Galerias e Eventos

Nano Art Market lança primeiro token do Brasil, voltado ao mercado de arte

Por Equipe Editorial - setembro 20, 2022
17 0
Pinterest LinkedIn

A Nano Art Market anuncia o lançamento do primeiro token do Brasil, voltado ao mercado de arte. O Nano Art Token (NAT) é uma moeda digital própria para ser usada dentro do ecossistema Nano, mas que também vai funcionar como um clube de benefícios e de fomento ao circuito das artes: a ideia é criar um fundo que promova a manutenção de diferentes iniciativas pelo Brasil; focadas nas artes visuais, como formações diversas, residências artísticas, circulação de exposições e o próprio financiamento de mostras e espaços independentes. Além disso, também prevê a criação de um museum pass, que daria entrada a diversas instituições de arte no Brasil e no exterior.


Entradas gratuitas, descontos em produtos e acessos exclusivos, são algumas das vantagens que quem comprar – e permanecer – com o Nano Art Token (NAT) em sua carteira digital poderá usufruir. “As pessoas que tiverem o NAT em suas carteiras poderão solicitar os benefícios dentro do ecossistema Nano e terão acesso facilitado em instituições nacionais e internacionais. Esse clube de vantagens vai variar de instituição para instituição; ora com desconto em lojas, ora na entrada, ora no acesso prioritário – estamos negociando esses pacotes de vantagens com diversas instituições no Brasil, mas também em outros países.”, explica Thomaz Pacheco, CEO da Nano Art Market. As instituições parceiras serão divulgadas nas plataformas da Nano – no lançamento do projeto – e a cada momento novas parcerias serão comunicadas, conforme forem firmadas ao longo do projeto.


Além disso, quem possuir o NAT também terá acesso à Escola Nano de Arte e Mercado, gratuitamente. A Escola é um braço educativo da Nano Art Market, oferecendo cursos online para interessados no mercado de arte e colecionismo. Há cursos de História da Arte, NFT’s e Criptoarte, assim como aulas para pessoas iniciantes e/ou com conhecimento prévio sobre o tema.
O token é uma moeda descentralizada que está na blockchain da BSC – Smart Chain da Binance. Para adquirir o Nano Art Token, o usuário deverá ter uma carteira como Metamask ou criptoativos – como o BNB – para realizar a transação.


A partir do dia 20 de setembro, meia noite, os interessados poderão se inscrever na lista de pré-lançamento no site do NAT para, posteriormente, adquirirem tokens pelo valor inicial do ativo, um dia antes do início das vendas. Após o lançamento, o token NAT será comercializado na Pancakeswap. 10% do valor arrecadado com a pré-venda será revertido para o financiamento de projetos culturais, atrelados às artes visuais, como manutenção de instituições e/ou residências para artistas.


Sobre a Nano Art Market


A Nano acredita em um mercado de arte maior e mais acessível para todos. Por isso, propõe transformar, através da produção de conteúdo, a maneira como as pessoas se relacionam ao meio. Reúne em seu ecossistema, além dos marketplaces de obras físicas e digitais, a Escola Nano de Arte e Mercado, um completo editorial de arte e uma plataforma própria destinada a leilões de arte online. Em breve, terá um software para gestão de coleções, produtos financeiros atrelado ao mundo da arte e a Nano Data para servir ao circuito de arte nacional.


Leia também:
Mural de Eduardo Kobra é inaugurado na sede da ONU em NY

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários