Os 38 melhores personagens de desenhos animados de todos os tempos. Você se lembra do #9?

2
3905
Daria é uma série de animação americana criada por Glenn Eichler e Susie Lewis Lynn para a MTV

Você não precisa ser uma criança para amar personagens de desenhos animados, embora a infância seja quando muitos de nós se apaixonaram por eles. Esta lista dos 38 melhores personagens de desenhos animados destaca os que resistiram ao teste do tempo.

Na esperança de fazer uma lista que chegue pelo menos ao 50, deixe seu comentário abaixo com o nome de um personagem que tem seu lugar obrigatório nesta lista. Obrigado!

1 – Mickey Mouse

Mickey-Mouse

Como Walt Disney gostava de dizer, tudo começou com um rato. Mickey Mouse fez sua estréia em “Steamboat Willie”, de 1928, dublado pelo próprio Walt.

Não foi apenas a estreia do Mickey; foi também o primeiro desenho animado com som sincronizado. Embora seu papel mais icônico tenha sido o de aprendiz de feiticeiro no longa-metragem de 1940 “Fantasia”, Mickey apareceu em inúmeros curtas memoráveis. Os destaques incluem o curta de 1947, “Mickey and the Beanstalk”, uma versão inteligente do clássico dos contos de fadas, e o curta “Mickey’s Christmas Carol” de 1983, o primeiro lançamento teatral original do Mickey Mouse.

2 – Perna Longa (Bugs Bunny)

Perna longa

Existe um coelho mais famoso do mundo. Perna Longa tem feito as pessoas rirem com o slogan “O que há, velhinho?” desde que ele fez sua estréia no desenho animado da Warner Brothers de 1940, “Wild Hare”. Se ele está zombando da cultura intelectual no clássico de 1957 “What’s Opera, Doc?” ou enganando um cavaleiro malvado no curta “Knighty Knight, Bugs”, de 1958, o Perna Longa sempre dá a última gargalhada.

Além de seus próprios desenhos, Perna Longa fez desenhos igualmente memoráveis com algumas das outras estrelas desta lista.

3 – Charlie Brown

Charlie Brown

Charlie Brown fez sua estréia no seriado de quadrinhos de Charles Schulz, “Lil ‘Folks”, em 1948, um de um elenco de garotos precoces. Charlie e sua turma tiveram uma transformação como “Peanuts” em 1950 e apareceram pela primeira vez na TV em 1965, “A Charlie Brown Christmas”.

O garoto que nunca acerta uma bola de futebol, cujo cachorro é mais popular do que ele, e que tem uma queda pela Little Redheaded Girl, roubava nossos corações todos os anos não apenas nos especiaais de Natal, mas também da escola musical. “Você é um bom homem, Charlie Brown.”

4 – Fred Flintstone

fred-flintstone

Se não fosse por Fred Flintstone, talvez nunca houvesse Homer Simpson e Peter Griffin. Fred e sua família e vizinhos fizeram sua estréia no programa de TV de 1960 “The Flintstones”. Criado a partir de “The Honeymooners”, outra comédia de TV, “The Flintstones” foi o primeiro programa de animação em horário nobre.

O show durou seis temporadas. O amável Fred Flintstone, sua esposa, Wilma e seus amigos Barney e Wilma Rubble fizeram a vida pré-histórica parecer moderna. “The Flintstones” foi criado pelos animadores William Hanna e Joseph Barbera, que começaram na MGM antes de seguirem por conta própria.

5 – Popeye

popeye

Como muitos personagens de desenhos animados clássicos, Popeye começou a vida como uma história em quadrinhos. O marinheiro amante de espinafre, criado por E.C. Segar, fez sua estréia na impressão em 1929 e rapidamente se tornou um sucesso. Quatro anos depois, o animador Max Fleisher trouxe Popeye à vida na tela grande.

A Paramount Studios mais tarde assumiu a produção teatral de curtas de Popeye e também produziu uma série de TV no início dos anos 1960. Em 1980, Robin Williams e Shelley Duval apareceram como Popeye e sua namorada, Oive Oyl, no filme “Popeye”, de Robert Altman.

