Palestras

Processo e técnica da fotografia modernista são discutidos em seminário gratuito no Itaú Cultural

Por Equipe Editorial - fevereiro 19, 2014
3468 0
Pinterest LinkedIn

O que é? Como parte da programação paralela à exposição “Moderna para Sempre – Fotografia Modernista Brasileira na Coleção Itaú”, o instituto realiza dois encontros abertos ao público com a participação de German Lorca, Cássio Vasconcellos e Marcelo Tinoco, além de especialistas para elucidarem o estilo e a técnica fotográfica produzidos no país por fotoclubistas entre as décadas de 40 e 70.

Quando?  20 e 21 de fevereiro, 2014.

Diversas características da fotografia modernista brasileira serão avaliadas nos próximos dias 20 e 21 de fevereiro, durante o “Seminário Moderna para Sempre – Fotografia Modernista Brasileira na Coleção Itaú”, promovido pelo Itaú Cultural, em São Paulo. Os encontros gratuitos fazem parte das programações paralelas à exposição de mesmo nome que segue aberta ao público no instituto até 9 de março.

 

Na mostra, 115 fotografias remontam aos anos de 1940 a 1970 quando, na esteira do modernismo europeu e americano, fotógrafos brasileiros entraram na discussão sobre os limites da arte fotográfica. Sob a curadoria de Iatã Cannabrava, a exposição destaca sobretudo o movimento fotoclubista que surgiu no Foto Cine Clube Bandeirante de São Paulo, no ano de 1939, influenciado pelas questões modernistas e a angústia do crescimento desordenado de grandes capitais, tomadas pela onda urbanista.

 

Durante os dois dias de seminário tais assuntos serão tratados com profundidade na Sala Itaú Cultural. No dia 20 haverá duas mesas; às 18h30, o fotógrafo e uma das principais referências do fotoclubismo, German Lorca, será entrevistado por Iatã Cannabrava e Rubens Fernandes. “O objetivo deste encontro é prestar uma grande homenagem ao German Lorca por seu trabalho e, sobretudo, ouvir suas histórias e impressões sobre a fotografia brasileira”, explica Cannabrava.

 

Já às 20h, a mesa “Em Família” trará os herdeiros de outros fotoclubistas que tornaram-se pesquisadores do trabalho dos próprios pais e poderão, portanto, desmitificá-los ao público. Os palestrantes Fabiana de Barros, Gaspar Gasparian Filho, Marcio Scavone e João Farkas serão mediados por Rubens Fernandes.

 

No dia 21, o tema “Arte e Técnica” será apresentado pelos fotógrafos Cássio Vasconcellos, Marcelo Tinoco e Dimitri Lee. “No momento em que a foto vive o ‘boom’ da produção no mundo, a proposta destes encontros é desmistificar o processo de criação para amantes da fotografia”, justifica Cannabrava, que também assina a curadoria do seminário. “Parafraseando Woody Allen: ‘’Tudo que você queria saber sobre as técnicas dos fotógrafos modernistas e não tinha coragem de perguntar (ou ninguém quis responder)’”, conclui ele.

 

A participação no seminário é gratuita, com distribuição de senha com 30 minutos de antecedência de cada mesa. Além disso, para quem quiser acompanhar via internet, todas as palestras serão transmitidas ao vivo pelo site www.itaucultural.org.br

 

Exposição “Moderna para Sempre – Fotografia Modernista Brasileira na Coleção Itaú”

Inaugurada no último dia 25 de janeiro, a mostra exibe pela primeira vez em São Paulo 115 obras – 13 delas recém adquiridas – de 26 artistas, pertencentes à coleção de fotografias do Banco Itaú.

 

Sob curadoria do fotógrafo Iatã Cannabrava e produção e organização do Itaú Cultural, a exposição destaca o movimento modernista nacional, evidenciado entre os anos de 1940 e 1970, mas sobretudo, a produção realizada no período por um grupo de fotógrafos alquimistas, que angustiados com a urbanização crescente de grandes cidades, realizavam reuniões para trocar experiências e técnicas fotográficas e, assim, fundaram o Foto Cine Clube Bandeirante, em São Paulo, ainda em 1939.

 

“Este acervo está recheado de obras relevantes e com as recentes aquisições consolidou-se como a mais importante coleção modernista brasileira,” atesta Cannabrava. “É importante apresentá-la em São Paulo na sua totalidade já que a cidade foi um dos maiores palcos do modernismo, inspirando e servindo de cenário para muitos artistas do calibre de German Lorca, Geraldo de Barros, José Yalenti e Paulo Pires”, completa.

 

Bate papo com o público

Além das visitas monitoradas em português e LIBRAS, que acontecem de terça-feira a sexta-feira, em diferentes horários (confira abaixo), o Itaú Cultural promove uma série de encontros para o público espontâneo com os educadores do instituto. As Rodas de Conversa acontecem todas as quintas-feiras e domingos, enquanto a exposição estiver em cartaz, sempre às 16h, para debater temas ligados à exposição.

 

Os assuntos são Modernismo, fotografia e poesia; A Luz na Fotografia Modernista; Modernismo, Fotografia e arquitetura, e Modernidade: ontem, hoje e amanhã. Os interessados devem se reunir no balcão de atendimento do Piso Térreo e acompanhar o educador no horário indicado.

 

 

 

PROGRAMAÇÃO

Dia 20 de fevereiro (quinta-feira)

 

Às 18h30
Entrevista com German Lorca

Com Iatã Cannabrava e Rubens Fernandes
Iatã Cannabrava e Rubens Fernandes entrevistam um dos mais importantes nomes da história da fotografia brasileira, German Lorca (92 anos de idade atualmente). Na conversa, o mestre conta suas histórias profissionais, como a notória participação nos movimentos modernista e fotoclubista, além de técnicas e outros assuntos.
Às 20h

“Em Família”

Com Fabiana de Barros, Gaspar Gasparian Filho, Marcio Scavone e João Farkas

Mediador: Rubens Fernandes
Filho de peixe, pode ser peixinho. Os filhos dos modernistas Geraldo de Barros, Gaspar Gasparian, Rubens Teixeira Scavone e Thomaz Farkas explicam os trabalhos de seus pais. Alguns, fotógrafos de expressão; outros, pesquisadores e escritores; mas em comum o grande conhecimento técnico e teórico sobre seus respectivos progenitores.

 

 

Dia 21 de fevereiro (sexta-feira)

 

Às 19h
“Arte e Técnica”

Com Cássio Vasconcellos, Marcelo Tinoco e Dimitri Lee.
Na era da popularização da fotografia digital, em que o pixel vale mais que a técnica, os fotógrafos profissionais e referências fora do país, exploram este tabu e argumentam o porquê ainda vale dedicar-se mais ao olhar que às efemeridades.


Transmissão ao vivo de todas as mesas pelo site
www.itaucultural.org.br

 

SERVIÇO

 

Seminário Moderna para Sempre – Fotografia Modernista Brasileira na Coleção Itaú

Dias 20 e 21 de fevereiro

Sala Itaú Cultural (219 lugares)

Entrada franca

Distribuição dos ingressos com meia hora de antecedência

Classificação indicativa: livre

Estacionamento com manobrista: R$ 14 uma hora; R$ 6 a segunda hora; e mais R$ 4 p/ hora adicional. Gratuito para bicicletas

Acesso para deficientes físicos / ar condicionado           

 

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários