Arte no Mundo

Itália apreende navio financiado por Banksy que resgata migrantes

A embarcação está impedida de operar há 20 dias e decisão gera protestos.

Por Thais de Albuquerque - março 29, 2023
333 0
Pinterest LinkedIn

Banksy, o artista de rua britânico mais famoso do mundo, tem abordado a situação dos refugiados como um tema recorrente em suas obras. Em 2020, Banksy usou o dinheiro que ganhou com a venda de suas obras para financiar um navio de busca e salvamento de migrantes que tentam deixar o norte da África em direção à Europa pelo mar Mediterrâneo. 

O envolvimento de Banksy com ativistas

Em 2020, Banksy abordou a capitã Pia Klemp do Sea-Watch, uma uma ONG alemã que patrulha o Mediterrâneo em missões de busca e salvamento de migrantes, na esperança de ajudar em seus esforços. “Sou um artista do Reino Unido e fiz alguns trabalhos sobre a crise dos migrantes e, obviamente, não posso ficar com o dinheiro. Você poderia usá-lo para comprar um novo barco ou algo assim? Por favor, me avise.”

O navio foi comprado e intitulado MV Louise Michel – nome de um anarquista francês do século 19. A embarcação foi pichada de rosa e traz um estêncil de Banksy inspirado no famoso “Balloon Girl”, que no navio aparece vestida com colete salva-vidas e segurando uma boia em forma de coração.

Banksy navio
A obra de arte de Banksy no Louise Michel , um navio de resgate para refugiados no Mediterrâneo. Foto de Ruben Neugebauer/Sea-Watch.

Resgate de migrantes no navio MV Louise Michel

Desde então, o navio já resgatou muitas pessoas, até que no dia 25 de março de 2023, a embarcação foi apreendida pelas autoridades italianas, acusada de violar uma lei que impede os navios de realizar essas viagens de resgate.
A decisão faz parte das promessas da primeira-ministra de extrema direita da Itália, Giorgia Meloni, que desde sua campanha prometia se esforçar para bloquear a migração do norte da África para a Itália.

Banksy navio
“Ninguém deveria ser forçado a fazer essa travessia perigosa. Precisamos oferecer uma viagem segura para todos!”. Crédito: Instagram MV Louise Michel

A notícia ganhou manchetes do mundo inteiro e começou então uma campanha nas redes sociais para combater a detenção.


Leia também: Exposição imersiva de Banksy fica em cartaz até 30 de abril de 2023 em São Paulo

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários