Arte no Mundo

Cindy Sherman e a crítica ao mundo da mídia

Por Paulo Varella - julho 26, 2020
3656 0
Pinterest LinkedIn

Cindy Sherman (nasceu nos EUA em 1954) é uma fotógrafa e diretora de cinema norte-americana, mais conhecida por seus auto-retratos conceituais. Ela atualmente reside e trabalha em Nova Iorque. Através de um número diversos de trabalhos, Sherman levantou questões importantes e desafiadoras sobre o papel e a representação das mulheres na sociedade, a mídia e a natureza da criação de arte.

Sherman interessou-se pelas artes visuais no Buffalo State College, onde ela começou a pintar. Frustrada com as suas limitações, ela abandonou a forma e tornou à fotografia. “Não havia mais nada a dizer – sobre a pintura, ela relembrou mais tarde. “Eu estava meticulosamente copiando a arte de outros e então eu me dei conta que eu poderia somente usar uma câmera e colocar em prática uma ideia instantânea.” Ela passou o resto dos seus anos de faculdade focada na fotografia.

No dia 18 de maio de 2011, um auto-retrato da fotógrafa, de 1981, foi vendido em um leilão pelo valor de US$ 3,89 milhões. A venda superou todas as expectativas e entrou para o mundo dos recordes, pelo segundo preço mais alto já pago por uma fotografia.

O fato é que desde os anos 70, muitos artistas têm usado a fotografia para questionar. Cindy vem usando diferentes técnicas de manipulação para comentar a maneira pelas quais as mulheres são retratadas e percebidas na sociedade contemporânea.

Durante a infância Cindy era fascinada pelo universo televisivo, especialmente com o poder que as maquiagens tinham em fazer disfarces. No início, Cindy se concentrava em fazer retratos de si mesma em situações que satirizavam as diferentes identidades femininas estereotipadas pela mídia. Em cenários e personagens ela se inspirou na cultura Pop para mostrar como as identidades femininas eram estereotipadas. Em suas fotografias distorcidas, ela faz uma critica à falsidade do comportamento social contemporâneo.

Veja algumas das suas fotografias aqui:

Uma curiosidade. Você pode seguir Cindy Sherman no instagram clicando aqui

Avatar

Estudou cinema na NFTS (UK), administração na FGV e química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo, pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado internacional.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários