Fotografia

Exposição: John Heartfield – Fotomontagens

Por Equipe Editorial - novembro 23, 2012
5258 0
Pinterest LinkedIn

Quem é o artista? John Heartfield
O que vai ter na exposição? fotomontagens
É um bom programa? Sim
A galeria é conceituada? Sim
Quantas obras serão expostas? 50
Até quando? 24 de fevereiro de 2013

O Museu Lasar Segall (IBRAM – MinC) apresenta  a exposição John Heartfield – Fotomontagens, pela primeira vez no Brasil, 50 fotomontagens produzidas pelo fotógrafo alemão John Heartfield (1891-1968) para a revista A|Z de Berlim (Arbeiter-Illustrierte-Zeitung, Revista Ilustrada do Trabalhador), do acervo do Instituto Valenciano de Arte Moderna (IVAM). A exposição, que irá ocorrer a partir de 24 de novembro de 2012 até 24 de fevereiro de 2013, é uma parceria entre o Museu, o IVAM e os Museus Castro Maya do Rio de Janeiro. Este último receberá uma itinerância da mostra a partir de 1º de março até 13 de maio de 2013.

Entre 1930 e 1938, Heartfield produziu 237 fotomontagens a partir da técnica de rotogravura e tipografia para a revista AIZ. As cinquenta obras escolhidas para compor a mostra pertencem a publicações originais da época. Durante estes anos a revista chegou a distribuir mensalmente dez mil exemplares, e em 1936 a revista passou a se chamar Volks Illustrierte (Revista Ilustrada do Povo), abreviada VI. A publicação era feita pela editora Malik, que foi fundada pelo artista e seu irmão Wieland Hezfeld em 1917. A primeira publicação realizada pela editora foi a Neue Jugend que contou com a colaboração de George Grosz, com quem Heartfield desenvolveu parceria em inúmeros trabalhos, e a mostra contará com duas páginas desta revista.

Heartfield é apontado como “Montador Dadá” sendo um dos líderes mais ativos do grupo Dadá, em Berlim. Designer gráfico, cenógrafo e promotor cultural o artista é considerado o fundador da fotomontagem política, e desenvolveu grande produção influenciada por Goya e Daumier e pelas propostas das colagens cubistas de Picasso e Braque.

No catálogo da mostra a ser editado, a professora doutora Annateresa Fabris aponta em seu texto inédito “Por um realismo crítico. John Heartfield e a história da arte” que:

Além de configurar um novo sentido espacial com base em fragmentos heterogêneos, a fotomontagem política é uma clara resposta à revolução trazida pela reprodutibilidade técnica da imagem. Heartfield transforma os meios técnicos de reprodução em meios diretos de produção de obras de arte, ao fornecer a cada leitor de A|Z um original saído da rotativa. A dialética único/múltiplo cai por terra, já que, em cada exemplar da revista, havia uma obra original concebida por Heartfield e seus colaboradores.

Artista profundamente engajado na realidade social ele é figura determinante das vanguardas históricas, desenvolvendo normas práticas e artísticas, criando uma arte realista e crítica, uma expressão genuinamente política, a serviço da conscientização e do esclarecimento, sem resvalar no esquematismo e, pior ainda, numa ilustração meramente panfletária.

O artista nasceu em 19 de junho de 1891, em Berlim, e foi registrado com o nome de Helmut Herzfeld, mas adota, em 1916, o nome John Heartified em protesto contra as atitudes xenófobas da sociedade alemã contra a Inglaterra.

Heartfield inicia seus estudos de pintura com Herman Bouffier, e em 1912 ingressa na Escola de Artes e Ofícios de Munique, e em 1913 na Escola de Arte e Artesania de Berlim-Charlottenburg.

Em 1933, com a ascensão do regime nazista, vai para Praga de onde é extraditado em 1938 para a Alemanha. Viaja para Londres, onde expõe seus trabalhos, e a partir de 1939 fixa residência até 1950 trabalhando para várias editoras. Regressa após a segunda guerra para a Republica Democrática Alemã, realizando, entre outras atividades, desenhos gráficos e cenários para o Berliner Ensemble de Bertolt Brecht. Heartfield falece em 1968.

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários