O pior e o melhor de Monica Siedler em um único espetáculo

0
2106
Atriz e bailarina traz reflexão sobre a potência do seu melhor e pior em solo de dança contemporânea

“O pior de mim” será apresentado pela primeira vez no dia 20 de abril, às 20h, no MIS, em Florianópolis
Desenho a lapis
“O pior de mim pode ser o meu melhor” – declara a performer Monica Siedler sobre seu novo projeto “O pior de mim”, com estreia marcada para 20 de abril, às 20h, no Museu da Imagem e do Som (MIS), em Florianópolis (SC). A atriz, formada pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), propõe neste trabalho um olhar para a construção de uma dramaturgia corporal a partir de um estado de interdependência, onde uma característica do ser pode servir como arma de sobrevivência social em um determinado espaço. “Uma face não elimina a outra, elas fazem parte de uma mesma moeda”, pontua.

Sobre Monica Siedler:
Desenho a lapis
Atriz, performer, com graduação e mestrado em teatro pela UDESC. Faz parte da curadoria e organização do Vértice Brasil: encontro e festival ligado ao The Magdalena Project – rede internacional de mulheres artistas, realizando até o momento 4 edições (2008, 2010, 2012, 2014). Em São Paulo fez parte do Coletivo Rubroobsceno (2012/2015), realizando uma série de ações ligadas à temática de gênero e feminismo (mesas de estudo, performances, produção de workshop e mostra de cenas de mulheres). 

Ficha Técnica

preto e branco
Criação e performer: Monica Siedler
Pesquisa compartilhada com Barbara Biscaro
Música: Ledgroove
VJ (performance MIS): Bruno Bez
Audio/visual (teatro armação): Fê Luz
Cenário: Roberto Gorgati )
Figurino: Loli Menezes
Consultoria material químico: Cláudia Lira
Desenhos: Narjara Reis
Textos blog: Andre Felipe, Erica Maciel Fiod, Josimar Ferreira, Flávio Dias, Loren Fisher, Carolina Votto
Assessoria de Imprensa: Luciana de Moraes
Design gráfico: Paula Albuquerque
Produção: Christiano Scheiner, Monica Siedler e Paulo Soares

www.opiordemimprojeto.blogspot.com

A obra é dedicada ao amigo, ator, escritor e produtor cultural Christiano Scheiner, em memória.

​SERVIÇO:
O que: Solo de dança Contemporânea O pior de mim, da atriz e performe Monica Siedler
Quando:
20 de abril, às 20h, no MIS
25 de abril, às 20h, no CEART/UDESC
29 e 30 de abril, às 20h, no Teatro da Armação
12 de maio, às 22h15, Projeto Sol da Meia Noite, no Bloco de Artes Cênicas, UFSC
Programação Gratuita

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here