Exposições e Eventos

Galeria Hugo França recebe a mostra do peruano Luis Casanova Sorolla

Com curadoria de Denise Gadelha, exposição é inspirada nas falésias de Trancoso, ponto de origem dos pigmentos utilizados nas obras

Por Equipe Editorial - janeiro 23, 2024
51 0
Pinterest LinkedIn

A Galeria Hugo França, em Trancoso – BA, apresenta “Peles da Terra”, exposição individual de Luis Casanova Sorolla, até 25 de fevereiro. A mostra traz a multifacetada produção visual do artista peruano, que vive na Áustria e tem passado cada vez mais tempo no sul da Bahia, cujo repertório abrange a fotografia, vídeo, dança, pintura, instalações, passando por incursões tangentes à arquitetura até a expressão física da capoeira.

Com curadoria de Denise Gadelha, artista e professora, que atua, principalmente, na intersecção entre a arte e o universo das imagens-técnicas, a mostra inaugura oficialmente o programa de residência artística de Hugo França no destino baiano. O artista contou com a estrutura do ateliê que funciona junto à galeria para desenvolver grandes peças escultóricas, como “Muros Vivos”, feitas de terra compactada que atuam como uma espécie de moldura autoportante para fotografias das falésias – local inspirador que conecta os trabalhos da mostra. São criações que vão muito além de servir como mera sustentação para as imagens,configurando obras em si.

Galeria Hugo França
Instalação 10 peças de papel de algodão, Pigmentos naturais das falésias. Instalação Cor-pó, 100 % terra compactada com pigmentos naturais. Obra de Luis Casanova Sorolla em expoosição na Galeria Hugo França.

Nas paredes, encontram-se fotografias que se relacionam de forma orgânica com pinturas, desenhos e pequenos blocos escultóricos (relevos intitulados”Superfície Profunda”). As imagens fotográficas mostram o local onde os pigmentos que constituem os blocos foram colhidos e os desenhos de observação, por sua vez, tentam transcrever tal paisagem em gesto, pairando na fronteira da abstração.

Já as pinturas da série Signapura são vestígios de performances realizadas pela bailarina afro Tatiana Campêlo. Na dança, o corpo se torna um veículo de expressão, um elo entre a ancestralidade e o agora. Sobre um papel impregnado com pigmentos naturais, ela se move como se as raízes da terra a guiassem. Cada passo, uma ação sagrada, deixa rastros imantados na pintura, eternizando o efêmero.

Galeria Hugo França
SUPERFÍCIE PROFUNDA, 2023, 100 % terra com pigmentos naturais, 16x 22 x 4 cm. Obra de Luis Casanova Sorolla em expoosição na Galeria Hugo França.

O panorama eclético de Casanova reflete as marcas de uma vivência que vai dos teatros de Balé em Viena às rodas gingadas baianas.

Sobre a Galeria Hugo França

A galeria Hugo França está sediada em Trancoso, no Sul da Bahia, na mesma área onde se encontra o Atelier Hugo França. Na margem da BA 0001 no entroncamento que dá acesso a Trancoso, a 7 Km do centro (quadrado histórico).

Um projeto de espaço pensado para abrigar exposições temporárias de artistas convidados, e intercâmbio com galerias que queiram expandir sua visibilidade em projetos aqui no sul da Bahia. A galeria foi projetada com um pé direito de 10m e área de 300m2, podendo abrigar obras de grandes dimensões, e seu entorno gramados com áreas expositivas generosas.

Serviço

Exposição “Peles da Terra”, de Luis Casanova Sorolla
Período: até 25 de fevereiro
Local: Galeria Hugo França
Endereço: Rodovia BA 001 s/n, próximo ao trevo Trancoso/Caraíva, Trancoso (BA)
Curadoria: Denise Gadelha
Assistência ao design da exposição: Barbara Beetz
Apoio aos elementos terra e colaboração: Axel Muñozna

Leia também: Galeria Galatea inaugura unidade em Salvador com exposição coletiva “Cais”

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários