mercado

Como organizar uma exposição coletiva bem-sucedida?

Você pode organizar uma exposição coletiva por conta própria; não é necessário esperar um convite de alguém.

Por Paulo Varella - maio 30, 2020
91 0
Pinterest LinkedIn

Organizar uma exposição coletiva é uma das maneiras mais fáceis de se entrar numa galeria.

Em vez da instituição se “arriscar” com um conjunto de obras de um único artista, ela se sente mais confiante em poder oferecer o espaço para um grupo deles, mostrando um conjunto de obras com um tema em comum.

Dessa forma, o público é exposto a uma ampla variedade de trabalhos, os artistas podem divulgar suas obras em um espaço direcionado e as galerias conhecem novos compradores trazidos pelos artistas. Todos saem ganhando.

Você pode organizar uma exposição coletiva por conta própria; não é necessário esperar um convite de alguém. Nessa matéria vamos ensinar o passo a passo sobre o que deve ser feito.


1 – Desenvolva um tema

Uma exposição coletiva geralmente depende de um tema único e dinâmico. Esse tema vincula todos os diferentes trabalhos, pois cada artista o interpreta de maneira diferente.

As obras precisam ser organizadas de forma coesa, por isso é necessário estruturar bem um tema. Sobre o que você quer expor? Uma crítica social específica; a transmissão de uma determinada emoção?

Procure por outras exposições coletivas já feitas e faça uma compilação de temas para ajudar você a ter um norte na sua escolha.


2 – Chame artistas e escolha obras

Encontre artistas da sua região e convide-os a enviar de 1 a 3 obras para a exposição coletiva. Se eles já possuírem um público consolidado, isso ajudará exposição a ter uma grande visitação.

Você também pode criar uma inscrição aberta em sites seguidos por artistas da sua comunidade. Mas tome cuidado, certamente você receberá uma enxurrada de trabalhos que não tem nenhuma sinergia com o tema, pois ninguém lê o regulamento.

Mr. Chow's, 1986
Mr. Chow’s, 1986.
Começando do topo à esquerda: Michael Heizer, David Hockney, Leroy Nieman, Dennis Oppenheim, Stefano, Bill Wegman, John Chamberlain, Andy Warhol, Julian Schnabel (não participando) Armand Arman, Alez Katz, Keith Haring, Kenny Scharf, Tony Shafrazi, Red Grooms, Jean Michel Basquiat, Francesco Clemente, Robert Mappelthorpe, Ronnie Cultrone, Sandro Chia

Estabeleça um período para enviarem os trabalhos. Após isso, filtre os que melhor representem o seu tema e estejam em harmonia com as demais obras.

Não se esqueça de utilizar as redes sociais para divulgar o evento e entrar em contato com os artistas.


3 – Escolha a galeria ou local

Galeria. organizar uma exposição

Fazer a coletiva em uma galeria é sempre uma boa opção, pois o ambiente já é criado no intuito de expor obras de arte, ao contrário de um galpão vazio que pode precisar de diversos ajustes que vão consumir todos os recursos que você gastaria para realizar o evento.

Ao selecionar uma galeria, você deve elaborar um documento por escrito relatando o conceito por trás de sua exposição. Além de pelo menos 10 imagens, o relatório precisa informar:

  • A aparência, tema e estética da exposição.
  • O tamanho mínimo da área de parede / piso necessária para a coletiva (e se houver requisitos incomuns, como projeções ou construções grandes).
  • Quando o evento estará disponível. Quanto mais flexíveis forem suas datas, melhor, pois a galeria possui um número limitado de slots – cada um com requisitos individuais – a preencher.
  • Como a exposição será montada. Quais são os materiais utilizados e existem fatores de saúde e segurança a serem considerados?
  • Se você pode ou não oferecer elementos educacionais ao lado de sua exposição, como oficinas, aulas ou palestras.

4 – Determine o custo; se necessário, arrume um patrocínio

Nem toda exposição custa caro. O número de pessoas que você espera organizar e o nível de instalação necessário geralmente determinam o custo dela.

Dependendo do local e da negociação (existem galerias que cobram apenas porcentagens das vendas), se você tiver pouco dinheiro para alugar um espaço, considere montar e apresentar a exposição no mesmo dia.

Mesmo que utilizar a lei Rouanet possa ser algo muito distante para as suas aspirações, ainda há várias maneiras de financiar sua exposição de arte.

Alguns artistas e curadores arrecadam dinheiro através de sites de crowdsourcing. Você também pode criar um “fundo” de artistas participantes: peça para que cada um pague uma pequena taxa de inscrição, como uma forma de contribuir para compartilhar o espaço.

Crowdsourcing
O crowdsourcing é o processo de terceirizar tarefas, ideias e soluções para um grande grupo de pessoas, que contribuem coletivamente para atingir os objetivos de uma organização.

5 – Escreva um press release

Você precisará anunciar a exposição do grupo e obter o máximo de menções na imprensa possível. A maneira mais fácil de fazer isso é enviando um comunicado de imprensa. Aqui está um artigo sobre como escrevê-lo.

Não se esqueça de que a divulgação do evento é tão importante quanto o evento em si.


6 – Planeje a instalação

organizar uma exposição
Al young art show

Toda obra de arte precisa entrar e sair do local. O transporte delas exigirá que você coordene os tempos de carregamento com os proprietários do espaço e os artistas participantes.

Você também deverá planejar como dividir o espaço para exibir cada trabalho. Aqui é onde você precisará saber a extensão do seu papel como curador.

É importante estar ciente sobre como as etiquetas nas paredes apresentarão os nomes dos artistas e das obras (mídias, descrições, valores, etc.)


7 – Faça uma Vernissage

vernissage, organizar uma exposição

Um evento de abertura (Vernissage) é uma ótima maneira de despertar o interesse em sua exposição coletiva. Instigue todos os artistas para trazer seus colegas, convide alguns veículos de comunicação e pessoas importantes do mundo da arte. É interessante que o evento tenha um pouco de música, alguns drinques e petiscos.

Organizar uma exposição coletiva pode ser muito trabalhoso, mas também é muito gratificante e uma ótima maneira de ganhar experiência trabalhando com galerias.


10 -Registre tudo

A essência de uma exposição é projetar o seu nome no sistema da arte. Não importa se na inauguração, tenham ido 20 ou 2000 pessoas, o registro do evento vai atingir 10 vezes mais este número base.


Veja também

https://arteref.com/mercado/as-visitacoes-nas-galerias-de-arte-estao-em-declinio-saiba-o-porque/

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?


Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.


Fontes

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários