Museu

Pinakothek der Moderne demite funcionário por pendurar seu próprio quadro na parede

Por Thais de Albuquerque - abril 11, 2024
46 0
Pinterest LinkedIn

O Pinakothek der Moderne, museu de arte alemão localizado em Munique, confirmou nesta terça-feira (09/04/2024) que despediu um membro da sua equipe de serviços técnicos após ter descoberto que ele pendurou uma das suas próprias pinturas numa parede da galeria dedicada à arte moderna e contemporânea.

O homem de 51 anos contrabandeou o seu trabalho para a exposição da Pinakothek der Moderne de Munique “na esperança de alcançar o seu avanço artístico”, informou o jornal alemão Süddeutsche Zeitung. “O funcionário considera-se um artista e muito provavelmente considerou o sua presença na equipe do museu como uma oportunidade de alavancar a sua verdadeira vocação”, disse um porta-voz da Pinakothek ao Guardian.

Devido ao seu trabalho no museu, o homem teve livre acesso ao espaço da galeria fora do horário de funcionamento e por isso não chamou a atenção da equipe de segurança ao instalar sua obra de arte de 60 x 120 cm em uma parede branca vazia em um corredor no primeiro andar da ala leste da galeria.

O incidente aconteceu em 23 de fevereiro só foi divulgado essa semana. O porta-voz da Pinakothek disse que a pintura foi pendurada nas primeiras horas da manhã e vista pela equipe logo após a inauguração do museu, no mesmo dia.

É o que eu chamo de verdadeiro significado de “obter 15 minutos de fama”, afinal, o acervo do Pinakothek der Moderne de Munique possui grandes nomes do modernismo clássico como Max Beckmann, August Macke, Paul Klee e Pablo Picasso.

Pinakothek der Moderne
Picasso – Femme assise au fauteuil (Dora Maar) (1941) – Pinakothek der Moderne

“Foi tomada a decisão de manter o quadro em exibição enquanto a galeria estivesse aberta e retirá-la após o horário de fechamento, às 18h”, acrescentou o porta-voz.

A Pinakothek disse que não comentaria o tema ou estilo da pintura, pois isso poderia “encorajar imitadores brincalhões”. “Tudo o que posso dizer é que não recebemos nenhum feedback positivo por parte dos visitantes”, disse o porta-voz.

A galeria informou ter rescindido o contrato do funcionário e proibido sua entrada em suas instalações.

A polícia está investigando o aspirante a mestre moderno por uma infração relativamente menor: para pendurar sua pintura, ele supostamente fez dois furos na parede da galeria, o que levou o museu a registrar uma queixa criminal por danos intencionais à propriedade.

Pinakothek der Moderne

Situada no bairro dos museus Kunstareal, em Munique , a Pinakothek der Moderne é uma das maiores galerias de obras de arte da Europa, considerado um lugar ideal para pesquisar as últimas tendências artísticas.
A instituição é é dividida em arte, arquitetura, design e obras em papel dos séculos XX e XXI. Na Coleção de Arte Moderna, é possível ver mais de 20 mil obras entre pinturas, esculturas, fotografia e outras mídias, que abrangem desde o início do século XX até a atualidade.

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários