mercado

Como encontrar os clientes perfeitos para sua arte

Saiba como encontrar e fidelizar seu público.

Por Equipe Editorial - outubro 28, 2022
456 0
Pinterest LinkedIn

“Como encontrar os clientes perfeitos para minha arte?” – a grande pergunta dos(as) artistas!

Os melhores tipos de compradores são aqueles que se mantém fiéis aos seus produtos ao longo do tempo. Encontrá-los é a chave para alavancar a carreira de um artista profissional. É importante observar sua carreira artística com o olhar empreendedor de qualquer outra área. Isso inclui a elaboração, ainda que simples, de um plano de negócios para atingir seus objetivos.

Separamos duas etapas para que você saiba por onde começar.

1. Visualize seu cliente ideal

Encontrar cliente para minha arte

Como vimos, o ideal é buscarmos o tipo de cliente que se mantém fiel ao nosso trabalho. O pontapé inicial para descobrir quem preenche esses requisitos é identificando seu público-alvo e criando uma persona. Essas táticas são muito usadas por profissionais de vendas e marketing.

Qual a diferença entre persona ou público-alvo?

Não vamos confundir esses conceitos, pois persona e público-alvo não são sinônimos!

O público-alvo é o segmento do mercado que o artista deseja atingir. Ele pode ser criado pelo empreendedor, que deliberadamente quer vender para determinado público, ou ele pode ser potencializado, a partir dos clientes que o artista já possui.

A Persona é um personagem semifictício, baseado em dados e comportamentos reais, que representa o cliente ideal de uma marca ou empresa. É ela quem irá orientar a criação do seu conteúdo e seu marketing. O objetivo é criar um perfil que sintetize as principais características dos clientes para que o artista consiga criar estratégias alinhadas ao seu público. Ela apresenta, também, uma criação de suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações.

Em resumo:

  • Público-alvo: Homens e mulheres, de 24 a 30 anos, solteiros, graduados em arquitetura, com renda média mensal de R$ 3.500. Pretendem aumentar sua capacitação profissional e gostam de viagens.
  • Persona: Joana tem 36 anos, mãe de uma criança de 8 anos, nutricionista e autônomo. Ela adora ler, viajar e ir ao cinema. Embora trabalhe na área da saúde, é apaixonada por cultura brasileira e está sempre em busca de passeios como exposições e shows musicais para aproveitar com a família.

Entendeu a diferença?
Se você já conseguiu realizar algumas vendas, isso fica mais fácil. Esse público pode apontar seu público-alvo e servir como base para o aperfeiçoamento da persona. Caso você nunca tenha comercializado sua arte, o ideal é que você projete um nicho que tenha maior propensão a se identificar com seu trabalho.

Entenda: é impossível fazer com que sua arte agrade a todos, infelizmente. Por isso é importante entender o que você faz, o que e com quem sua obra comunica. Isso facilita o entendimento de quem é seu nicho, e, a partir daí, permite que você crie sua persona.

As perguntas a seguir são fundamentais para que você identificar seu público-alvo e também traçar uma persona:

O que seu cliente ideal costuma fazer?
Com o que trabalha?
Qual seu perfil socioeconômico?

Quanto mais detalhes, melhor. Outra boa dica é analisar o perfil de seus seguidores nas redes sociais.

Existe algum um padrão?
A maioria é composta por homens, mulheres ou o público é bem dividido?
Que idade eles têm?
Quais obras costumam apresentar mais engajamento?

Todas as plataformas apresentam essas métricas, use essas informações a seu favor!

Visualize seu público, crie uma persona que corresponda perfeitamente a esse perfil e faça suas ações dialogando com esse tipo de cliente (veremos isso no tópico a seguir).


Transforme - Banner Instaarts

2. Cultive conexões

Agora que você tem uma imagem de seu cliente ideal, o que você precisa fazer? Criar e cultive conexões com seu público.

Como falado anteriormente, a relação entre comprador e artista não deve se desfazer após a conclusão da venda. É necessário sempre manter o contato, interagir. Essas interações levam a compras repetidas.

Além disso, o público ideal frequentemente irá elogiar, defender e divulgar seu trabalho, te fornecerá suporte durante os momentos em que sua criatividade estiver em baixa.

Alimente essas pessoas com seus conteúdos compartilhando detalhes sobre suas obras, processos criativos, suas reflexões, seu cotidiano no atelier, e assim por diante. É muito importante que as pessoas vejam e se sensibilizem por quem está por trás das obras.

Se você fez um bom trabalho na criação de um perfil de cliente ideal, muito provavelmente o conteúdo que você compartilhar estará alinhado com o interesse deles (lembre-se que em muitos casos, esse cliente terá muitas semelhanças com você, então pense em coisas que lhe interessariam).

Poste conteúdo frequentemente em seus canas e interaja online com seu público.

como encontrar clientes para minha arte

Veja também

https://arteref.com/mercado/4-dicas-importantes-que-todo-artista-iniciante-deve-saber/

Fonte

arteindex.com


Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários