Eu e minha irmã

0
515
Obra: Edgar Noe Mendoza

Eu e minha irmã

Talvez todos nós tenhamos irmãos gêmeos que não percebemos, acho
que tenho uma, que sempre andou à minha sombra e as poucas vezes que
eu a vi sob a luz do sol, coincidiu com os meus momentos felizes.

A minha irmã se chama “Beleza”, apesar de ela também levar outros
nomes.

Ela tem me sussurrado faz anos que ela não se encontra jamais na
minha superfície, ela é feita de uma matéria estranha que apesar de
sempre ter se mantido ao meu lado, passou décadas dando saltos
quânticos desse tal lado, direto para as minhas entranhas…

Não sei se é apenas a minha vida, que tem como missão entender ela,
ou na verdade essa é a verdadeira função, ou o maior instrumento à
disposição para a vida de todos:

A contemplar sem a submeter à intempéries do tempo, à materiais
corrosivos… um desvencilhar da ilusão de que ela pertence à
alguém, entender a Beleza é entender o papel de todos os homens.

Eu entendi, é quase uma alquimia que tranforma o ouro material em um
ouro humano, a Beleza precisa ser uma pintura indelével. Eu acredito
que o poder que foi atribuído à uma divindade, na verdade habita a
tal Beleza e eu guardo hoje a crença de que quando a capturamos, nos
tornamos positivamente onipotentes, humildemente onipresentes, tão
oniscientes que enxergamos que o saber é infinito.

Tem gente que pode achar que eu estou falando de uma mulher, ou de um
Deus, mas eu falo é de uma centelha sagrada que habita adormecida no
interior de cada um de nós.

Reze pros seus santos… eu me curvo perante uma mulher, ela é linda,
é a oração silenciosa mais imbuída de poder do que qualquer
oração expressa por verbos, a minha irmã é a Beleza e tem tantas,
tantas faces… todas escondidas numa máscara cujo codinome é
Arte.

ERIKA PESSANHA

Artigo anteriorA arte dentro dos projetos de Amanda Pinheiro
Próximo artigoO Cão Andaluz, de Luis Buñuel
Avatar
Uma das 5 participantes do Atelier Noite Estrelada, iniciado na cidade de Maricá- RJ e adota o estilo Co-working, integrando artistas, os direcionando para aulas, palestras e produção tanto para área artística quanto publicitária. Auto-didata, a vida e as paixões levaram à estudos solitários de artes, design, cultura, cinema, escrita, filosofia e arte terapia. Ministra uma oficina de escrita criativa em sua cidade com foco na produção autoral digital (ebooks e áudio livros). Escreve, produz e distribui contos e poesias de sua autoria e de outros autores.

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here