Museu de Memes facilita a vida de milhares de jovens

capa (5)

“meme (uma abreviação do grego μίμημα [míːmɛːma]) · é um fenômeno típico da internet, e pode se apresentar como uma imagem ou analogia, uma frase de efeito, um comportamento difundido, um desafio. memes são geralmente efêmeros mas no #MUSEUdeMEMES eles se tornam memória”

Um acervo online que quer acumular e catalogar todos os memes criados, o motivo por trás da iniciativa é: “um site que reúne todos os memes para facilitar a busca acadêmica destas peças”.

O #MUSEUdeMEMES é um projeto da Universidade Federal Fluminense que tem entre seus objetivos principais

(1) a constituição de um acervo de referência para pesquisadores interessados na investigação sobre o universo dos memes, do humor e das práticas de construção de identidades e representações em comunidades virtuais;

(2) a realização de eventos abertos ao público para debate sobre temas relacionados aos memes de internet;

(3) o desenvolvimento de um projeto de experimentação em linguagem midiática voltado para a exploração de temas através de recursos lúdico-interativos e exposições multimidiáticas;

(4) a orientação em projetos de pesquisa, iniciação científica, extensão e inovação tecnológica atravessadas por suas linhas temáticas;

(5) o compartilhamento de reflexões e dados, brutos e tratados, para aproveitamento ulterior em pesquisas na área; e

(6) o reconhecimento e testagem de aplicações voltadas à gestão de acervos e coleções em ambiente online de fácil reaproveitamento por projetos congêneres.

Comece pelo…

Ecce homo/Jesus Restaurado

ORIGEM

Em 07 de agosto de 2012, foi noticiado que a artista Cecilia Giménez, de 81 anos, decidiu restaurar por conta própria o afresco do século XIX “Ecce Homo” (assinado pelo pintor Elías García Martínez, que adornava um dos pilares da igreja do Santuário de Misericórdia – localizado na pequena comunidade de Borja, província de Zaragoza, Espanha).

Cecília acabou desfigurando o rosto de Jesus Cristo, criando traços completamente distintos da obra original. A “pior restauração da história” chegou às primeiras páginas de jornais de todo o planeta, se transformando em um dos maiores “trending topics” de todos os tempos. Virou febre na internet.

jesusrestauradooriginal

GÊNERO & FORMATOS

As reinterpretações do Jesus de Borja foram as mais diversas: desde montagens fotográficas inserindo a imagem do “Ecce Homo” restaurado nos mais diferentes contextos e situações a tradicionais “image macros” com tipografia Impact branca com “outline” preta, passando por memes do tipo ‘amador’, com adaptações do usuário comum que se utiliza de imagens conhecidas a seu próprio senso de humor (utilizando, inclusive, frases de seu contexto).

GRAMÁTICA/SINTAXE

Vão de comentários sobre o fato (adaptados a iconografias da arte de Cecilia) – a substituição da figura de Jesus Cristo em imagens sacras consagradas pela imagem restaurada pela idosa -, à cultura pop – o cristo de Borja estampado em meio aos Beatles na capa de seu emblemático álbum “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” ou sendo “pintado como uma francesa” no filme “Titanic”, de James Cameron; e, ainda, a fatos cotidianos – uma imagem cristã (no caso, a restaurada) encontrada milagrosamente numa torrada ou ornamentando um souvenir de igreja.

DIFUSÃO E REPERCUSSÃO

Inicialmente, a notícia foi divulgada como um “pedido de atenção à preservação do patrimônio de Borja”, denunciado pelo blog do Centro de Estudos Borjanos. A própria Igreja se pronunciou, à época, informando que contrataria um restaurador profissional para tentar recuperar a obra, mas a repercussão foi tanta que a idosa ganhou uma série de fãs que, por meio de uma petição online, pediu que sua versão para “Ecce Homo” fosse mantida.

Por outro lado, a “restauração” favoreceu Borja, já que houve o aumento de fluxo turístico ao local; fomentando a economia e divulgando o patrimônio cultural e artístico da cidade, bem como ao próprio Santuário, que criou o primeiro Museu Internacional do “Ecce Homo”, contando com obras sobre o tema de diversas partes do globo. Cecilia, por sua vez, virou celebridade mundial. Mais de 140 mil pessoas passaram pelo local desde a ocorrência para conhecer a pintura e sua restauradora, que afirma ser ainda bastante procurada.

A repercussão online foi tanta que, inicialmente, o que poderia ter sido – e foi – um desastre, se converteu na forma de divulgação positiva aos agentes envolvidos nos fatos.

Google Trends

O Google Trends confirma o interesse passadiço acerca da ocorrência.

Não há, atualmente, notícia sobre a possibilidade de recuperação da obra ao seu estado original. No entanto, a equipe de restauração profissional segue com os trabalhos, de acordo com as últimas informações obtidas.

Variantes do Jesus Restaurado:

rest1

potatomeme5

le-cri-d-edvard-munch_103255_w460

cristo rj

i_internet_response_to_jesus_fresco_restoration_fail_020_503e007a4dc8d

Para pesquisas acadêmicas ou não, visite o  #MUSEUdeMEMES  e conheça mais do seu acervo!

Veja também:

5 curiosidades no mundo da arte que te deixarão de boca aberta.

 

Equipe Editorial2194 Posts

Os artigos assinados pela equipe editorial representam um conjunto de colaboradores que vão desde os editores da revista até os assessores de imprensa que sugeriram as pautas.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password