Arte

Os 8 artistas que retratam a vida simples no campo

Por Equipe Editorial - maio 3, 2016
13435 0
Pinterest LinkedIn

Jacques Ardies exibe trabalhos inéditos de Arte Naïf

Um mundo idealizado onde as coisas simples e o convívio com a natureza transmitem a sensação de uma vida agradável e perfeita 

Gal Jaques Ardies_Ivonaldo

Gal Jaques Ardies_Mara D. Toledo

Em Criações Recentes, a Galeria Jacques Ardies apresenta trabalhos de oito artistas – Ana Maria Dias, Cristiano Sidoti, Edivaldo, Francisco Severino, Ivonaldo, Lucia Buccini, Luiz Cassemiro, Mara D. Toledo, Rodolpho Tamanini Netto – que utilizando cores vivas e fortes retratam a vida simples no campo, no interior, a religiosidade, as brincadeiras de infância, as paisagens paradisíacas e o convívio em família. Composta por 50 trabalhos e  com curadoria de Jacques Ardies, a mostra traz ainda obras de um convidado especial, Ivonaldo, uma das referências da Arte Naïf.

Gal Jaques Ardies_C.Sidoti

Gal Jaques Ardies_Francisco Severino

Ana Maria Dias evoca em suas pinturas os dias felizes da infância, as velhas e belas fazendas, com seus pomares, os trabalhadores rurais e os campos esverdeados que circundam pelas montanhas;Rodolpho Tamanini Netto retrata a cidade de São Paulo de forma bela e atraente e as paisagens marinhas do litoral paulistano onde o homem é perfeitamente integrado dentro de uma natureza pura. Mara D. Toledo transmite a calma convidativa de pequenas cidades do interior, a descontração das pessoas deixando a vida fluir placidamente com uma simplicidade agradável; já Cristiano Sidotipropõe uma versão mais moderna, diferente, com recursos colorísticos para mostrar sua visão da vida urbana de São Paulo e Santos. Em seu trabalho, Lucia Buccini expressa a sua própria simplicidade de viver, a lembrança das férias na fazenda da família, no interior de Minas Gerais enquanto para Luiz Cassemiro, são marcantes os aspectos da natureza, cenas rurais e festas populares. Edivaldo pinta as casas simples e coloridas de um povo alegre, festeiro e religioso e Francisco Severino deixa em suas pinturas a sensação paradisíaca de que o tempo parou para que fosse pintado em diversas cenas, predominantemente rurais.

Gal Jaques Ardies_Rodolpho Tamanini Netto

Gal Jaques Ardies_Edivaldo

A mostra faz uma homenagem a Ivonaldo, uma referência viva da Arte Naif com suas belas pinturas que retratam Pernambuco, sua cidade natal. Adoentado há vários anos, ele não consegue mais pintar desde 2009. Ivonaldo teve uma carreira intensa e muito bem sucedida com reconhecimento da crítica e do exigente mercado de arte. Quando foi morar na Europa, tanto a temática quanto as cores mudaram por completo e seus quadros pareciam mais tristes. Em 1980, a sua volta definitiva ao Brasil foi celebrada com uma temática da paisagem nordestina que refletia sua felicidade de estar de volta à terra natal. Alguns anos mais tarde, instalou-se em Olinda reencontrando a luz, o sol e a convivência com os seus conterrâneos. Pintava o que foi qualificado de explosão de cores.

Gal Jaques Ardies_Lucia Buccin

Gal Jaques Ardies_L.Cassemiro

Exposição: Criações Recentes
Artistas: Ana Maria Dias, Cristiano Sidoti, Edivaldo, Francisco Severino, Ivonaldo, Lucia Buccini, Luiz Cassemiro, Mara D. Toledo, Rodolpho, Tamanini Netto
Curadoria: Jacques ArdiesAbertura: 10 de maio de 2016, terça-feira, às 19h00
Período: 11 de maio a 24 de junho de 2016
Local: Galeria Jacques Ardies – www.ardies.com
Rua: Rua Morgado de Mateus, 579 – Vila Mariana- São Paulo
Tel.: (11) 5539-7500
Horário: Terça a sexta-feira, das 10h às 17h30. Sábado, das 10h às 16h

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de