À venda

Sem Título #8

Sem Título #8 - Marks

MarksSeguir

Categoria ,
Ano da Obra 2011
Tamanho 29,7 x 42
Valor Estimado R$ 300

Sem Título #8

Sem Título #8 é uma obra de Marks. O trabalho do artista foi feito a partir de outras pinturas e registros fotográficos que o mesmo produziu.

Suas principais inspirações foram um artista de rua deficiente visual que tocava em frente ao terminal de Mauá – SP, e da obra Velho Guitarrista de Pablo Picasso.

Marks

Ronaldo Almeida - Marks

Marks, também conhecido como Ronaldo de Almeida, formou-se em 2011 no curso de artes visuais, pela Universidade Cruzeiro do Sul.

Atuou como arte educador, ministrando aulas em escolas públicas, cursos de desenho e pintura decorativa, oficinas de graffiti em Ongs e diversas instituições.

Participou de exposições em locais públicos e privados, e por fim, atuou em projetos de arte com apoio da prefeitura.


Instagram: @marks95arte

Site: marks95arte.com.br


Principais exposições e eventos

2019 | II Mostra de Arte Urbana da Pinacoteca de Mauá – Mauá, SP;

2019 | Mural do projeto Amor Graff Dor – FIEC Eixo Barão, Mauá, SP;

2019 | 2° Mural do projeto No Ceu Parque das Américas – Mauá, SP;

2019 | 3° Mural do projeto Amor Graff Dor – Parque da Juventude, Mauá, SP;

2017 | Projeto Graffiti na Casa – Instituto Dom Décio Pereira, São Bernardo do Campo, SP;

2016 | Exposição “Que mal há morar em Mauá” – Centro Cultural Casa Criativa, Mauá, SP;

2016 | 1° Mostra Coletiva de artes plásticas do Museu Barão de Mauá;

2016 | Projeto Graffiti na Casa – Instituto Dom Décio Pereira, São Bernardo do Campo, SP;

2013 | Mapa Cultural Paulista – Pinacoteca de Mauá, SP;

2010 | Cotidiano Abstrato – Museu de Santo André, SP;

2010 | Salão UNICSUL de Artes – São Paulo, SP;

2010 | Evento “se essa rua fosse minha eu mandava grafitar” ;

2010 | Exposição de inverno da CIA Arte e Cultura;

2009 | 1° Fórum de ARTES em Barueri – Barueri, SP;

2009 | Mapa Cultural Paulista – Pinacoteca de Mauá, SP ;

Sem Título #8

Sem Título #8 - Marks

Sem Título #8 é uma obra de Marks. O trabalho do artista foi feito a partir de outras pinturas e registros fotográficos que o mesmo produziu.

Suas principais inspirações foram um artista de rua deficiente visual que tocava em frente ao terminal de Mauá – SP, e da obra Velho Guitarrista de Pablo Picasso.