6 – O Coyote

Wile E. Coyote

Pobre Wile E. Coyote. Ele nunca pode pegar o Papa Léguas, não importa quantos aparelhos defeituosos da Acme ele compra-se. O astuto Coyote fez sua estréia no curta-metragem de 1949 da Warner Brothers, “Fast and Furry-os”, e já apareceu em quase 50 curtas nos anos seguintes. Tão memoráveis quanto a oferta infinita de produtos Acme são a introdução de cada episódio do par com nomes científicos inventados como Eatibus anythingus e Hot-roddicus supersonicus. A maioria dos episódios clássicos produzidos pelo diretor Chuck Jones e pelo escritor Michael Maltese são exemplos estelares de cinema mudo; Coiote só encontrou sua voz quando emparelhado com Perna Longa.

7 – Patolino (Daffy Duck)

Daffy Duck

Patolino está para o Perna longa assim como o Coyote está para o Papa léguas. Ele estreou em 1937 “Porky’s Duck Hunt”. Ao longo das décadas ele se transformou de um palhaço desajeitado em um personagem sarcástico que conhecemos hoje. Sua brincadeira com Perna longa, cada um tentando convencer Elmer Fudd a atirar no outro, em “Rabbit Fire”, de 1951, é considerado pelos críticos como um dos momentos mais memoráveis da animação.

O diretor Steven Speilberg citou a paródia de ficção científica de 1952 “Duck Dodgers in the 24 1/2 Century” como uma influência inicial em seus filmes.

8 – Hortelino troca letra (Porky Pig)

hortelino troca letras

É provavelmente mais conhecido por sua assinatura gaguejante: “Isso é tudo, pessoal!” que fechou muitos desenhos animados da Warner Brothers. Quando apareceu pela primeira vez em 1935, “Eu não tenho um chapéu”, Hortelino e sua gagueira infeliz provavelmente seria considerada insensível pelos padrões de hoje. Mas à medida que sua carreira evoluiu, Hortelino diminuiu a velocidade e passou de um palhaço para um homem comum de boa índole.

9 – Mr Magoo

Mr Magoo

O extremamente míope Sr. Magoo fez sua carreira evitando um desastre após o outro. Criado por John Hubley em 1949 para a United Productions International, Magoo fez sua estréia no desenho animado “The Ragtime Bear” e foi originalmente dublado por Jim Backus, que também atuou em “Gilligan’s Island”.

A United Productions International ganhou o Oscar de melhor curta de animação em 1955 e 1956 para os cartoons de Magoo, e Leslie Nielsen estrelou como o milionário em 1997.

10 – Betty Boop

Vagamente modelado na estrela do cinema mudo Clara Bow, Betty Boop fez sua estréia em 1930.

clara Bow
Clara Gordon Bow, conhecida pelo nome artístico de Clara Bow (Nova Iorque, 29 de julho de 1905 – Los Angeles, 27 de setembro de 1965) foi uma atriz de cinema norte-americana, que fez muito sucesso na era do cinema mudo.

Criado pelo pioneiro da animação Max Fleisher, Boop era uma personagem de desenho animado decididamente adulta com sua saia curta e estilo melindroso.

Uma grande estrela dos anos 1930, Betty Boop encontrou uma nova fama na década de 1950, quando seus curtas-metragens foram exibidos na TV e, novamente, nos anos 80, com uma participação especial em “Who Framed Roger Rabbit?”

11 – George Jetson

george-jetson

Hanna-Barbera seguiu “The Flintstones” com “The Jetsons”, uma versão espacial da mesma fórmula de comédia doméstica que tornou seu antecessor tão atraente. George Jetson trabalhava para cuidar de sua família e só queria um pouco de paz e sossego de vez em quando. Mas seus filhos, esposa, cachorro e chefe o impediam.

Embora o programa tenha sido exibido apenas por duas temporadas, começando em 1962, ele foi revivido em meados dos anos 80 na TV e foi transformado em um longa-metragem em 1990.

12 – Pantera Cor de rosa (Pink Panther)

Pink Panther

Criado para os créditos de abertura animados do filme de 1963, estrelado por Peter Sellars, a Pantera Cor-de-Rosa foi um sucesso tão grande que ele logo se tornou um astro de quadrinhos por seus próprios méritos.

“The Pink Phink”

O primeiro filme teatral da Pink Panther, “The Pink Phink”, ganhou o Oscar de melhor curta-metragem em 1964, e uma série de TV seria lançada em 1969. A Pantera Cor-de-Rosa é talvez mais conhecida da linha de saxofone Henry Mancini. no filme.

13 – Pato Donald (Donald Duck)

Donald Duck

Como ajudante cínico de Mickey Mouse, o Pato Donald se encantou com o público com sua atitude de revirar os olhos e capacidade infinita de exasperação. Donald Duck fez sua estréia no desenho animado de Walt Disney “The Wise Little Hen” em 1934 e rapidamente se tornou uma estrela por si só.

O curta-metragem de 1959 “Donald in Mathmagic Land”, vencedor do Oscar, tornou-se um dos principais filmes educacionais de sua época e, como Mickey, Donald tornou-se um ícone do império de entretenimento da Disney.

14 – Pica-pau (Woody Woodpecker)

Woody Woodpecker

Outro anti-herói, o pica-pau vive causando problemas. Seu traço mais famoso é, sem dúvida, sua risada gagueira. Walter Lantz criou Woody Woodpecker.

Embora Mel Blanc, então Ben Hardaway, originalmente tenham dublado o personagem, a esposa de Lantz, Grace, dublou Woody Woodpecker em 1948, Banquet Busters, até 1972.

15 – Tom e Jerry

tom e Jerry

Criado por William Hanna e Joseph Barbera na MGM, Tom e Jerry fizeram sua estréia em 1940. Como uma combinação de gato-rato na Warner Brothers, Tom e Jerry se atormentam e geralmente tentam derrotar o outro. Embora Tom tenha uma vantagem a mais ele nunca consegue comer Jerry.

16 – Felix o gato

felix o gato

Felix the Cat é talvez seja o mais antigo personagem de desenho animado desta lista. Uma estrela do filme mudo, Felix apareceu pela primeira vez nos filmes em 1919. A sua forma simples e rosto tornam-no facilmente reconhecível, e a sua bolsa mágica ajuda-o a criar todo o tipo de malícia. Ele também foi o primeiro personagem de desenho animado a ganhar popularidade suficiente para premiá-lo com um longa-metragem em 1928.

17 – Homem-aranha

Homem-aranha

O Homem-Aranha é um super-herói do homem comum. Criado por Stan Lee para a Marvel Comics em 1962, o Homem-Aranha é o alter ego do geek Peter Parker. O homem-aranha estrelou pela primeira vez em 1967 e, em seguida, veio “Homem-Aranha e Seus Incríveis Amigos” (1981), “Homem-Aranha: A Série Animada” (1995), e “Homem-Aranha: A Nova Série Animada” (2003).

18 – Super homem

Super homem

Superman é o super-herói final por causa de sua lealdade infalível em fazer o bem. Mas ele é um verdadeiro super-herói já que ele só tem poderes porque ele é um alienígena de outro planeta? Ou ele é apenas um cara que caiu no planeta certo? Isso realmente não importa. Como alguns outros personagens de desenhos animados nesta lista, Superman começou a vida em histórias em quadrinhos em 1933 e apareceu pela primeira vez em desenhos animados na década seguinte. Superman tem uma vida longa, aparecendo em inúmeros programas de TV, filmes e shows animados, incluindo os icônicos “Superamigos” dos anos 70.

19 – Batman

batman

Você consegue imaginar uma época em que Batman não era o Cavaleiro das Trevas que conhecemos agora? Difícil acreditar nas muitas transformações que este super-herói viu ao longo dos anos, especialmente na televisão. O herói de capa apareceu pela primeira vez na DC Comics em 1939 e deu o salto para a TV na década de 1960, primeiro como um show de ação ao vivo e depois como um desenho animado. O Cavaleiro das Trevas continua a aparecer nos quadrinhos e em animação hoje.

20 – Mulher maravilha

Mulher maravilha

A mulher maravilha fez sua estréia na “All Star Comics” da DC Comics em 1941. Ao longo das décadas, ela apareceu em sua própria série de quadrinhos, seu próprio programa de TV e seu próprio longa-metragem. Ela também fez parte da série animada ABC “Superamigos”, que decorreu entre 1973 e 1986.

21 – Zé Colméia e Catatau (Yogi Bear e Boo Boo)

Yogi Bear

Outra série de sucesso da Hanna-Barbera foi o time de Zé Colméia e Catatau. A dupla estreou pela primeira vez em “The Huckleberry Hound Show” em 1958, e então ganhou seu próprio desenho animado intitulado “The Yogi Bear Show” em 1961. Zé Colméia (mais esperto que o urso comum) continuamente se via em apuros, e Catatau geralmente quer se manter fora. A dupla vivia em Jellystone Park. Zé Colméia e Catatau também atuaram em várias outras versões de seu programa de TV, bem como em um longa-metragem de 2010.

22 – Space Ghost

Space Ghost

Space Ghost foi um personagem popular nos desenhos animados de Hanna-Barbera dos anos 60, quando ele lutou contra vilões no espaço sideral. Mas seu período como apresentador de talk show de fim de noite que começou em 1994 no Cartoon Network o levou para a estratosfera do estrelato. Ele entrevistou convidados humanos (através de uma tela de TV) e brincou com seus colegas de quarto, Moltar e Zorak. A entrega inexpressiva dos personagens e os raios laser aleatórios ajudaram a tornar o desenho animado uma sensação “Cult”.

25 – Winnie the Pooh

Winnie the Pooh

Este pequeno urso que começou como um papel secundário em um livro infantil. Oooh foi sempre amado pela Disney desde que a empresa comprou os direitos dele e seus amigos da floresta nos anos 60. Winnie the Pooh já estrelou muitos desenhos animados e especiais, tanto na TV quanto em longas-metragens. Os desenhos de TV mais memoráveis foram “Winnie the Pooh e o Dia Blustery” (1970), “Winnie the Pooh e Honey Tree” (1970), e “Winnie the Pooh e Tigger Too” (1975). Em 2011, a Disney lançou “Winnie the Pooh”, um filme de muito sucesso que retornou às raízes da A.A. Histórias originais de Milne.

26 – Jonny Quest

jonny quest

Jonny Quest é uma série animada de TV de ficção cientifica/aventura, produzida entre 1964 e 1965 pela Hanna-Barbera Productions para a Screen Gems, e narra as histórias de um garoto chamado Jonny Quest que junto com seu pai vive aventuras fantásticas. O desenho causou forte impacto cultural, e chamou atenção por seus traços e animação realista, que destoavam do que os estúdios de Hanna-Barbera haviam feito até então. Além da série original houve outras duas: The New Adventures of Jonny Quest (As Novas Aventuras de Jonny Quest), produzida de 1986 a 1987 e The Real Adventures of Jonny Quest (As Incríveis Aventuras de Jonny Quest), de 1996 a 1997.

27 – Homer Simpson

Homer Simpson

Homer Jay Simpson é um personagem de desenho animado criado por Matt Groening, é o patriarca da família Simpsons, uma série de televisão da FOX. Sua primeira aparição na televisão ocorreu em 19 de abril de 1987. Matt Groening o criou enquanto este estava na sala de espera do escritório de James L. Brooks. Ele havia sido chamado para apresentar uma série de curtas baseado em Life in Hell, mas, em vez disso, criou um elenco de novos personagens. Ele nomeou o pai da família com o nome de seu pai, Homer Groening. Homer é o único personagem que aparece em todos os episódios.

28 – Bart Simpson

Bart Simpson

Bartholomew J. Bouvier Simpson é o filho mais velho da família Simpson. É rebelde, desobediente e tem más notas na escola. Este comportamento deixa-o frequentemente em problemas, que ele contorna usando a sua astúcia e um pouco de sorte.

Apesar de fazer parte do mesmo seriado, tanto o pai quanto o filho tém um papel protagonista e merece uma atenção em particular.

É revelado em alguns episódios, que o mal dentro de Bart deve-se ao fato de Marge ter acidentalmente bebido uma gota de álcool durante a gravidez, o que mexeu com o cérebro do bebê tornando-o no ruim que é. O seu cabelo, apesar de aparecer louro, é vermelho, apenas doura com o sol (temporada 20, episódio 12).

No elenco, Nancy Cartwright originalmente planejava fazer um teste para o papel de Lisa, enquanto Yeardley Smith tentava sair para o Bart. A voz de Smith era alta demais para um menino, então ela recebeu o papel de Lisa. Cartwright descobriu que Lisa não era interessante na época, então fez o teste para Bart, que ela achou que era um papel melhor

29 – Grinch

Dr. Seuss criou muitos personagens que deram o salto dos livros para a TV, mas nenhum tão facilmente e com sucesso quanto The Grinch. “Como o Grinch roubou o Natal!” anima o livro do Dr. Seuss sobre o morador da caverna verde que tenta arruinar o Natal para os Whos em Whoville.

Dr. Seuss
Theodor Seuss Geisel (Springfield, 2 de março de 1904 — San Diego, 24 de setembro de 1991) foi um escritor e cartunista norte-americano, mais conhecido por seu pseudônimo, Dr. Seuss.

O especial de feriado, estrelado por Boris Karloff, foi ao ar em 1966, baseado no livro de 1957 do mesmo título. Jim Carrey deu vida ao Grinch na tela grande em 2000, e todos os três fazem aparições regulares de férias na TV.

grinch
O mesquinho Grinch odeia o Natal e quer tornar todos os Whos da cidade de Whoville tão infelizes quanto ele. Ele tenta todos os ardilosos truques que consegue imaginar para roubar qualquer vestígio da data festiva.

30 – Bob Esponja Calça Quadrada (SpongeBob SquarePants)

Bob Esponja Calça Quadrada

SpongeBob SquarePants (conhecido como Bob Esponja Calça Quadrada no Brasil e comumente referida como Bob Esponja) é uma série de animação americana, criada pelo biólogo marinho e animador Stephen Hillenburg, sendo produzida e exibida pela Nickelodeon. A série narra as aventuras e os empreendimentos do personagem-título e de seus diversos amigos na fictícia cidade subaquática de Bikini Bottom(Fenda do Biquíni). A popularidade da série a tornou uma franquia de mídia, bem como a animação/série de maior audiência Nickelodeon e a propriedade mais distribuída internacionalmente pela MTV Networks. A franquia de mídia da série gerou um lucro de US$ 13.000.000 em receita de merchandising para a Nickelodeon. A série é livre para todos os públicos.

31 – Eric Cartman

Eric Cartman

Eric Theodore Cartman é um personagem fictício da série animada South Park. Junto com Kenny McCormick, Kyle Broflovski e Stan Marsh é um dos 4 personagens principais do desenho. Todos eles com idade na faixa dos 8 e 10 anos. Por ser gordo, é motivo de piadas para várias crianças e outros personagens da série.

32 – Scooby-Doo e Salsicha

Salsicha e Scooby-do

Norville “Salsicha” Billy Rogers Bouregar (no original, Shaggy) é um personagem do desenho animado Scooby-Doo. Magro, alto, de pele pálida e cabelos castanhos claros, é medroso e dono de Scooby-Doo, o protagonista. Além de ser invencível e imortal, é o mais velho da turma conforme foi dito no filme Scooby-Doo! O Mistério Começa. Salsicha e Scooby são parceiros inseparáveis. Uma curiosidade é que Salsicha odeia seu nome e gosta de ser chamado de Salsicha (Shaggy). É fascinado por comida juntamente com seu cachorro Scooby-Doo.

33 – Beavis and Butthead

beavis and butthead

Beavis and Butt-Head é uma série de animação americana criada por Mike Judge (também criador de O Rei do Pedaço) exibida originalmente no canal MTV, de 1993 a 1997. Nos Estados Unidos, atualmente é exibida na MTV. No Brasil, a série foi exibida entre 1994 e 1998 pela MTV Brasil.

Cada episódio mostra histórias curtas focadas em uma dupla de adolescentes em fase pós-puberdade, chamados Beavis e Butt-Head, que moram e estudam na cidade fictícia de Highland, que parece estar localizada em algum ponto do sul da América do Norte. Nos episódios, existem interrupções que mostram Beavis e Butt-Head assistindo videoclipes e fazendo piadas sobre eles.

Após a transmissão original, um spin-off da serie foi lançado, como uma forma de continuação, com o nome de Daria, que era uma personagem secundária do programa (que não retornou nos episódios novos) e se tornou protagonista de seu próprio seriado. Foi exibido entre 1997 e 2002 e com dois filmes feitos, totalizando juntos 66 episódios. O spin-off nunca foi exibido na MTV Brasil por razões desconhecidas, mas versões legendadas em português feitas por fãs podem ser encontradas na Internet.

34 – Speed Racer

Speed Racer

Speed Racer, conhecido como Mach Go Go Go no Japão, é uma série de mangá e anime dos anos 1960, criado por Tatsuo Yoshida sobre corridas de automóveis. Speed Racer (nome dado na adaptação norte-americana do anime, que nunca diz o nome original Go Mifune), um jovem e audaz piloto de corrida de 18 anos, dirige o carro Mach 5, criado por seu pai (Pops Racer) e vive diversas aventuras dentro e fora das corridas.

O sobrenome Mifune é uma homenagem ao ator japonês Toshiro Mifune, protagonista do filme Os Sete Samurais, que interpretou o piloto Izo Yamura no filme Grand Prix (1966).

O desenho é muito conhecido pela sua canção tema e pela ótima trilha sonora, que tocava ao fundo e tornava ainda mais emocionantes as corridas em que o piloto Speed participava, sempre repletas de acidentes espetaculares e “golpes sujos” dos participantes, tais como seus mais célebres rivais, a “Equipe Acrobática” e o “Carro Mamute”. As corridas eram em locais inusitados, como selvas, desertos e até uma realizada dentro de um vulcão.

35 – Josie and the Pussycats

josie_pussycats

Josie e as Gatinhas (no original, Josie and the Pussycats) é uma série de desenhos animados produzida pela Hanna-Barbera, baseada na série de quadrinhos de mesmo nome criada por Dan DeCarlo para a Archie Comics, exibida em 1970 pelo canal estadunidense CBS. Essa primeira série conta com 16 episódios. Teve uma nova série em 1972-1974, conhecida no Brasil por Josie e as Gatinhas do Espaço (Josie and the Pussycats in Outer Space).

Com o sucesso de Scooby-Doo, a Hanna-Barbera queria agora competir com os desenhos da turma do Archie, que levou a canção pop “Sugar, Sugar” para o topo das paradas em 1969. Os personagens do desenho cantavam canções do grupo real homônimo, formado pelos produtores.

Assim surgiu Josie e as Gatinhas, o nome de um grupo musical formado por garotas adolescentes (uma delas negra, a primeira a aparecer nos desenhos desse tipo) vestidas como leopardos, que vivem estranhas aventuras durante suas viagens e shows.

As cantoras eram Josie James (a ruiva e esperta líder), Melody Jones (a loira burrinha, mas sempre bem humorada) e Valerie Smith (negra e mais inteligente do grupo). Acompanhavam o grupo os irmãos Cabot: Alexandra (morena com parte do cabelo branco), morre de inveja de Josie, arisca e muito convencida, o que sempre leva a ela e a seus amigos a inesperadas aventuras; e Alexander (ou Alex), o empresário da banda, franzino, bem humorado, aparenta “auto-confiança”, mas quando a situação fica difícil é o primeiro a tremer as pernas e sair correndo. Além do atlético Alan (disputado por Josie e principalmente por Alexandra) e o gato Sebastian (companheiro de Alexandra, muito esperto e genioso).

Na década de 1970, a Hanna-Barbera produziria vários desenhos animados cujos protagonistas eram jovens bandas musicais.

36 – Angelica Pickles

Angelica Pickles

Angelica Charlotte Pickles is a fictional character who appears in the Nickelodeon shows Rugrats, All Grown Up!, and Rugrats Pre-School Daze, and is among one of the series’ original characters. Like all very younger children of her age, she is a spoiled brat, and she’s also the cousin of Tommy and Dil Pickles, and serves as the main antagonist of the series, but she’s portrayed as an anti-heroine in the films who would side with the babies near the end against the respective main villains. In 2002, TV Guide ranked her 7th in their list of “Top 50 Greatest Cartoon Characters of All Time”.

37 – As Meninas Superpoderosas

meninas super poderosas

The Powerpuff Girls, conhecido no Brasil como As Meninas Superpoderosas, é uma série de desenho animado criada e escrita por Craig McCracken. Sucesso em todo o mundo, a série foi considerada a nova mania dos Estados Unidos durante o fim da década de 90 e inicio dos anos 2000 e teve um reboot de mesmo nome no ano de 2016, que está sendo transmitido atualmente. A série, produzida inicialmente pela Hanna-Barbera, e alguns anos depois pelo Cartoon Network Studios, conta a história de três garotas com super poderes: Florzinha, Lindinha e Docinho. Elas foram criadas pelo Professor Utônio, que acidentalmente deixou derrubar o Elemento X na poção da “Garotinha Perfeita” (uma mistura de açúcar, tempero e tudo o que há de bom). Sendo assim, o Elemento X deu a elas super poderes, e entre uma brincadeira e outra, elas tem que salvar a cidade fictícia norte-americana de Townsville de diversos monstros. A série estreou em 18 de novembro de 1998 pelo Cartoon Network nos Estados Unidos.

McCracken originalmente desenvolveu um show em 1992, chamado Whoopass Stew!, enquanto estava cursando seu segundo ano na CalArts. Após uma mudança de nome, o Cartoon Network apresentou As Meninas Superpoderosas no seu programa What a Cartoon! Show em 1995 e 1996. A série fez sua estréia oficial como um dos desenhos animados em 18 de novembro de 1998, com o último episódio sendo exibido em 25 de março de 2005. Um total de 78 episódios foram ao ar, além de dois curtas, um especial de Natal, um filme, um especial de aniversário de 10 anos e um especial em comemoração aos 20 anos do Cartoon Network. Além disso, a série foi indicada para seis prêmios Emmy Awards, 9 prêmios Annie Awards, e um prêmio Kids Choice Awards durante sua exibição. Entre outras coisas, incluem um anime, três trilhas sonoras, uma coleção de DVDs, e uma série de jogos, bem como diversos produtos licenciados.

38 – Daria

Daria

Daria é uma série de animação americana criada por Glenn Eichler e Susie Lewis Lynn para a MTV. A série enfoca Daria Morgendorffer, uma adolescente inteligente, amarga, e um tanto misantropa que observa o mundo ao seu redor. A história se passa na fictícia cidade americana suburbana de Lawndale, e é uma sátira da vida de colegial, cheia de alusões e críticas da cultura popular e classes sociais.

Daria foi originalmente transmitida a partir de 1997 a 2002, e é um spin-off da série de animação de Mike Judge, Beavis and Butt-Head, na qual Daria apareceu como uma personagem recorrente. Embora Judge concordara em liberar a personagem e permiti-la aparecer num spin-off, ele não teve nenhum envolvimento na produção de Daria.

Quem está faltando nesta lista? Deixe o seu comentário abaixo que faremos a edição

2 COMENTÁRIOS

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here