Carregando Eventos

« Todos Eventos

Carbono Galeria apresenta edições exclusivas dos fotógrafos Claudio Edinger e Betina Samaia de 10 a 29 de junho

junho 10 - junho 29

Toscana: caminhos e constrastes Betina Samaia e Claudio Edinger

em o prazer de apresentar as edições exclusivas dos fotógrafos Claudio Edinger e Betina Samaia realizadas em recente viagem à Toscana

Betina Samaia

São Paulo, 1964 I Vive e trabalha em São Paulo.

Para Betina Samaia, os recursos do equipamento fotográfico também contribuem para uma sofisticada investigação imagética. A fotógrafa não se interessa por aquilo que se pode facilmente perceber, seu olhar busca o recôndito. Na série Toscana, utilizou uma câmera cujos parâmetros, especialmente transformados, possibilitam a captura de um espectro de luz inalcançável a nossos olhos. Se o olho humano encontra limites, os caminhos de pesquisa da diligente fotógrafa os supera. A refração da luz infravermelha nos objetos é capturada nas imagens, propondo assim uma nova relação entre cores e tons.

Betina inicia sua pesquisa fotográfica durante a década de 1970. A partir de 2007, dedica-se exclusivamente à fotografia quando expõe no Centro Cultural da Caixa Econômica em São Paulo. Participa de diversas exposições, entre as quais se destacam mostras no Paço das Artes e no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo; no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro; no La Quatriéme Image e no Espace des Arts Sans Frontières, em Paris; e no Le Magazyn, em Los Angeles. Suas obras são apresentadas na SPArte/Foto desde 2010.

É autora de dois livros com ensaios fotográficos: Azul (2015) e Noite Afora, Noite Adentro (2017). Esses ensaios evidenciam seu atual interesse pela captura fotográfica de paisagens distintas durante a noite, que possibilitam a criação de uma atmosfera inefável e onírica.

É formada 1988 em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Sem título (série Machina Mundi – Toscana)

2018

pigmento mineral sobre papel Hahnemühle Photo Luster 260g 160 x 197,5 cm

Edição de 15 + 3PA

Claudio Edinger

Rio de Janeiro, 1952 I Vive e trabalha em São Paulo.

Em sua pesquisa recente, Edinger tem explorado o recurso conhecido como foco seletivo, que permite reunir no mesmo quadro, a abrangência da paisagem – que na generosa ampliação quase encapsula também o espectador – com a riqueza para detalhes de elementos, ou áreas selecionadas. A série entitulada “Machina Mundi”, que já rendeu um livro de mesmo nome, apresenta imagens aéreas de locais visitados pelo fotógrafo.

Sua primeira exposição é realizada no MASP em 1975 e, no ano seguinte, muda-se para Nova Iorque onde permanece durante 20 anos. Trabalha como fotógrafo para inúmeros veículos como, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo Time, Newsweek, Rolling Stones e Life Magazine. Edinger tem participado de inúmeras exposições no Brasil e no exterior, que incluem mostras no International Center of Photography (Nova York); Centre Georges Pompidou (Paris); Museu de Arte Contemporânea (São Paulo); Museu da Imagem e do Som/MIS-SP; e Centro Cultural do Banco do Brasil (RJ). Publicou 18 livros, entre os quais destacam-se os premiados Chelsea Hotel (1984) e Venice Beach (1985). Seu livro mais recente Machina Mundi, é lançado em 2017. Foi contemplado em sua longa carreira com inúmeros prêmios: Leica de Excelência em 1983 e 1985, Prêmio Ernst Haas em 1990, Prêmio Higashikawa em 1999, Prêmio Porto Seguro em 2007 e 2011, e Prêmio Hasselblad em 2011. Suas obras integram importantes acervos como o International Center of Photography de Nova York; Itaú Cultural, Museu de Arte Moderna e Museu de Arte Contemporânea em São Paulo; e o Maison Européene de la Photographie, em Paris. Em Nova York ministrou cursos no International Center of Photography, e, durante 15 anos, na The New School/Parson’s School of Design.

 

Carbono Galeria

Rua Joaquim Antunes, 59
Jd. Paulistano

Sao PauloSP 05415-010

Brazil

Detalhes

Início:
junho 10
Final:
junho 29
Evento Tags:
, ,