Kika Marciano

Brasileira, 1965
Kika Marciano

Kika Marciano é arquiteta e utiliza como inspiração para suas obras o profundo envolvimento que tem com sua profissão. Arrisca-se a dizer que, após 25 anos de carreira profissional, imprime agora aos seus projetos arquitetônicos uma dimensão artística.

“A Arquitetura me influencia por completo, na vida e na arte, seja na forma ou na função, ou ainda em ambas, estou sempre equilibrando o funcional e o estético num eterno contrapeso”, diz a artista.

“Já minha intuição artística me influencia muito quando estou criando um projeto arquitetônico pois, minha ferramenta de trabalho, na fase da criação do projeto, é a prancheta, a régua paralela e a lapiseira. ”

Kika desenha e pinta desde criança. Ainda muito jovem aprendeu a apurar seu olhar para o urbano, para a sua cidade e para os potenciais artísticos que ela podia revelar.

Foi aluna de Fúlvia Gonçalves, Berenice Toledo e Bernardo Caro. Aprimorou seu traço para o desenho com Paulo Branco. Com o ingresso na Faculdade de Arquitetura, sua carreira artística entra em compasso de espera e, sempre latente, reaparece curiosamente em ciclos de dez anos. Foi assim que sua criação teve impulsos renovados aos 30, 40 e, agora, 50 anos.

Suas obras combinam o rigor técnico e o desenho descritivo de projetos arquitetônicos com um universo intenso de cores e formas geométricas, que é a sua linguagem criativa. O resultado são composições ricas em detalhes, alegria e expressão.

Nenhum artigo sobre esse artista no momento.