Galerias e Eventos

ArtRio volta à Marina da Glória em formato 100% presencial

De quinta-feira (15) a domingo (18), visitantes podem contemplar mais de 60 galerias e 15 instituições artísticas no RJ

Por Equipe Editorial - setembro 15, 2022
29 0
Pinterest LinkedIn

A ArtRio volta a receber o público de forma 100% presencial na Marina da Glória, Zona Sul do Rio de Janeiro. São mais de 60 galerias e 15 instituições artísticas na 12ª edição do evento, que acontece de 15 a 18 de setembro.

As galerias podem ser visitadas das 13h às 21h até sábado (17). No domingo, o horário vai ser adiantado por uma hora: das 12h às 20h. Na quarta-feira (14), a feira foi aberta apenas para convidados, para o evento-teste.

Em 2021, a feira adotou formato híbrido devido à pandemia do coronavírus. Para que possa ser acessível para mais pessoas, neste ano, o evento também vai disponibilizar as obras no site e haverá transmissões ao vivo de parte do evento.

Segundo a presidente da ArtRio, Brenda Valansi, esta edição pode ser definida como uma celebração. “Será uma edição marcada pela superação, resiliência, diversidade, criatividade e liberdade”, define. “Com a volta das viagens, teremos também a presença de muitos colecionadores brasileiros e também um grupo com mais de 40 colecionadores de outros países”.

O local vai ser dividido em dois: “Terra”, que representa o pavilhão central da Marina da Glória, e “Mar”, que é a parte externa, que cresceu ainda mais, com uma construção temporária de 3 mil metros quadrados. O novo espaço foi inspirado nas linhas do entorno da Marina, das montanhas e do vento, com direito a bares e restaurantes.

Até mesmo Beyoncé vai ser referenciada na exposição, em uma obra de exaltação da população negra e combate ao racismo.

O artista Pedro Carneiro produziu o quadro “Estamos entre rainhas e reis”, da série “Rosa”, com alusão à cantora norte-americana e o marido dela, Jay-Z, em clipe que foi gravado no Museu do Louvre, em Paris, mas com máscaras de Wakanda, de “Pantera Negra”, no rosto deles. No lugar do rosto de Monalisa, o autor representou Abdias do Nascimento.

“O desenho não obedece à formalidade de uma pintura figurativa, e é uma mistura de muitas referências, do Renascimento às HQs. As pinceladas são livres”, explica o artista. “Quero que um garoto de Oswaldo Cruz olhe e entenda as referências: ‘Essa pessoa me lembra o fulano da rua’”.

Já o programa “Solo” deste ano tem a curadoria do colecionador Ademar Britto. Ele reuniu obras de nove artistas de diferentes regiões do Brasil. Eles trazem debates sobre desigualdade social, periferias brasileiras e realidades distintas de grupos marginalizados.

art rio
Ademar Britto, o curador do programa “Solo” — Foto: Divulgação

O programa “Mira”, que teve curadoria de Victor Gorgulho e Henrique Rondinelli, se debruça na videoarte como plataforma. Enquanto isso, o programa “Expansão” se dedica a instituições e espaços que têm a arte como inclusão social e que atuam na valorização e na divulgação da arte e dos artistas. Por fim, o programa “Vista” se dedica a galerias com até 10 anos de existência.

O evento também conta com a divulgação dos vencedores do Prêmio Foco, destinado a artistas visuais brasileiros com até 15 anos de carreira.

As galerias foram selecionadas pelo Comitê Curatorial (Alexandre Roesler, Antonia Bergamin, Filipe Masini, Eduardo Masini, Gustavo Rebello e Juliana Cintra). O evento é apresentado pelo Instituto Cultural Vale e realizado pela BEX Produções, com correalização da Dream Factory.

Além do patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e da Secretaria Especial da Cultura, o evento tem apoio das empresas: Beck’s, Movida, Aliansce Sonae, Rio Galeão, Estácio, Osklen, Sauer, Paco Rabanne, Bombay, Woods Wine, Woods Coffee, Ala Master, Windsor Hotéis, Shopping Leblon.

Programação ArtRio 2022

Quinta-feira (15)

16h: Arte e educação como ferramenta de transformações sociais
Conversa entre Andrea Hygino, Thelma Vilas Boas e Marina Sousa, mediada pela coidealizadora da Potência Ativa, Paula Borghi, sobre “as possibilidades e os desafios de educar além dos padrões e ferramentas tradicionais de educação”.

18h: Articulações artísticas para potencializar a vida
Debate entre Roched Sebá, do Instituto Vida Livre, Paula Borghi e Gabriela Davies, da Potência Ativa, e a artista Laura Lima, sobre como a arte pode ser ferramentar para as “urgências do mundo”.

Sexta-feira (16)

14h: Arte + Moda: algumas provocações
Conversa entre a jornalista e curadora Erika Palomino e a estilista e educadora Vicenta Perrotta sobre as relações entre os sistemas das artes e das modas e os códigos que as roupas transmitem.

16h: MAR na ArtRio
Conversa entre Sandra Sérgio e Marcelo Campos, diretora e curador chefe do Museu de Arte do Rio, e o artista Emmanuel Nassar.

18h: Curador Ademar Britto conversa com os artistas do programa SOLO

Conversa com os artistas Gabriel Giucci, JOTA, Elian Almeida e Maxwell Alexandre. Segundo o evento, são nomes que têm se destacado em diferentes fases de suas carreiras e com práticas diversas, com “recorte autêntico e, principalmente, preocupado com a formação de público e fruição cultural”.

Sábado (17)

14h: O valor da obra de arte
Conversa entre Ana Leticia Fialho e Angélica Moraes, com mediação do editor Ronaldo Graça-Couto.

16h: Conversa sobre arte
Conversa com a curadora do Museu de Arte Moderna, Keyna Eleison, e o artista Elian Almeida.

18h: Artista negro, galerista branca
Conversa entre o curador Igor Simões e a curadora do New Museum Vivian Croquett, com mediação de Nei Vargas, diretor da Aura Galeria, sobre os processos decoloniais no mercado de arte.

Domingo (18)

14h: Exu nos museus e na Avenida
Debate entre curadores Leonardo Antan e Marcelo Campos e os artistas Leonardo Bora e Gabriel Haddad, carnavalescos dos Acadêmicos da Grande Rio, com base no desfile campeão do carnaval carioca da Grande Rio “Fala, Majeté! Sete Chaves de Exu”.

16h: Lançamento filme “Relevos da Alma” e conversa com Paulo Sergio Duarte
O curta-metragem é descrito como “uma viagem poética sensorial pelos relevos e formas geométricas de Arthur Piza, gravurista brasileiro radicado em Paris”, com as diretoras e roteiristas Adriana Miranda e Nina Luz, produzido pela Lumen Produções.

17h30: Vamos juntas? Como a arte pode unir mulheres
Conversa entre Anna Costa e Silva e Nanda Feliz, mediada por Maíra Marques, da Potência Ativa, sobre “o aprisionamento de mulheres em rótulos, limitações e diagnósticos” e o uso da arte para mudanças.

Serviço

ArtRio 2022
Dias: 15 a 18 de setembro (quinta-feira a domingo)
Horários: 13h às 21h (de quinta a sábado) 12h às 20h (domingo)
Venda de ingressos: https://www.artrio.com/
Valor: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia)
Local: Marina da Glória, Avenida Infante Dom Henrique, Glória, Zona Sul do Rio de Janeiro
Estacionamento no local, sujeito a lotação
Metrô mais próximo: Estação Glória


Com informações do G1


Leia também:
SP-Arte comemora sucesso de “Rotas Brasileiras”

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários