Arte

Top 10 artistas do hiper-realismo que você precisa conhecer

Ao apresentar a diferença entre hiper-realismo e fotorrealismo, nós do Arteref trouxemos 10 artistas hiper-realistas para te surpreender

Por Joy de Paula - setembro 4, 2019
22401 0
Pinterest LinkedIn

hiper-realismo é derivado do fotorrealismo, e teve sua origem na segunda metade do século XX. A diferença em relação ao fotorrealismo está na maior minúcia dos detalhes e na alta definição geral da imagem, que torna os objetos representados aparentemente mais palpáveis e concretos, com uma ilusão de realidade maior do que a própria fotografia, ou seja, acrescentam-se muitos detalhes às obras de pintura, desenho ou escultura, para que esse se aproxime o máximo possível da realidade.

Os princípios essenciais do hiper-realismo, também chamado superrealismo, são os mesmos do fotorrealismo. A palavra hiper-realismo apareceu pela primeira vez como título de uma exposição organizada pela galerista belga Isy Brachot, em 1973.


1. Sam Jinks, 

1973, Bendigo, Austrália

sam-jinks-900x700
Acesso à imagem aqui

O artista visual conhecido por suas esculturas hiper-realistas, faz de obras um tanto perturbadoras, mas, sobretudo, o trabalho do australiano é de uma sensibilidade extraordinária. O artista utiliza silicone, pintura e cabelo humano para criar suas peças, a impressão que temos é a de que criação ganha também um pouco, ou, talvez muito, de personalidade. Não é difícil imaginá-las criando vida e se manifestando.


2. Ron Mueck,

1958, Melbourne, Austrália

ron-mueck, hiper-realismo

É um escultor que trabalha na Grã-Bretanha. Cresceu vendo seus pais construírem brinquedos. Sua mãe fazia bonecos de pano e seu pai brinquedos e marionetes. Segundo relatos Mueck adquiriu esse perfeccionismo por causa de seu pai, que sempre exigia que fizesse tudo perfeito, inclusive pedindo para que refizesse.

Assista também o vídeo:


3. Giovani Caramelho,

1990, Santo André-SP, Brasil

giovani-caramello-900x700
Acesso à imagem aqui

Giovani Caramello é um jovem escultor, autodidata e iniciou sua carreira com modelagem 3D. Despertou seu interesse pelo hiper-realismo após trabalhar com a escultura para aperfeiçoar sua técnica. Em suas obras Giovani aborda questões relacionadas ao tempo e a sua efemeridade. Parecem pessoas reais, mas são só esculturas. E é exatamente essa riqueza de detalhes que impressiona e intriga os expectadores da arte de Giovani.

Assista também o vídeo:


4. Yigal Ozeri, 

1958, Israel

yigal-900x423
Acesso à imagem aqui

Conhecido por seus retratos em grandes escalas cinematográficas de mulheres jovens em meio à paisagens transcendentes. Suas pinturas a óleo, foto-realistas, transmitem o espírito de seus súditos em uma grande variedade de ambientes naturais: a partir de florestas tropicais abundantes e desertos sombrios.


5. Patricia Piccinini,

1965, Freetown, Autrália

patricia-piccinini-900x700

A artista trabalha com uma variedade de materiais e linguagens, de esculturas hiper realísticas feitas de silicone e fibra de vidro, fotografia e video, bem como desenho e pintura. Patricia brinca de laboratório, criando criaturas geneticamente modificadas, imaginárias, que se assemelham com a espécie humana, misturada ao mundo animal.

Saiba mais sobre a artista nesta entrevista feita pela equipe ArteRef.


6. Emanuele Dascanio,

1983, Garbagnate Milanese, Itália

emanuele-dascanio, hiper-realismo

É um dos maiores artistas vivos do nosso tempo, um verdadeiro mestre. Suas pinturas a óleo exalam sensualidade e paixão que chegam a seduzir-nos através de um disfarce de frutas sumptuosos e vários objetos de natureza morta.


7. Paul Shanghai,

China

paul-shanghai-900x592
paul-shanghai-900x423
Acesso às imagens aqui


O artista chinês Paul Shanghai passa horas aperfeiçoando suas obras nas quais ele recria o movimento e a transparência de materiais líquidos em suas telas. Em alguns trabalhos, o artista consegue moldar todas as formas e curvas de um desenho com aspecto líquido, fazendo flores, pessoas e objetos com traços d’água. Shanghai é conhecido também por telas muito realistas, feitas a lápis, com retratos de pessoas, artistas famosos e de ícones da cultura mundial.


8. Roberto Bernardi,

1974, Todi, Itália

roberto-bernardi, hiper-realismo

Ele começou a pintar quando era mais jovem e seus primeiros trabalhos em óleos remontam à primeira metade da década de oitenta. Ele dedicou seus estudos para a aprendizagem de técnicas pictóricas que teriam uma influência significativa na sua formação artística.


9. Alyssa Monks,

1977, Ridgewood , Nova Jersey

AlyssaM - hiper-realismo

Estudou pintura na Lorenzo de ‘Medici em Florença. Ela passou a completar seu M.F.A na New York Academy of Art, Graduate School of arte figurativa em 2001. É professora e da palestras em universidades e instituições, também é adjunto da New York Academy of Art. Alyssa foi premiada com a Fundação Grant Elizabeth Greenshields de Pintura três vezes e é um membro da New York Academy of Art de Conselho de Curadores.


10. Jamie Salmon e Jackie K. Seo 

dupla-900x423
Acesso às imagens aqui

 A dupla Jamie Salmon (britânico) e Jackie K. Seo (coreana) atualmente vivem e trabalham no Canadá. Ambos são autodidatas e começaram sua carreira na indústria comercial e cinematográfica. São especializados em esculturas hiper-realistas.


Veja também:


Você quer receber e-books, informações sobre cursos, palestras e mercado de arte?

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de