniatura desde o começo de maio, retrata não somente a diversidade do patrimônio mundial protegido pela UNESCO, mas também se une à vasta coleção de mais de mil obras de arte instaladas na sede dessa organização das Nações Unidas, onde se encontram nomes como Pablo Picasso, Alexander Calder, Sonia Delaunay, Dani Karavan, Isamu Noguchi e Roberto Matta. Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, elogiou a magnífica criação de Vhils, destacando que ela reflete a missão da organização de celebrar artistas contemporâneos e fornecer uma plataforma para que sua criatividade seja plenamente expressa. Azoulay estará presente na cerimônia de inauguração de SUBSTRATUM – Scratching the Surface, acompanhada pelo primeiro-ministro português, António Costa. 

Vhils
© UNESCO/Christelle ALIX

Sobre o artista Vhils

Nascido em Lisboa em 1987, Vhils é um dos artistas portugueses mais renomados internacionalmente nos últimos anos. Transitando entre o graffiti e a pintura, e entre o ambiente urbano e o museu, ele aborda temáticas como o impacto da urbanização e do desenvolvimento em massa nas paisagens e identidades, além de questões políticas. Iniciou sua jornada artística nos espaços públicos no início dos anos 2000 e, desde 2005, suas obras vêm sendo expostas em diversas metrópoles ao redor do mundo, de Londres a Nova Iorque, de Bogotá a Los Angeles.

Leia também: Shepard Fairey na Galeria Underdogs em Lisboa

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários